25.9 C
Uberlândia
terça-feira, julho 16, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioArtigosGrãosEficiência múltipla é solução oferecida pela Jacto

Eficiência múltipla é solução oferecida pela Jacto

 

Fotos Luize Hess
Fotos Luize Hess

Todo ano a Jacto participa do Seminário do Café, promovido pela Acarpa, e em 2015 não foi diferente. Na ocasião, a Jacto expôs sua máquina K 3500, lançada na Agrishow desse ano e que vem sendo apresentada nos demais eventos de café.

Fernando José de Freitas Caires, administrador de vendas de colhedoras de café da Jacto, nas regiões de Triângulo Mineiro e Bahia, afirma que o Seminário do Café é  muito importante para a empresa. “Nessa área somos líderes de vendas no mercado e, como a maioria das máquinas no Cerrado é Jacto, precisamos estar aqui para receber, atender e conversar com nossos clientes“, explica.

O equipamento já foi apresentado em algumas fazendas, alguns clientes já a possuem e trabalharam nessa safra, mas para o produtor da região de Patrocínio essa foi a primeira vez que a máquina foi apresentada. A K 3500 é uma máquina multiuso, que colhe, pulveriza e poda o café. “Além disso, ela passou por melhorias na parte de manobra e eficiência de derriça. Seu rendimento melhorou como um todo em comparação à versão anterior do equipamento, que é a K3 Millenium, outra máquina com alto rendimento e eficiência de derriça que faz parte do portfólio da Jacto“, afirma Caires.

A região de Patrocínio é excelente para a cafeicultura, devido a característica de baixa declividade dos terrenos, proporcionando um alto rendimento operacional. A alta capacidade de derriça é um dos grandes diferenciais da K 3500 e é 20% superior à da Millenium, devido possuir reservatório, o que dispensa a necessidade de paradas durante a colheita. “Por isso o equipamento da Jacto se destaca frente as demais“, alerta Caires.

Fotos Luize Hess
Fotos Luize Hess

Aceitação no mercado

Quem já tem aprova a K 3500. “Treze máquinas já estão operando em lavouras comerciais e a nossa expectativa é vender muito mais“, informa. Para sua aquisição, o cliente tem várias ferramentas econômicas, como consórcio, barter e financiamentos com vários agentes financeiros. O barter, modalidade oferecida aos clientes da Jacto há pouco tempo, é uma opção muito interessante por ser mais rápido e prático para adquirir a máquina. “Não é por falta de opções que o produtor vai ficar sem essa nova máquina“, conclui Caires.

 A equipe da Jacto apresentou a máquina K3500 Fotos Luize Hess
A equipe da Jacto apresentou a máquina K3500 Fotos Luize Hess

Essa matéria você encontra na edição de outubro da revista Campo & Negócios Grãos. Adquira já a sua.

 

ARTIGOS RELACIONADOS

Bioenergia: Plantios adensados de eucaliptos

Autores Gleison Augusto dos Santos Doutor e professor - Universidade Federal de Viçosa (UFV) Juliana Brunetta Engenheira florestal, doutora e pesquisadora - Renabio Laercio...

Agrishow 2024: Lubrificantes Mobil promete produtos e soluções inovadoras e sustentáveis

Linha completa de lubrificantes e graxas, produzida com tecnologia exclusiva para o agronegócio, estará exposta no estande da marca durante os cinco dias de feira

Tratamento de sementes de algodoeiro para controle de pragas e doenças iniciais

Alderi Emídio de Araújo Engenheiro agrônomo, doutor em Fitopatologia e pesquisador da Embrapa Algodão Sandra Maria Morais Rodrigues Engenheira agrônoma, doutora em Entomologia e pesquisadora da Embrapa...

Hormônios revolucionam a agricultura

  Jorge Celestino Verde dos Santos Engenheiro agrônomo, produtor rural e consultor verde.jorge@hotmail.com Diogo de Almeida Verde Engenheiro agrônomo e representante comercial   Os biorreguladores são compostos por uma combinação de...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!