23.3 C
São Paulo
segunda-feira, julho 4, 2022
- Publicidade -
-Publicidade-
Inicio Notícias Embrapa e UnB descobrem uma proteína de café com efeito similar ao...

Embrapa e UnB descobrem uma proteína de café com efeito similar ao da morfina

 A Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia e a Universidade de Brasília (UnB) identificaram fragmentos de proteína (peptídeos) inéditos no café com efeito similar ao da morfina, ou seja, apresentam atividade analgésica e ansiolítica, com um diferencial positivo: maior tempo de duração desses efeitos em experimentos com camundongos.

O pedido de patente de sete peptídeos identificados neste estudo foi encaminhado ao INPI – Instituto Nacional de Propriedade Intelectual no dia 18 de agosto de 2014, sob o título de “Peptídeos opioides” (PI20140203524-BR).

A caracterização dessas moléculas faz parte da tese de doutorado do estudante Felipe Vinecky, desenvolvida no Departamento de Biologia Molecular da UnB e na Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia, sob a coordenação do pesquisador Carlos Bloch Júnior.

A identificação dos peptídeos se deu quando Felipe estava em busca de genes de café associados à melhoria da qualidade do produto, como parte de um projeto desenvolvido em parceria entre a Embrapa e o Centro de Cooperação Internacional, em Pesquisa Agronômica para o Desenvolvimento (CIRAD, sigla em francês).

Inicio Notícias Embrapa e UnB descobrem uma proteína de café com efeito similar ao...