Empresa agro busca startups para parceria

0
34
Lavoura – Crédito: Shutterstock

Estratégia da J.Assy é criar uma plataforma de inovação para compartilhar o seu conhecimento e oferecer mentoria e smart money para acelerar o crescimento de jovens empresas e empreendedores

Segundo dados da Associação Brasileira de Startups (Abstartups), o Brasil tem mais de 13 mil startups. De 2015 até 2019, o aumento desse tipo de empresa foi de 207%, porém, mesmo muitas delas tendo soluções eficientes, mais da metade não sobrevivem por mais de 5 anos no mercado, seja por falta de investimentos, conhecimento ou dificuldade no acesso a tecnologias. Pensando justamente nessas jovens empresas que muitas vezes não têm oportunidades, a J.Assy, especialista em soluções tecnológicas para o plantio, está implementando uma plataforma de inovação no agronegócio. A ideia é apoiar e disponibilizar todo seu conhecimento e expertise para acelerar o crescimento dessas jovens e promissoras empresas.  

A J.Assy é uma companhia que tem tecnologia e inovação em seu DNA, anualmente reinveste cerca de 30% do seu faturamento em Pesquisa & Desenvolvimento (P&D), com o objetivo de desenvolver e levar soluções cada vez mais eficientes e tecnológicas ao campo. Segundo José Roberto Assy, fundador da marca e presidente do conselho, ao longo de todos esses 24 anos eles acumularam benchmarking e expertise em P&D, o que ajudou na fabricação de itens eletrônicos de qualidade e certificação internacional. “Além de ter uma fábrica altamente tecnológica dotada de inteligência artificial, temos um sistema de distribuição fantástico no agro, que estamos dobrando na América Latina, e incrementando na América do Norte, Europa e África do Sul”, destaca.

Com todo esse Know-how, a empresa está preparada para oferecer, por meio da plataforma de inovação, um smart money diferenciado no mercado, pois, além dos recursos financeiros que são importantes, a J.Assy tem toda essa estrutura para proporcionar essa aceleração de crescimento que talvez muitas dessas startups não conseguissem por recursos próprios em pouco tempo. “Queremos oferecer a oportunidade para empreendedores que assim como nós tenham bons produtos, bons serviços e boas ideias. Pode ser até em estágio iniciante que nós conseguimos turbinar isso”, ressalta o executivo.

Investimento em pessoas

Além da busca por eventuais produtos e serviços desenvolvidos por jovens empreendedores, a J.Assy também busca profissionais e talentos que estão nessas empresas. A ideia é que possam desenvolver novas soluções interagindo com o time, tendo uma sinergia ainda maior para desenvolver novos produtos.

Segundo Assy, o gargalo de muitas companhias ainda são as pessoas, ou seja, talentos que possam criar, desenvolver e aperfeiçoar as tecnologias. “Nosso foco não é apenas profissionais da área de tecnologia para plantio e monitoramento das lavouras, queremos pessoas de outras áreas do agro, como por exemplo pulverização, colheita e mecanização. Nossas portas estão abertas”, diz o presidente do conselho.

O executivo ressalta ainda que no Brasil existe uma abundância de pessoas boas, capacitadas, com novas ideias e vontade de fazer acontecer, mas falta aquele ambiente de negócio. “A J.Assy pode ser um guarda-chuva desse ambiente de negócio, os jovens empreendedores podem aproveitar disso e crescer mais rápido. É uma oportunidade muito grande, porque somos únicos no mercado, nesse sentido”, completa.

Semeando o futuro

A J.Assy é uma empresa que busca constantemente o aperfeiçoamento de suas soluções. Para Assy, mais do que a procura por novas tecnologias, a empresa aos poucos também tem focado em se consolidar como protagonista no setor em busca de um agro cada vez mais eficiente, produtivo e sustentável. “A médio e a longo prazo, o nosso potencial é enorme, e não só no agro. Pretendemos abrir também, em um momento oportuno, nossas portas para outras indústrias dos mais variados segmentos”, revela.

Ainda segundo o executivo, a tendência é virar uma referência que atue em multi-indústrias, e que tem como expertise a distribuição dessas tecnologias. Sua experiência na execução dos projetos tecnológicos de maneira adequada e na fabricação a nível de América Latina, será um diferencial muito grande nessas outras indústrias. “Eu ainda não posso afirmar, mas acredito que nós podemos atuar globalmente também como já fazemos no agro”, finaliza.

J.Assy – Empresa especialista em oferecer tecnologias para o agronegócio. Entre as soluções disponibilizadas estão os dosadores de sementes com acionamento elétrico, Selenium Elétric Titanium Elétric, além do dosador pneumático Selenium e o dosador mecânico Titanium. A empresa também oferece sensores de fluxo Visum Adubo e o Visum Grãos finos e os discos de plantio Apollo. Acesse www.assy.com.br.