19.6 C
Uberlândia
domingo, junho 16, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioNotíciasEncontro da Sociedade Brasileira de Nematologia reúne representantes da agricultura mato-grossense

Encontro da Sociedade Brasileira de Nematologia reúne representantes da agricultura mato-grossense

DSC_0100

Encerrou na sexta-feira (10) o VII Encontro Regional da Sociedade Brasileira de Nematologia, realizado pela Fundação MT, em parceria com a Aprosmat, e apoio do Fase-MT. O evento aconteceu na Associação dos Amigos da Fundação MT (AMI), em Rondonópolis, e reuniu 52 profissionais de diferentes segmentos, como Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), universidades e instituições públicas e privadas, produtores rurais e multiplicadores de sementes, empresas de produção de sementes, produtos biológicos, consultorias e laboratórios privados.

O Encontro Regional, promoção da Sociedade Brasileira de Nematologia (SBN), teve dois dias de programação. Na quinta-feira (9), os participantes acompanharam palestras sobre o manejo de fitonematoides no cerrado, apresentada pelo Dr. Guilherme Asmus, da Embrapa Agropecuária Oeste; alternativas químicas e biológicas para o manejo de fitonematoides, com a professora da Universidade Federal de Uberlândia, Maria Amélia dos Santos; e fitonematoides no sul de Mato Grosso: principais problemas e convivência, com a pesquisadora da Fundação MT, Rosangela Silva. Em seguida, sete produtores e consultores relataram em mini-palestras os problemas causados pelos fitonematoides nas culturas de algodão, soja e milho em Mato Grosso, além das experiências pessoais, de sucesso ou não, no manejo desses patógenos.

Na sexta-feira (10), a programação continuou com discussões, apenas entre os especialistas, sobre vários temas atuais e de interesse para a nematologia. Ricardo Moreira de Souza, presidente da SBN, fez a abertura das atividades e explicou que o evento teve o intuito de propiciar a ampla divulgação dos problemas nematológicos ocorrentes no Estado e também para mostrar resultados de pesquisa, firmar parcerias, conhecer melhor os envolvidos na temática. “Fazemos a integração dos pesquisadores com todos da cadeia: agrônomos, cooperativas, empresas e professores“, pontuou.

Ainda conforme o presidente, o evento trouxe relatos do uso de diferentes estratégias culturais, genéticas, produtos biológicos e práticas fitotécnicas que provocaram muita troca de informação entre os participantes. “Como em outros Encontros Regionais, levantou-se a necessidade de os nematologistas se articularem com outros grupos de interesse para a discussão e possível revisão das legislações que normatizam o registro e a produção de produtos biológicos para o controle de fitonematoides e o funcionamento de laboratórios de análises nematológicas“, completou.

Para o produtor de soja e milho de Deciolândia-MT, Marcio Nicolli, o evento foi muito interessante. Com 25 anos de experiência na lavoura, Nicolli ressalta que a região onde atua é muita antiga com relação ao plantio e ainda enfrenta muitos problemas, principalmente com nematoides. “Nosso maior fator limitante são as doenças e, entre elas, os nematoides se destacam. Na minha área detectei em 1994 e já tive prejuízos“, contou. O produtor também afirmou que se a pesquisa não se antecipasse como hoje, ficaria muito mais difícil resolver todas as questões do campo.

A produtora e multiplicadora de sementes, Patrícia Trentini Fachin, que atua nos municípios mato-grossenses de Alto Garças e Guiratinga, destacou que o grande desafio é produzir materiais que nem sempre são resistentes para áreas que precisam de resistência aos nematoides. Em suas propriedades, o problema é enfrentado em muitas safras e também já causou prejuízos. Por isso, ela acha importante encontros que debatem o tema. “Aqui está um grupo seleto de pesquisadores, professores do campo e consultorias que nos proporcionam uma valiosa troca de informações“, definiu durante o evento.

ARTIGOS RELACIONADOS

Produção de algodão no Norte de Minas crescerá cinco vezes em 2020

Expectativa é que subprodutos da planta também gerem renda complementar aos produtores A produção de algodão no Norte de Minas está prestes a alcançar um novo patamar....

Aminoagro participará da feira AgroRosário, na Bahia

Empresa apresentará tecnologia para as culturas de soja e milho, com o Programa Construindo Plantas e fará demonstração do uso do condicionar de solo,...

Beauveria se mostra eficiente no controle do greening

  José Salazar Zanuncio Junior DSc. Entomologia e pesquisador do INCAPER - Centro de Desenvolvimento Regional Centro Serrano jjzanuncio@yahoo.com.br   O Huang Long Bing (HLB) ou “citrus greening“ é...

Inoculação beneficia cultura atual e subsequente

Solon Cordeiro de Araujo Engenheiro agrônomo, consultor da Associação Nacional dos Produtores e Importadores de Inoculantes (ANPII) solon@scaconsultoria.com.br   Desde longa data, mais precisamente desde os tempos da...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!