21 C
Uberlândia
sábado, julho 13, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioMercadoEngenheiro ambiental comemora seu dia com um importante papel na sociedade

Engenheiro ambiental comemora seu dia com um importante papel na sociedade

31 de janeiro

Dia do Engenheiro Ambiental

Crédito Cristiano Soares de Oliveira
Crédito Cristiano Soares de Oliveira

O desenvolvimento econômico associado à sustentabilidade está cada vez mais em evidência. A preocupação crescente com a preservação do meio ambiente se justifica diante das constantes evoluções pelas quais o mundo passa. Os problemas ambientais causados pelo homem, como desmatamento indiscriminado, a ausência de planejamento e a má gestão dos recursos hídricos, levam a um questionamento de como promover um desenvolvimento sustentável. Neste cenário, o engenheiro ambiental, que comemora seu Dia no próximo 31 de janeiro, surge como o profissional responsável por desenvolver técnicas para a preservação do meio ambiente com planejamento, coordenação e gestão da área.

“O engenheiro ambiental tem papel fundamental na construção de tecnologias para a preservação do meio ambiente. Uma das competências deste profissional é buscar soluções para os problemas ambientais, como a crise hídrica por exemplo. Um dos nossos objetivos é reduzir o impacto da intervenção do homem na natureza“, explica o presidente da Associação Mineira dos Engenheiros Ambientais (AMEA) e assessor técnico especializado da Câmara de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Minas Gerais (Crea-Minas), Alírio Mendes Jr. Segundo ele, o engenheiro ambiental estuda os problemas ambientais de forma integrada nas suas dimensões ecológica, social, econômica e tecnológica, com o intuito de promover o desenvolvimento sustentábel.

Segundo dados do Crea-Minas, existem mais de 3.300 engenheiros ambientais registrados em Minas. O Crea é o Conselho que regulamenta e fiscaliza o exercício desse profissional. “Os números são altos, pois, das mais de 300 nomenclaturas da engenharia, somos a sétima com maior número de profissionais. Em número de registrados no Sistema Confea/Crea, ficamos atrás apenas de São Paulo“.

Uma pesquisa realizada pela Universidade de São Paulo (USP), em 2014, destacou a engenharia ambiental como a profissão mais promissora dos próximos anos, em razão da recente escassez de água e vários outros problemas ambientais, como a poluição, ilha de calor e desmatamento. Alírio concorda com a projeção e reforça que o mercado atual para o engenheiro ambiental é próspero, no entanto, ele destaca a importância da participação do profissional no Conselho. “A atuação dos engenheiros ambientais no Sistema Confea/Crea é fundamental para que a inserção no mercado e as atribuições profissionais sejam bem definidas“, comenta.

ARTIGOS RELACIONADOS

A enxertia proporciona mais sanidade no cultivo de hortaliças?

AutoresHerika Paula Pessoa Engenheira agrônoma, mestra e doutoranda em Fitotecnia – Universidade Federal de Viçosa (UFV) herikapaulapessoa@gmail.com Louise Pinto Guisolfi Engenheira agrônoma e mestranda...

Santa Clara Agrociência apresenta as inovações e o futuro da agricultura

A Santa Clara Agrociência, empresa líder na inovação tecnológica em nutrição e proteção vegetal, promoveu nos dias 03 e 04 de julho, em Ribeirão Preto (SP),...

Soja: como lidar com diferentes condições climáticas?

Especialista explica que o excesso e a falta de água são prejudiciais para o plantio e a germinação, sendo o excesso hídrico mais limitante que o déficit

Efeito condicionador de solo proporcionado pelos organominerais

AutoresRegina Maria Quintão Lana Professora de Fertilidade e Nutrição de Plantas – Universidade Federal de Uberlândia (UFU) rmqlana@ufu.br Danyela Cristina Marques Pires Mara Lúcia...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!