21.2 C
Uberlândia
quarta-feira, fevereiro 28, 2024
- Publicidade -
InícioArtigosHortifrútiEnsacamento de frutos da banana no controle de doenças

Ensacamento de frutos da banana no controle de doenças

Autora

Paula Almeida Nascimento Engenheira agrônoma, mestra e doutoranda – Universidade Federal de Lavras (UFLA)paula.alna@yahoo.com.br

Bananeira – Crédito: Léa Cunha

Uma série de patógenos assolam a cultura da bananeira. Doenças que atingem os frutos são especialmente prejudiciais e, se não controladas, podem resultar em grandes perdas para os produtores em virtude da má aparência dos frutos, que os tornam impróprios para o mercado.

Métodos alternativos, como barreiras físicas provocadas por ensacamento de cacho, têm sido utilizados por vários bananicultores para evitar danos causados por patógenos nas bananeiras. Este método tem influência direta na antracnose causada por Colletotrichum musae e na doença conhecida como ponta-de-charuto, causada por Verticillium theobromae e Trachysphaera fructigena na banana.

O interessante é que, além do controle dessas doenças, o ensacamento de cachos tem uma série de outras vantagens, como: proteção dos frutos do ataque de pragas como traça-da-bananeira, tripes, abelha arapuá, lagartas e pássaros; proteção contra baixas temperaturas, evitando o efeito do chilling,  pois mantém o cacho a uma temperatura mais alta e constante, entre 3 – 5ºC maior do que no exterior, promove redução do intervalo florescimento-colheita, o aumento do diâmetro dos dedos e do peso do cacho.

Ainda, aumenta a velocidade de crescimento e melhora a qualidade geral do fruto, ao reduzir os danos ocorridos por traumas causados por folhas dobradas e por escoras; protege os frutos durante a operação de colheita e durante o transporte do cacho até a casa de embalagem e evita queimaduras no pericarpo.

Assim, o ensacamento dos cachos de banana é utilizado nos cultivos destinados à exportação, justamente por proporcionar grande melhoria na qualidade dos frutos.

Composição

[rml_read_more]

Os sacos utilizados nos ensacamentos dos cachos são transparentes, comuns e de coloração gelo, para locais onde não ocorre ataque intenso de pragas; e transparentes, tratados com produtos químicos, de coloração azul-celeste, para zonas onde ocorre ataque mais intenso de pragas.

Já os sacos leitosos garantem maior proteção ao cacho contra as intempéries (poeira, radiação solar). As pequenas perfurações têm a função de facilitar as trocas gasosas do cacho com o meio externo. Novos materiais estão em uso e testes, como o TNT, sacos de papel Kraft e combinação de plásticos com papéis.

Desta forma, cuidados devem ser tomados com a qualidade do material escolhido, porque a parede de revestimento do saco de material plástico funciona com um filtro, podendo deixar passar determinados comprimentos de onda da irradiação solar, que podem provocar queimaduras sérias nos cachos.

E, também, podem ser usados sacos impregnados com inseticidas, para proteger as pencas do ataque de pragas como os tripes.

Manejo

Deve-se ensacar o cacho quando esse já emitiu a última bráctea feminina, ou seja, quando a última mão verdadeira apresenta os dedos voltados para cima. Nesse momento, o cacho apresenta-se com duas semanas desde a emissão.

O ensacamento dos cachos deve ser realizado em conjunto com a eliminação do coração, visando a colheita de cachos mais homogêneos. O processo de ensacamento é feito manualmente com cada bananeira, e pode demorar de três a cinco minutos.

A forma correta de colocação em torno dos cachos é amarrar o saco ao engaço na região da cicatriz bracteal, utilizando uma fita plástica de determinada cor que caracterize a idade, para estabelecer a época da colheita. Os sacos de polietileno são usados para a proteção do cacho com perfurações laterais que variam de 0,5 a 1,0 cm, permitindo trocas gasosas entre os frutos e o meio exterior.

Sua espessura varia de 0,05 a 0,06 mm e sua dimensão é de 80 x 160 cm, sendo abertos em cima e em baixo, à semelhança de um cilindro oco.


Saiba mais

Embora o ensacamento dos cachos apresente várias vantagens, essa técnica acarreta o aumento do custo com a aquisição de sacos plásticos, fitilhos e mão de obra, e também uma grande dificuldade de realização em bananeiras de porte alto, pela visualização dos frutos e a verificação do ponto de colheita.

Para evitar esses problemas, deve-se escolher cultivares de bananeiras de porte mais baixo, e tomar o cuidado de contratar mão de obra qualificada, fazendo inspeções constantes na área.

O ensacamento dos cachos de bananas pode incrementar até 25% no rendimento do cacho, no tamanho e diâmetro dos frutos, e antecipação da colheita, uma vez que esta prática reduz o intervalo que vai do florescimento à colheita.

Além disso, proporciona melhorias na produção, com a obtenção de bananas com alto padrão de qualidade, visando o principalmente o mercado internacional e os grandes centros consumidores do País. Assim, mesmo onerando os custos de produção, os resultados obtidos compensam o investimento.

ARTIGOS RELACIONADOS

Aprosoja/MS avalia qualidade

Técnicos da Aprosoja/MS - Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato ...

Transformação digital no agronegócio

Devido as suas características de grande biodiversidade, condições edafoclimáticas satisfatórias e enorme área agricultável, com solos férteis, e com capacidade de expansão, sem provocar o desmatamento, o Brasil possui uma aptidão inquestionável para o agronegócio.

Manejo nutricional do trigo

A cultura do trigo vem passando por transformações intensas nos últimos 20 anos,...

Apex Agro – Sempre inovando

  A Apex Agro tem como meta inovar e contribuir para a evolução das tecnologias direcionadas à nutrição de plantas na agricultura brasileira. Neste momento...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!