21.2 C
Uberlândia
sexta-feira, julho 19, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioNotíciasEstação quarentenária - Entenda o que é

Estação quarentenária – Entenda o que é

Você sabe o que é uma estação quarentenária? Conhece as funções de uma unidade como essa? Estação quarentenária tem a missão de realizar análises de produtos de origem vegetal para fins de pesquisa no Brasil. É ela quem faz os testes para verificar se sementes ou partes vegetais importadas não possuem praga ou doença proveniente do país de origem.

Quando uma empresa importa sementes e/ou partes vegetais para pesquisa no Brasil, é necessário autorização do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). Essa licença, no entanto, depende de certificação de uma estação quarentenária cadastrada no órgão federal.

No Brasil, são três estações quarentenárias para várias culturas que realizam esse tipo de procedimento com autorização do ministério. A única privada é a da multinacional SGS, localizada em Piracicaba (SP), também considerada a mais ágil e moderna. A unidade conta com equipamentos de última geração e profissionais altamente qualificados para análises de acarologia, bacteriologia, entomologia, micologia, nematologia e virologia de sementes e parte de plantas.

“Quando a semente ou parte vegetal é importada, existe risco de virem juntos fungos, vírus, bactérias, nematoides, insetos, ácaros ou plantas infestantes que ainda não existem no Brasil. Determinadas pragas podem causar enormes prejuízos para a agricultura nacional. É importante trazer novas tecnologias para o país, porém, sem colocar em risco a disseminação de novas pragas”, explica o gerente geral da SGS – AFL Seed & Crop, Edson Corbo.

Quando as sementes ou parte de plantas chegam à Estação Quarentenária da SGS, elas seguem para a câmara fria, onde ficam armazenadas por até 48 horas para checagem de documentação. Em seguida, vão para análise visual. Apenas dois profissionais podem fazer o manuseio dos materiais nesta etapa.

Depois, amostras do material são encaminhadas ao laboratório. Até mesmo técnicas de DNA são empregadas nessa análise. A etapa final é semear e cultivar a semente em câmaras de germinação e crescimento para análises ainda mais detalhadas. Após os exames, os laudos são emitidos e somente depois da aprovação do Ministério da Agricultura é que a semente ou parte vegetal é liberada para a pesquisa.

Tecnologia

A Estação Quarentenária da SGS possui instalação com nível de contenção internacional sem precedente no Brasil. O local tem também filtragem de ar e vácuo negativo que eliminam a entrada ou saída de pragas do espaço. A unidade conta ainda com especialistas qualificados que foram credenciados para diagnósticos fitossanitários em conformidade com padrões técnicos referenciados nas legislações vigentes.

A estação funciona desde 2016. Opera o ano todo, independente da espécie vegetal a ser pesquisada. A unidade está credenciada para avaliar mais de 50 espécies, dentre sementes, partes vegetais e culturas in vitro.

ARTIGOS RELACIONADOS

FMC lança inseticida biológico Helicovex para soja

Com foco no controle da Helicoverpa armigera, nova tecnologia é a base de vírus que age por ingestão; stand da companhia também contará com palestras...

Agricultor norte-americano bate recorde mundial de produtividade de milho

A BRANDT, fabricante líder de produtos especiais para agricultura, ajudou o agricultor David Hula a estabelecer novo recorde mundial de produtividade de milho: 644,6 sacas/ha (616,1593...

Fundação MT estará nas principais regiões produtoras de soja

Pesquisadores da Fundação MT estarão mais uma vez nas principais regiões produtoras de soja Vai começar a partir do dia 10, segunda-feira, deste mês até...

Pesquisadores aprovam o projeto agricultura, micro/nanotecnologia e ambiente

Um grupo de pesquisadores de sete instituições nacionais e uma internacional, coordenado pelo professor Leonardo Fraceto, do Instituto de Ciência e Tecnologia de Sorocaba da Universidade...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!