28.6 C
Uberlândia
domingo, maio 19, 2024
- Publicidade -
InícioDestaquesEucalipto tolerante a herbicida é aprovado pela CTNBio

Eucalipto tolerante a herbicida é aprovado pela CTNBio

Eucalipto – Crédito: Fibria

A Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio) aprovou para uso comercial, no dia 11 de novembro, uma nova variedade de eucalipto geneticamente modificado (GM) tolerante a herbicida.

A nova tecnologia foi desenvolvida pela FuturaGene, subsidiária da Suzano e líder em pesquisa e desenvolvimento genético de plantas voltadas para o aumento da produtividade e da resiliência do setor florestal renovável global.

A tecnologia foi avaliada e aprovada pela CTNBio após amplos testes e avaliações de risco, bem como a caracterização molecular a fim de garantir que as plantas modificadas não apresentassem riscos à saúde humana e animal ou ao meio ambiente. A decisão da CTNBio reforça o compromisso da empresa com a excelência em pesquisa e com os mais elevados padrões éticos e de segurança.

Perfil

O novo eucalipto confere a característica de tolerância ao herbicida glifosato, amplamente utilizado no setor florestal há mais de 30 anos durante as etapas iniciais de plantio do eucalipto.

A tecnologia permitirá o uso mais eficiente do produto nas áreas florestais, reduzindo custos com insumos. Além disso, permitirá às equipes de campo terem melhores condições de trabalho e resultará em um menor uso de tratores nas operações florestais, diminuindo, assim, a pegada de carbono dessas atividades.

A redução de danos às árvores jovens deve aumentar a produtividade no campo, em um momento no qual a demanda mundial por produtos renováveis, como a madeira, está crescendo de maneira significativa.

“O desenvolvimento dessa tecnologia é parte da estratégia da Suzano de aliar inovação e sustentabilidade para criar processos e produtos que possibilitem usar menos áreas e agroquímicos a fim de preservar e proteger ainda mais os recursos naturais, o que contribui com o propósito da Suzano de renovar a vida a partir da árvore”, afirma Walter Schalka, presidente da Suzano.

O processo de desenvolvimento do novo eucalipto GM da FuturaGene levou mais de oito anos e incluiu extensa avaliação de biossegurança. Após a aprovação da CTNBio, o eucalipto geneticamente modificado tolerante a herbicida será incorporado ao programa de melhoramento convencional da Suzano para ampliar os testes em regiões representativas da cultura do eucalipto, assim como é feito com os clones convencionais. O objetivo desta etapa é desenvolver materiais adaptados para futuro uso comercial.

Todas as atividades que forem realizadas a partir desta aprovação serão conduzidas usando as mais altas diretrizes de segurança e ética, conforme estabelecido na política de árvores GM da Suzano, e com base nas práticas de manejo florestal da empresa.

A Suzano está comprometida em compartilhar os benefícios e o valor dessa nova tecnologia com parceiros por meio de seu programa de fomento florestal, incluindo pequenos proprietários de terras. Após testes em larga escala, os parceiros terão acesso livre à tecnologia sem a necessidade de pagamento de royalties, assim como é feito com os clones convencionais.


Sobre a Suzano

A Suzano é referência global no desenvolvimento de soluções sustentáveis e inovadoras, de origem renovável, e tem como propósito renovar a vida a partir da árvore. Maior fabricante de celulose de eucalipto do mundo e uma das maiores produtoras de papéis da América Latina, atende mais de 2 bilhões de pessoas a partir de 11 fábricas em operação no Brasil, além da joint operation Veracel.

Com 97 anos de história e uma capacidade instalada de 10,9 milhões de toneladas de celulose de mercado e 1,4 milhão de toneladas de papéis por ano, exporta para mais de 100 países.

Tem sua atuação pautada na Inovabilidade – Inovação a serviço da Sustentabilidade – e nos mais elevados níveis de práticas socioambientais e de Governança Corporativa, com ações negociadas nas bolsas do Brasil e dos Estados Unidos. Para mais informações, acesse: www.suzano.com.br

ARTIGOS RELACIONADOS

Qualidade das mudas para implantação de um povoamento florestal

    David Pessanha Siqueira Engenheiro agrônomo e mestrando em Produção Vegetal " Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro pessanhasdavid@hotmail.com   Na implantação de um povoamento florestal, seja para...

Nutrição é a chave para aumentar a rentabilidade do algodoeiro

No Congresso, a Yara irá lançar o Turbo PROCOTE+S, fertilizante com alta concentração de fósforo e enxofre, prontamente disponíveis para a planta. Uma das maiores...

Desrama é fundamental no plantio de teca

A teca constitui uma das madeiras de maior valor no mercado, sendo muito empregada na fabricação de móveis finos e na construção naval. Seu preço final é atribuído à madeira madura, livre de nós (clearwood) e com diâmetro para serraria. Cabe à operação da desrama a formação de fustes limpos e sem nós.

Nova marca da LP Sementes lança três híbridos de milho de alta performance na Expodireto

Com um portfólio de alta performance que associa genética aprimorada e alta tecnologia, nova marca que será lançada no segundo trimestre lança três híbridos...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!