23.6 C
Uberlândia
terça-feira, junho 18, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioMercadoEvento “Dica OKAY“ apresenta resultados no combate ao ácaro-da-leprose em citros

Evento “Dica OKAY“ apresenta resultados no combate ao ácaro-da-leprose em citros

Encontro, que aconteceu em Rio Real (BA), teve como objetivo contribuir para um melhor manejo das pragas que atacam essas culturas

 

M
M

Uma das principais regiões produtoras de citros, representando o 2º maior parque citrícola do país, a Bahia foi escolhida para receber o evento “Dica OKAY“. Realizado na cidade de Rio Real pela IHARA, tradicional fabricante de defensivos agrícolas, o encontro teve como objetivo contribuir para um melhor manejo das pragas que atacam essas culturas, com foco principal no combate ao ácaro-da-leprose. “Nossa intenção foi mostrar como mensurar os níveis dos ácaros, analisar e tomar as medidas de controle mais eficazes, sempre escolhendo a melhor ferramenta para o manejo dos mesmos“, explica Nilton Marrocos, responsável pelo Desenvolvimento de Mercado da IHARA na região.

Entre as soluções apresentadas dentro desse contexto, o destaque ficou por conta do acaricida OKAY. O produto é usado no combate ao ácaro-da-leprose, que causa grandes perdas na produção. “Nossa ferramenta vem apresentando um período de controle de 230 dias sem a necessidade de realizar novas aplicações. Além disso, tem, comprovadamente, garantido um controle muito satisfatório sobre os outros ácaros“, afirma Natalício Brandão, administrador técnico de Vendas da companhia.

 

M
M

O produtor Paulo Cunha, que cedeu a área para o campo demonstrativo, confirma a eficácia da ferramenta que, segundo ele, foi essencial para que não perdesse sua plantação. “Não tinha mais o que fazer por conta do ácaro-da-leprose. Pulverizei várias vezes e tentei controlar com outras soluções, sem sucesso. Porém, com uma única aplicação do OKAY, eu zerei a praga. O resultado foi muito rápido e muito eficiente“, conta.

ARTIGOS RELACIONADOS

Femec fecha oitava edição com novo recorde de público

A oitava edição da Femec, iniciada no dia 26 de março e encerrada no dia 29, em Uberlândia (MG), estabeleceu novas marcas para a maior feira do agronegócio de Minas Gerais. O número de expositores deste ano foi de mais de 140 empresas de máquinas, equipamentos e implementos agrícolas que, juntas, movimentaram cerca de R$ 320 milhões em quatro dias.

Defensivo para combate ao bicudo do algodoeiro é liberado

Devido a uma exigência do Paquistão, o uso emergencial de agrotóxicos à base de Brometo de Metila em fibras e caroço de algodão, destinados...

Broca-do-café agora é controlada por Tracer®

As duas principais pragas do café agora são controladas pelo inseticida Tracer®, da Dow AgroSciences. O produto, que já tinha registro para o combate...

Algas: mais shelf life para as tangerinas

Com o aumento da demanda de tangerina, é preciso adotar práticas que aumentem sua produção e melhorem a qualidade do produto final. Dentre elas, a utilização de algas marinhas vem se apresentando como uma importante alternativa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!