27.1 C
Uberlândia
domingo, fevereiro 25, 2024
- Publicidade -
InícioArtigosGrãosExtratos vegetais - Arma eficiente contra pragas

Extratos vegetais – Arma eficiente contra pragas

Carlos Antonio dos Santos

Engenheiro agrônomo e doutorando em Fitotecnia – UFRRJ

carlosantoniods@ufrrj.br

Caio Soares Diniz

Graduando em Agronomia – UFRRJ

caiosoaresdiniz@gmail.com

Margarida Goréte Ferreira do Carmo

Engenheira agrônoma, doutora em Fitopatologia e professora – UFRRJ

gorete@ufrrj.br

Neem leaves -Medicinal plant

Buscando alternativas de controle de pragas menos agressivas, extratos de plantas têm sido utilizados com sucesso. Comparados aos produtos sintéticos, oferecem grandes vantagens, como gerar novos compostos, os quais os patógenos não são capazes de inativar, além de serem menos tóxicos, de rápida degradação no ambiente, terem amplo modo de ação e serem derivados de recursos renováveis. Os extratos vegetais podem apresentar potencial inseticida, fungicida, herbicida e nematicida, sendo considerados de boa eficiência.

 

Contra pragas na agricultura

 

A ocorrência de pragas e doenças está entre os principais fatores limitantes ao incremento da produção de alimentos. Seu controle tem sido feito por meio de variedades resistentes, adoção de práticas de manejo e, principalmente, uso de agrotóxicos ” inseticidas, acaricidas, fungicidas, nematicidas, bactericidas.

O uso destes produtos, muitas vezes de forma incorreta, tem despertado muitas discussões e preocupações na sociedade. Para substituí-los tem sido proposto e usado o controle biológico e uso de caldas e extratos de plantas.

 

Extratos vegetais

Açafrão é uma opção no controle de pragas – Crédito Shutterstock

Os extratos vegetais têm sido estudados por serem uma alternativa complementar ao manejo fitossanitário e por estarem de acordo com as premissas da produção agrícola sustentável e segura, seja nos sistemas alternativos, ecológicos ou nos sistemas convencionais.

Ou seja, os extratos vegetais devem ser vistos como medida complementar e dentro de um manejo integrado, associado a outras medidas preventivas como, por exemplo, a rotação de culturas, a destruição de restos culturais, de ovos e lagartas de pragas, dentre outras.

 

Opções

 

No Brasil, são numerosos os agricultores que vêm utilizando com sucesso os extratos de neem, pimenta do reino, alho, eucalipto, citros, samambaia e outras plantas no controle de pragas e doenças.

Extratos de outras espécies vegetais, como a arruda, gengibre, lasno, capim-limão, fumo, açafrão, arnica, capim-santo e cebola também já foram estudados e apresentaram potencial de uso no controle de doenças causadas por fungos e nematoides.

Ainda, extratos de alho, arruda, fumo e losna apresentam ação contra patógenos que causam doenças de pós-colheita de frutas, como Botrytis sp., Penicillium sp. e Rhizopus sp., o que sugere perspectiva de serem  usados em controle de doenças de pós-colheita. Existe uma série de outras espécies que vêm sendo estudadas e mostrado resultados satisfatórios.

Essa matéria completa você encontra na edição de dezembro de 2018 da Revista Campo & Negócios Grãos. Adquira o seu exemplar para leitura completa.

ARTIGOS RELACIONADOS

Tecnologia no combate do estresse oxidativo

Natural ou em suco, no uso culinário em doces ou pratos sofisticados e, ainda ...

Recuperação de cafezais é uma necessidade

O Brasil é o maior produtor mundial de café há décadas e com isso as lavouras podem estar ficando velhas, desgastadas e/ou depauperadas. Por um motivo ou outro, algumas propriedades não acompanharam as inovações tecnológicas, seja por falta de capital para investir em reformas, por problemas de administração, por longos períodos de seca, por ocorrências de diversos problemas técnicos, ou às vezes por não suportar as crises do setor, que podem ser uma situação cíclica igual a qualquer outra cultura ou empreendimento.

Cresce o uso de inseticidas biológicos na agricultura

Geraldo Papa gpapa@bio.feis.unesp.br Fernando Juari Celoto Professores doutores da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho " Campus Ilha Solteira O histórico do Manejo Integrado de Pragas...

Spodoptera frugiperda – Feijão em estado de alerta

As diferentes populações de insetos que ocorrem nos agroecossistemas apresentam grandes desafios na pesquisa de métodos de controle. Com a extensão das monoculturas, essas populações tornaram-se mais expressivas devido à grande disponibilidade de alimento, resultando no aumento populacional e consequentes perdas de produção e impacto econômico aos agricultores. Dentre os insetos-praga agrícolas, encontram-se o grupo das lagartas, que pertencem a diferentes famílias, de acordo com suas características.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!