21.6 C
Uberlândia
segunda-feira, junho 24, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioNotíciasFalta de chuva e clima quente prejudicam produção de abacate no estado...

Falta de chuva e clima quente prejudicam produção de abacate no estado de São Paulo


Diminuição da safra é de cerca de 80%, comparada ao ano de 2014

Destaque Abacate 18 - Crédito arquivoO mês de maio fecha o período de melhor produção do abacate, uma das frutas mais indicadas para controle de doenças como o colesterol e a diabete. Entretanto, a safra dessa fruta, rica em gordura saudável, sofreu grandes impactos com a ausência de chuvas que vem preocupando moradores e produtores de São Paulo, estado que é responsável por metade da produção nacional.

“A quebra dessa safra foi por volta de 80%. Inclusive, a questão climática influenciou muito, pois durante o dia era muito quente e à noite esfriava bastante. Essa mudança na temperatura e o ar seco fez com que alguns produtores da região perdessem grande parte dos frutos“, afirmou Idoraldo Dassi Júnior, engenheiro agrônomo da CAT ” Casa de Agricultura de Tupã.

O produtor Jorge Manfre, também de Tupã, confirma a informação dada pelo agrônomo e menciona que o clima foi o único fator que influenciou a queda da produção. “O choque da temperatura, que de manhã atingia 33ºC e ao anoitecer caia para 16ºC, foi muito prejudicial. Não houve outro fator que danificou os frutos, só a seca e a temperatura“. Em Oswaldo Cruz, a produtora Alvina José, atesta a mesma informação. “Florou um pouco, mas não vingou, por causa da seca.“

Árvore do abacate em plena produçaõ - Crédito Luize Hess
Árvore do abacate em plena produçaõ – Crédito Luize Hess

De acordo com o meteorologista da Climatempo, Alexandre Nascimento, durante o início do ano o bloqueio atmosférico colaborou para a amplitude térmica. Durante o dia, o céu praticamente sem nuvens favoreceu o aquecimento e, à noite, o calor era perdido para a atmosfera por não haver nuvens que funcionassem como um cobertor.

Nascimento adianta que mais duas frentes frias vão passar sobre o estado de São Paulo durante o mês de maio. A primeira, entre o domingo (dia das Mães) e a segunda-feira (11), e a segunda frente fria, mais para o final do mês. Mas, a expectativa é de pouca chuva, normal para esta época do ano. “A diferença, neste mês, será a queda da temperatura, diferente do mês de Abril, que foi mais quente“. O Inverno começa apenas no dia 21 de junho, às 13h38, horário de Brasília.

Ao contrário de outras frutas, como a laranja, a melancia, a maçã e até a uva, que tendem a concentrar o seu açúcar quando não há muita água para ser absorvida, ” o que as deixam menores, mas mais saborosas ” o abacate precisa da chuva por ter a água como o seu principal componente e também por que a ausência dela pode gerar a queda prematura do fruto (machucando-o e tornando-o impróprio para a comercialização), além de causar uma possível diminuição no tamanho deles.

 Crédito Luize Hess
Crédito Luize Hess

O excesso de chuva também pode comprometer a boa produção de abacates, que dependem muito do clima para gerar uma boa safra. As condições climáticas ideais para o cultivo desse fruto variam de acordo com o tipo (a variedade) do abacate que será plantado. Temperaturas muito altas e muito baixas, assim como a grande quantidade de água e a ausência dela, são condições que podem danificar os frutos.

 

ARTIGOS RELACIONADOS

Queda de chumbinhos no cafeeiro – O que fazer?

José Donizeti Alves PhD. e professor de Fisiologia Vegetal da Universidade Federal de Lavras jdalves@dbi.ufla.br O segredo para se atingir o sucesso na cafeicultura é tentar reter...

O jeito de fazer negócio mudou

O blockchain, conhecido por suportar as transações de Bitcoin e outras criptomoedas, começa a ser usado no agronegócio para comercialização de grãos e outras transações financeiras....

Nova forma de condução da pimenta-do-reino

Luiz Augusto Lopes Serrano Pesquisador da Embrapa Agroindústria Tropical luiz.serrano@embrapa.br Inorbert de Melo Lima Pesquisador do Incaper - CRDR Centro Norte inorbert@incaper.es.gov.br Várias espécies do gênero Eucalyptus são...

Aminoácidos via foliar ou no tratamento de sementes?

Nilva Terezinha Teixeira Engenheira agrônoma, doutora em Solos e Nutrição de Plantas e professora de Nutrição de Plantas, Bioquímica e Produção Orgânica do Centro...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!