28 C
Uberlândia
terça-feira, junho 25, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioArtigosGrãosFatec forma 10ª turma e completa 300 tecnólogos formados

Fatec forma 10ª turma e completa 300 tecnólogos formados

Crédito Jacto
Crédito Jacto

A Faculdade de Tecnologia de Pompeia – Fatec ShunjiNishimura formou no dia 11 de agosto a 10ª turma do curso de Mecanização em Agricultura de Precisão nas dependências da Fundação ShunjiNishimura de Tecnologia (FSNT). O evento teve como patrono da turma o consultor internacional de marketing, PankajShah, que atuou na década de 70 como assessor econômico e comercial na embaixada do Brasil no Quênia. Ele atualmente reside em Londres, onde trabalha na expansão de vendas de produtos agrícolas das empresas Jacto e Baldan.

O diretor da Fatec, Carlos Eduardo de Mendonça Otoboni comemorou os resultados da instituição que já formou 300 tecnólogos, a maioria contratados por fazendas brasileiras, seguido, em segundo lugar, por empresas de máquinas agrícolas, seguido por outros setores do agronegócio. “Sem contar que mais de 40 ex-alunos já fizeram estágios em fazendas no exterior“, destacou o diretor.

Durante a solenidade o presidente da FSNT, JiroNishimura, trouxe à memória o legado empreendedor de seu pai, ShunjiNishimura, o que vem sendo perpetuado pela família com ações voltadas também para a área de educação desde a criação da Fundação pelo seu pai.

Jiro lembrou a célebre frase do Sr. Nishimura: “Ninguém cresce sozinho“ e que hoje, como legado, torna possível comemorar com a implantação da Fatec em Pompeia, a formação de profissionais aptos a auxiliar nos desafios do agronegócio. “Temos alunos espalhados por todo o Brasil ajudando a melhorar a agricultura“, comemorou.

Jiro enfatizou que tudo o que aconteceu tem a mão de Deus e que os alunos não precisam se preocupar com o mercado, pois 76% dos alunos formados estão empregados e 12% prosseguiram seus estudos e atuam na área acadêmica e de pesquisa. “Desejo que sejam profissionais de sucesso engrandecendo o nome da Fatec ShunjiNishimura pelo Brasil e pelo mundo“, enseja.

Honra

O patrono da turma, PankajShah, queniano de origem indiana, que trabalha há mais de 40 anos com a família Nishimura, se sentiu honrado em ser o patrono da turma.

Ele disse que o Brasil tem se destacado no cenário mundial na área do agronegócio e que a missão dos alunos formados será ajudar muitos agricultores a aumentar a sua produtividade mesmo em circunstâncias desfavoráveis.

Desde a primeira turma a solenidade conta com várias premiações. Dentre elas, o prêmio ShunjiNishimura de Melhor Aluno da Turma, que é concedido para aquele que obtém a maior média global nas áreas de Mecanização em Agricultura de Precisão e nas demais áreas do curso. Neste ano o premiado foi o tecnólogo Matheus de Oliveira Rocha, natural de Marília e que se tornou aluno de destaque na turma pelo empenho e superação diante dos desafios que teve à frente.

Muito emocionado, falou do apoio que teve da sua família para se formar, pois contou sobre os desafios que teve que vencer para se formar. “Somente quem vivencia o curso sabe das dificuldades para se chegar até aqui fazendo parte de uma instituição diferenciada e valorizada no mercado. Durante o curso tive a oportunidade de visitar diversas feiras agropecuárias e ouvir profissionais elogiando o curso e a diferenciação daqueles que se formam em Mecanização em Agricultura de Precisão“, declarou o tecnólogo.

Ele comentou ainda que as empresas valorizam os candidatos que têm em seu currículo a formação na Fatec ShunjiNishimura. “Aqui se formam profissionais com muita qualidade devido à parceria do Centro Paula Souza com a Fundação ShunjiNishimura. Agora quero fazer estágios para ganhar experiência e conquistar futuramente um cargo gerencial em alguma empresa ou fazenda“, entrega.

Com duração de três anos, o curso é gratuito e oferece 40 vagas no período da manhã e 40 à noite nas dependências da Fundação ShunjiNishimura de Tecnologia, mantida pelo Grupo Jacto, na cidade de Pompeia (SP).

O tecnólogo em Mecanização em Agricultura de Precisão é o profissional de nível superior que se responsabiliza pelo uso adequado de máquinas e implementos agrícolas, com o objetivo de obter altas produtividades agropecuárias e baixos custos em ambiente de agricultura de precisão.

Essa matéria você encontra na edição de outubro 2017 da revista Campo & Negócios Grãos. Adquira já a sua.

ARTIGOS RELACIONADOS

Pulverização otimiza gestão de custos na propriedade rural

Sistema DropScope foi desenvolvido por meio de uma parceria entre o Centro de Engenharia e Automação do IAC-SP, o IMA-MT e a empresa X-Factory....

Enxofre bentonita, mais um produto incluso no portfólio da Química Anastacio

A partir do mês de maio, a Química Anastacio terá disponibilidade do produto Enxofre Bentonita 90%. Com isso, haverá aumento do portfólio de produtos,...

Calcário na medida certa

Antônio LuisSanti Professor da UFSM - Campus Frederico Westphalen, e pesquisador em Agricultura de Precisão Claudir José Basso Professor da UFSM - Campus Frederico Westphalen Lisandra Pinto Della...

Cobre e zinco – Nutrientes essenciais para o tomate

A maximização da produção de tomate (Lycopersicon esculentum) com sustentabilidade necessita de conhecimento sobre fatores que influenciam o crescimento, desenvolvimento e composição da planta do tomateiro. Tais fatores incluem a genética, o ambiente (água, luz, CO2, temperatura, nutrientes) e o manejo da cultura.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!