FEACOOP 2015: a feira da alta tecnologia

0
156

 

A Feira, que acontece em Bebedouro de 3 a 6 de agosto, será uma vitrine de tecnologias com equipamentos deprecisão que podem melhorar a produtividade do pequeno, médio e grande produtor, além de uma dinâmica sobre o enfardamento de palha de cana para geração de energia.

 Feacoop

A  FEACOOP (Feira de Agronegócio Coopercitrus Sicoob Credicitrus) 2015, que acontecerá de 03 a 06 de agosto, das 08h às 18h, na EECB (Estação Experimental de Citricultura de Bebedouro), SP, será um bom momento para os agricultores efetuarem negócios em condições especiais de preços, planejados pela Coopercitrus e seus fornecedores. Com um portfólio diversificado em máquinas e implementos agrícolas voltadas para as mais variadas culturas, projetos de irrigação, agricultura de precisão e armazenagem de grãos,as condições comerciais apresentadas na Feira serão especiais e proporcionarão linhas de crédito diferenciais no fechamento dos negócios.

Os agricultores podem esperar uma FEACOOP melhor, com grandes lançamentos em tecnologia. “A FEACOOP é uma verdadeira vitrine do agronegócio brasileiro e fonte de conhecimento para os produtores, onde estaremos expondo, através dos nossos fornecedores, os mais recentes lançamentos em máquinas e implementos agrícolas, com um destaque para alguns segmentos de maior relevância no mercado como recolhimento de palha, irrigação e agricultura de precisão. Acreditamos que, com a demanda por energia e a escassez hídrica, temos que buscar alternativas de energia renováveis, como por exemplo, através do recolhimento da palha da cana, que tem sido para o setor sucroalcooleiro uma fonte adicional de receitas que contribui de uma forma significativa em seus resultados“, comenta José Geraldo da Silveira Mello, diretor de máquinas agrícolas da Coopercitrus.

Palha da cana: enfardamento e logística

A Coopercitrus, na FEACOOP 2015, quer mostrar aos produtores rurais uma dinâmica em que é possível observar e adquirir o processo de recolhimento e logística da palha com a apresentação das máquinas: Colhedora de cana-de-açúcar modelo BE 1035, Valtra, Enfardadora 2270 XD, Challenger, Aleiradorchallenger modelo 5130, Transbordo modelo BE 1100, Valtra, Manipulador telescópico modelo 541/70, JCB, Carreta recolhedora de fardos retangulares, Anderson.

A palha da cana retirada do solo é uma energia limpa, renovável e sustentável, com a melhor relação custo benefício na produção de eletricidade. A biomassa é uma opção para a falta de energia que o país enfrenta em tempos de estiagem, já que os 4,5 milhões de hectares de cana-de-açúcar do Estado de São Paulo têm capacidade de produzir 46% da demanda da Usina Hidroelétrica de Itaipu, a maior geradora de energia limpa do planeta.

A geração de energia através da palha pode impactar de maneira importante os resultados das usinas e de produtores de cana, bem como, ser alternativa viável no atendimento da demanda energética do Brasil. O diretor de marketing e financeiro da Coopercitrus, Fernando Degobbi, acredita que o processo é o futuro da geração de energia. “É uma fonte de biomassa que tem viabilidade para geração de energia. É renovável, uma energia limpa e está no principal polo consumidor do país, que é o estado de São Paulo. O que a gente precisa e o que a FEACOOP vai fazer, é chamar a atenção de líderes do setor, políticos e da sociedade, que esse trabalho de viabilidade da palha como fonte de biomassa para fonte de energia tem todas as condições de dar um bom resultado para o país“.

 

Polo de Agricultura de Precisão

No Polo, os agricultores terão a oportunidade de conhecer e acompanhar as demonstrações que apresentarão as mais inovadoras soluções tecnológicas, que podem auxiliar o produtor a alcançar uma maior produtividade de forma sustentável e, consequentemente, aumentar a rentabilidade.

Serão apresentados: Fazenda conectada, que permite o agricultor acompanhar do seu escritório, em tempo real, os trabalhos das máquinas, podendo avaliar a eficiência, as horas trabalhadas, diagnosticar anomalias, problemas de biomassa e, consequentemente, encontrar soluções. Vant, através de imagens,mapea falhas de plantio, anomalias e projetos de linha, gerando um mapa ao produtor rural; Quadriciclos para amostragem de solo,esse implemento trabalha para uma eficiente coleta de amostras de solo. Após a realização das análises, são gerados mapas de fertilidade que permitem visualizar e avaliar graficamente as condições químicas e físicas do solo;Plantadeira com desligamento automático, controle de população e monitoramento de sementes, a plantadeira vem equipada de tecnologias essenciais que evitam o desperdício de sementes: o sistema TRUCOUNT, que faz o desligamento automático em linhas em que as sementes já foram depositadas; o RAWSON, que efetua o controle de população de sementes, despejando a quantidade solicitada pelos produtos; Pulverizador com desligamento automático de seções, composto por GPS com desligamento automático de seções que não permite que a aplicação seja duplicada em uma mesma área ou que se tenha desperdício de produtos em áreas que não necessitam de aplicação;Esparramadeira com taxa variávelpossui sistema de distribuidor de calcário à taxa variável, que permite o controle da quantidade de produto depositado de acordo com a necessidade do soloe o Quadriciclo de aplicação de defensivos quepossui um sistema inteligente, o WeedSeeker, que aplica o produto diretamente nas plantas daninhas, ou seja, conseguindo identificar a cor verde. Evita desperdício com aplicações desnecessárias no solo ou em lugares que não precisam de aplicação.