22.9 C
Uberlândia
segunda-feira, julho 22, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioArtigosGrãosFemec traz novidades para a agricultura

Femec traz novidades para a agricultura

Realizada no Parque de Exposições do Camaru, em Uberlândia (MG), o evento deve reunir especialistas e produtores rurais

FEMEC
FEMEC ” Crédito Maycon

Plantio de campos para demonstração de material genético e insumos agrícolas será uma das novidades da 4ª edição da feira de máquinas agrícolas promovida pelo Sindicato Rural de Uberlândia.

O Sindicato Rural de Uberlândia realizará, com patrocínio do Sebrae, a 4ª edição da Femec ” Feira do Agronegócio do Estado de Minas Gerais. O evento acontecerá de 24 a 27 de março de 2015, no Parque de Exposições Camaru, em Uberlândia (MG), com foco estritamente comercial. A feira funcionará das 8 às 20 horas, com entrada franca e estacionamento gratuito. A novidade, para este ano, será a demonstração de tecnologia aplicada à cultura de grãos em áreas de plantio dentro do parque.

Exposição de tecnologia

A Femec recebe as principais marcas de máquinas, equipamentos, implementos agrícolas, veículos utilitários, sementes e fertilizantes. Produtores rurais de médio e grande porte e os da agricultura familiar de várias partes do País visitam a feira para fazer negócios. “Eles se beneficiam da possibilidade de investir em tecnologia avançada em condições iguais às encontradas nas demais feiras do Brasil“, afirma João Semenzini, coordenador geral do evento. “O agricultor mineiro fará na Femec a sua melhor compra do ano“, garante.

A presença de instituições financeiras públicas e privadas garante aos visitantes orientações sobre crédito rural e acesso a financiamentos adequados para cada perfil de investidor.

Em 2014, a Femec movimentou mais de R$ 200 milhões com a participação de 109 empresas. O número de visitantes ultrapassou 23 mil pessoas. Neste ano, o evento terá ainda atividades complementares visando oferecer mais atrativos para os visitantes.

Campos demonstrativos

Os campos demonstrativos da Femec 2015 servirão para apresentar as características de sementes de alta produtividade e de insumos destinados à agricultura. Uma área de sete mil m² foi dividida em 10 plots, onde já foram plantados híbridos de milho e variedades soja e sorgo. Durante a feira serão apresentados os resultados de produtividade, adaptação de diferentes materiais, além de manejo para controle de pragas.

Programa de palestras

A feira oferecerá amplo programa gratuito de cursos, clínicas tecnológicas e palestras durante os quatro dias. Profissionais de instituições parceiras abordarão temas atuais ligados à agricultura, agroindústria, bovinocultura, equinocultura e piscicultura.

Feirão Mais Alimentos

O Ministério do Desenvolvimento Agrário estará na Femec com o programa Mais Alimentos. A iniciativa visa fomentar a produção agrícola, por meio de financiamento de projetos de investimento para modernização das propriedades. Um feirão com oferta de produtos específicos para o agricultor familiar será montado no local.

Campos de soja, sorgo e milho estão plantados no parque Camaru - Foto Clécio Duarte
Campos de soja, sorgo e milho estão plantados no parque Camaru – Foto Clécio Duarte

Pró-Genética e Pró-Fêmeas

A Femec receberá, neste ano, mais uma edição do Pró-Genética, Programa de Melhoria da Qualidade Genética do Rebanho Bovino do Estado de Minas Gerais. Uma feira de touros PO (Puro de Origem) será montada para venda financiada de animais com alto padrão genético.

Nesta modalidade de comercialização, compradores negociam com vendedores sem intermediários. Nos mesmos moldes do Pró-Genética, neste ano a feira terá o Pró-Fêmeas, visando ofertar bovinos do sexo feminino entre 16 e 60 meses geneticamente superiores.

Feirão Cavalos & Cia

Uma feira para comercialização direta de equinos durante a Femec será montada no Tatersal de Elite do parque. As negociações ocorrerão sem realização de pregão ou pagamento de comissão com possibilidade de parcelamento do pagamento.

Mostra de Piscicultura

A ação visa estimular empresários, piscicultores, pescadores artesanais e esportivos, técnicos e consultores por meio de apresentação de palestras e demonstração de peixes, equipamentos e insumos destinados à atividade.

Essa matéria você encontra na edição de março da revista Campo & Negócios Grãos. Adquira a sua.

ARTIGOS RELACIONADOS

Genética – Gargalos ainda existem

  Luiz Jorge da Gama Wanderley Junior Engenheiro agrônomo e diretor-gerente da Hortivale luizjorge@hortivale.com.br Roberto de Albuquerque Melo Professor de Horticultura Geral da UFRPE   A comunidade científica tem se dedicado...

Neem – A arma contra lagartas do tomateiro

Janaina Marek Engenheira agrônoma, mestre e doutoranda em Produção Vegetal - Universidade Estadual do Centro-Oeste janainamarek@yahoo.com.br Edina Costa Delonzek Bióloga e mestranda em Produção Vegetal - Universidade Estadual...

Qual a ação dos fertilizantes organominerais na beterraba?

Autores Júlio César Ribeiro Engenheiro agrônomo e doutor em Agronomia/Ciência do Solo) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) jcragronomo@gmail.com Carlos Antônio...

Hérnia das crucíferas é sério problema em repolho

  Hélcio Costa José Aires Ventura Pesquisadores do Incaper A hérnia das crucíferas é uma doença causada pelo fungo de solo Plasmodiophora brassicae, que sobrevive por muitos anos...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!