25.6 C
Uberlândia
quarta-feira, junho 19, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioArtigosGrãosFertilizantes especiais - Um novo patamar de produtividade

Fertilizantes especiais – Um novo patamar de produtividade

 

Vinícius Teixeira Lemos

Doutor em Fitotecnia pela Universidade Federal de Lavras, consultor e palestrante na área de cafeicultura, fertilidade do solo e nutrição de plantas

lemosvt@yahoo.com.br

Dalyse Toledo Castanheira

Doutoranda em Fitotecnia pela Universidade Federal de Lavras

dalysecastanheira@hotmail.com

Estevam Antonio Chagas Reis

Mestrando em Fitotecnia pela Universidade Federal de Lavras

estevamreis@outlook.com

 

Fertilizantes especiais - um novo patamar de produtividade - Créditos Shutterstock
Fertilizantes especiais – um novo patamar de produtividade – Créditos Shutterstock

Fertilizantes especiais podem ser utilizados em substituição aos fertilizantes minerais convencionais ou associados ao mesmo com objetivo de fornecer de forma eficaz e equilibrada nutrientes às culturas.

A utilização desse tipo de fertilizante tem por finalidade reduzir as perdas de nutrientes, proporcionando maior eficiência do mesmo e disponibilização gradual dos nutrientes à planta, além de melhorar as propriedades físicas do solo (estruturação, armazenamento de água e drenagem interna nos microporos no solo) e favorecer a diminuição da variação brusca de temperatura do solo que interferem nos seus processos biológicos e na absorção de nutrientes pelas plantas.

Fertilizantes organominerais

Quando comparado às fontes minerais solúveis, o fertilizante organomineral apresenta um potencial químico reativo relativamente inferior, porém, sua solubilização é gradativa no decorrer do período de desenvolvimento da cultura, podendo levar a uma eficiência agronômica maior.

A utilização de fertilizantes organominerais contribui ainda para o enriquecimento gradual do solo com macro e micronutrientes essenciais às plantas e aumento gradativo do teor de matéria orgânica; embora, para que haja acréscimo da mesma, as condições ambientais do local devem ser levadas em consideração.

Seus principais efeitos são sobre as propriedades físico-químicas do solo, com a melhoria na adsorção de nutrientes, que é a retenção físico-química de cátions, diminuindo, em consequência, a lixiviação de nutrientes causada pela chuva ou pela irrigação; e o aumento gradativo da capacidade de troca de cátions a pH 7,0 (CTC potencial ou T) do solo, melhorando indiretamente sua fertilidade.

Além de diminuir a formação de precipitados de fósforo com Fe+² (fosfato ferroso) e com Al+³ (fosfato de alumínio) e, consequentemente, diminuir também a adsorção do ânion PO4 no solo.

Os principais efeitos sobre as propriedades biológicas do solo são o aumento na biodiversidade de microrganismos úteis, que agem na solubilização de fertilizantes diversos de maneira a liberar nutrientes para as plantas; e o aumento na quantidade de microrganismos que auxiliam no controle de nematoides.

 

Biofertilizante

O biofertilizante é um subproduto obtido a partir da fermentação anaeróbica (sem a presença de ar) de resíduos da lavoura ou dejetos de animais na produção de biogás. Sob forma líquida, o biofertilizante contém uma complexa composição de nutrientes essenciais às plantas (principalmente N e P), atuando como fertilizante e também como defensivo agrícola, erradicando pragas, doenças e insetos.

Com um pH básico (aproximadamente 7,5), o biofertilizante também atua como corretivo de pH do solo. Além de não propagar mau cheiro e não ser poluente, a obtenção dos biofertilizantes não apresenta custo, quando comparado aos fertilizantes químicos.

A utilização de biofertilizantes favorece a multiplicação de microrganismos e aumenta a porosidade, permitindo maior penetração do ar nas camadas mais profundas até as raízes, atuando também como corretivo de solo. É de extrema importância salientar que a utilização de biofertilizantes provenientes de dejetos animais é proibida, especialmente na aplicação sobre hortaliças que são consumidas cruas.

 

Os fertilizantes especiais podem fazer a diferença no resultado produtivo da lavoura - Créditos Shutterstock
Os fertilizantes especiais podem fazer a diferença no resultado produtivo da lavoura – Créditos Shutterstock

Condicionadores de solo

Condicionadores são produtos que promovem a melhoria das propriedades físicas, físico-químicas ou da atividade biológica do solo. Embora seja mais utilizado como fonte de Ca+² e Mg+², no caso do cultivo do eucalipto, o calcário enquadra-se também como condicionador do solo, já que altera algumas propriedades físico-químicas do solo, como a acidez, a capacidade de troca de cátions e a estrutura do solo, entre outras.

O resíduo da fabricação de fertilizantes fosfatados solúveis em água, conhecido como gesso agrícola ou fosfogesso, também se enquadra na categoria de condicionador do solo por promover alterações químicas no solo, principalmente nas camadas subsuperficiais, favorecendo o desenvolvimento das raízes em profundidade.

 

Essa matéria completa você encontra na edição de março da revista Campo & Negócios Grãos. Adquira a sua para leitura completa.

ARTIGOS RELACIONADOS

Exportações dos Cafés do Brasil batem recorde histórico

Apesar da pandemia de Covid-19 e seus respectivos impactos na economia global, com a adoção de medidas de prevenção em diversos países, as exportações dos Cafés do Brasil no ano de 2020 atingiram o maior volume de sua história

Drone – O futuro da silvicultura já chegou

  Objeto voador consegue mapear grandes áreas agrícolas rapidamente. Equipado com computador e GPS consegue fazer sobrevoos precisos. Um espião particular para vistoriar, vigiar e tomar...

Nova forma de condução da pimenta-do-reino

Luiz Augusto Lopes Serrano Pesquisador da Embrapa Agroindústria Tropical luiz.serrano@embrapa.br Inorbert de Melo Lima Pesquisador do Incaper - CRDR Centro Norte inorbert@incaper.es.gov.br Várias espécies do gênero Eucalyptus são...

Mudas de qualidade é com a Flora Brasil

O Viveiro Flora Brasil é especialista na cultura do maracujá há mais de 30 anos, e já produziram mais de 100 milhões de mudas de todas as cultivares plantadas no Brasil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!