23.3 C
São Paulo
segunda-feira, julho 4, 2022
- Publicidade -
-Publicidade-
Inicio Revistas Hortifrúti Fertilizantes organominerais - Resposta do tomateiro estaqueado ao Fertium® Phós

Fertilizantes organominerais – Resposta do tomateiro estaqueado ao Fertium® Phós

Walmir Magalhães – ATV Bio Soja

Daniela Vitti – Coordenadora Técnica Brasil

Paulemar Fernandes – Terra Agrícola, Caratinga (MG)

Renato Brandão, Gestor Agronômico Bio Soja

Daniel Arruda – RTV Bio Soja

 

Foto 01O tomateiro (Solanum lycopersicum) é uma das culturas mais importantes no Brasil devido a sua importância socioeconômica tanto para o comércio dos frutos in natura quanto para a indústria de processamento. É a segunda hortaliça em área cultivada e a primeira em volume total de produção considerando os dois tipos de cultivos, estaqueado e rasteiro.

É uma cultura que possui uma ampla complexidade agronômica. É muito exigente em nutrientes e necessita de um rígido controle fitossanitário. Quando bem manejada, a cultura do tomateiro estaqueado proporciona boa lucratividade aos produtores rurais.

Dentro deste contexto, a utilização dos fertilizantes organominerais na tomaticultura é uma opção viável economicamente com o objetivo de aumentar a produtividade e a melhoria da qualidade dos frutos do tomateiro.

O que é fertilizante organomineral?

Fertilizante organomineral, como o próprio nome diz, é uma mistura dos compostos orgânicos com fertilizantes minerais. O Fertium® Phós é um fertilizante organomineral com altos teores de substâncias húmicas e enriquecido com nitrogênio e fósforo (Tabela 1).

Tabela 1. Garantias e dados técnicos do Fertium® Phós.

Parâmetros

Índice

Colocar a figura da embalagem

N total

3%

Fósforo (P2O5)

15%

Carbono orgânico total (COT)

11%

Capacidade de troca catiônica (CTC)

500 mmolc/kg

Umidade máxima

20%

Cor

Escura

Odor

Inodor

Natureza física

Farelada

Benefícios do Fertium® Phós

Conforme comentado anteriormente, o Fertium® Phós possui uma fração orgânica e uma mineral constituída pelo nitrogênio e fósforo. As substâncias húmicas do Fertium® Phós são as frações mais ativas da matéria orgânica e conferem uma série de benefícios às plantas e aos solos.

Os principais benefícios das substâncias húmicas são:

  • Estimulam o desenvolvimento do sistema radicular do tomateiro, proporcionando maior absorção de água e nutrientes. Os efeitos das substâncias húmicas são similares aos proporcionados pelas auxinas;
  •  Conferem maior resistência das plantas aos estresses ambientais, tais como, déficit hídrico e variações bruscas na temperatura;
  •  Promovem maior desenvolvimento vegetativo do tomateiro;
  • Redução na fixação do P, aumentando a disponibilidade deste nutriente ao tomateiro;
  • Redução nas perdas do Ca, Mg e K por lixiviação. Ocorre aumento na CTC da camada do solo aonde foi aplicado o Fertium® Phós.
  • Estimulam a atividade dos microrganismos benéficos às plantas fornecendo substâncias húmicas, ácidos orgânicos e outros compostos que servem de fonte de energia e de nutrientes.
  • Proporcionam aumento na produtividade das culturas.

Em sistemas de cultivo intensivo com híbridos com alto potencial produtivo é necessário a aplicação de altas doses de nutrientes. É usual a aplicação de até 1.000 kg/ha de P2O5 no plantio e na amontoa do tomateiro estaqueado.

Entretanto, a maior parte dos fertilizantes minerais tem a capacidade de salinizar os solos, comprometendo o potencial produtivo das plantas. Uma das melhores opções para o fornecimento de altas doses dos nutrientes é via fertilizantes organominerais. As substâncias hímicas destes fertilizantes minimizam a salinização dos solos.

 Foto 02

Ensaio de campo com o Fertium® Phós

Foi realizado um experimento para a avaliação do Fertium® Phós na cultura do tomateiro estaqueado (Tabela 1).  O experimento foi instalado na Fazenda dos Paula, no município de Piedade de Caratinga, Minas Gerais, pertencente a Geraldo Magela de Souza.

O preparo do solo foi realizado de forma convencional, aplicando-se o calcário a lanço em área total e um calcário com maior PRNT no sulco de plantio na dose de 150 g/metro linear. A variedade utilizada foi a Ellen com espaçamento de 1,2 x 0,6 m. O teor de K no solo era muito alto (K Mehlich-1 = 290 mg/dm3).

 Fertium Phós_FINAL

Essa matéria completa você encontra na edição de maio da revista Campo & Negócios Hortifrúti. Adquira a sua para leitura integral!

 

Inicio Revistas Hortifrúti Fertilizantes organominerais - Resposta do tomateiro estaqueado ao Fertium® Phós