23.3 C
São Paulo
sexta-feira, julho 1, 2022
- Publicidade -
-Publicidade-
Inicio Revistas Grãos Fosfitos reduzem a severidade das doenças dos grãos

Fosfitos reduzem a severidade das doenças dos grãos

 

Wesley Devair Bittencourt Machini

Engenheiro agrônomo da AgroBR Consultoria Agrícola

wdevair@hotmail.com

Crédito Cristiano Soares
Crédito Cristiano Soares

Os fosfitos são uma grande inovação, pois possuem em sua composição o fósforo (P), essencial para o desenvolvimento e crescimento das plantas. Esse elemento é absorvido na forma química H2PO4, sendo o fosfato (PO4) uma exclusiva fonte de fósforo para as plantas.

O fósforo é extremamente importante para o desenvolvimento inicial das plantas, uma vez que está ligado diretamente ao equilíbrio energético e ao desenvolvimento radicular. O fosfito, quando aplicado às plantas, é absorvido rapidamente por elas, por meio de suas estruturas radiculares, pois possui uma grande mobilidade na fisiologia da planta, atingindo rapidamente os locais que apresentam sintomas de deficiência desse nutriente.

Nesse sentido, o fosfito se torna uma fonte de combate aos fungos, pois tem ação fungistática e consegue retardar o desenvolvimento no crescimento micelial e atrasar a formação de colônias. Ele ainda diminui a incidência desses patógenos, retardando o seu desenvolvimento.

Estudos mostram que as características ácidas dos fosfitos conseguem interferir no desenvolvimento de diversos agentes patogênicos.

Proteção a partir da planta

Crédito Shutterstock
Crédito Shutterstock

Na utilização do fosfito, a planta consegue obter a capacidade estimulativa de produzir fitoalexinas. Essas são sintetizadas nas inclusões citoplasmáticas que ficam localizadas próximas ao local de penetração do patógeno.

A ação defensiva por fungos acontece por uma desorganização celular, rompendo a membrana plasmática e inibindo as enzimas fúngicas. Devido a esses efeitos, o patógeno tem sua germinação inibida, a elongação do tubo germinativo, impedida e o crescimento micelial, dificultado. As fitoalexinas são compostas por antimicrobianos de massa molecular baixa, sintetizada e acumulada nas plantas após estresses químico, físico ou biológico e são capazes de impedir e reduzir a atuação de agentes patogênicos.

Uma planta bem nutrida possui menor chance de ser atacada por diversos patógenos e oferece maior resistência.

Contra doenças

Com a utilização dos fosfitos, o tempo de espera entre a solubilidade no solo e a absorção do nutriente pela planta é reduzido drasticamente. Enquanto a aplicação de fósforo via solo demora dias para solubilizar e reagir na planta, a utilização desse elemento via fosfitos acontece em poucas horas, em alguns casos, de duas até 40 horas após a sua aplicação.

A aplicação é sistêmica e se transloca para todas as partes da planta. Possui, ainda, máxima solubilidade e mobilidade, atuando rapidamente na correção da deficiência de fósforo.

Diante disso, a utilização do fosfito na lavoura promove a interação dos nutrientes com a planta, o que amplia a velocidade de recuperação da planta devido a algum estresse sofrido ou a algum momento em que o vegetal mais precise desse nutriente.

Com o cultivo continuado de áreas, faz-se necessário repor satisfatoriamente esses índices perdidos em razão de diversos fatores. Tornou-se frequente, assim, o aparecimento de deficiências minerais que muitas vezes são corrigidas eficientemente mediante pulverizações foliares, enquanto as aplicações dos elementos no solo não dão resultados satisfatórios com alta rapidez.

Mais vantagens

Os fosfitos foram introduzidos no mercado de fertilizantes na década de 1970 e ganharam espaço nos últimos anos porque algumas características foram observadas, dentre elas a capacidade de fornecer rapidamente nutrientes às plantas, mostrando eficiência no controle de várias doenças causadas por patógenos.

Acredita-se que isso aconteça devido à alta concentração de potássio, pois adubações via foliar ricas nesse nutriente reduzem a severidade de muitas doenças. Os ganhos em produtividade são de rápida apreciação, pois a utilização do fosfito de potássio poderá ajudar no enchimento de grãos, no fortalecimento dos frutos e na melhora geral no aspecto fisiológico da planta.

 

Essa matéria completa você encontra na edição de Novembro da revista Campo & Negócios Grãos. Clique aqui para adquirir já a sua.

 

Inicio Revistas Grãos Fosfitos reduzem a severidade das doenças dos grãos