32 C
Uberlândia
quarta-feira, novembro 8, 2023
- Publicidade -
InícioMercadoGrupo Bio Soja adquire a Samaritá

Grupo Bio Soja adquire a Samaritá

 bio soja

Com cinco unidades industriais localizadas no Estado de São Paulo, o Grupo Bio Soja comprou a Samaritá, de Artur Nogueira – SP, empresa que faturou R$ 52 milhões em 2014

O Grupo Bio Soja, agora com seis unidades industriais que fabricam 200 produtos voltados ao mercado de insumos para diversas culturas e nutrição animal, concluiu em dezembro a aquisição da Samaritá, de Artur Nogueira (SP), empresa que faturou R$ 52 milhões e tinha como principal destaque a produção de fertilizantes para a área citrícola. A marca da empresa, com divisões agrícola e química, será mantida e o objetivo é fazê-la crescer.
A compra da empresa,  que passa a ser a sexta unidade industrial da companhia ” as outras estão localizadas em São Joaquim da Barra (2), Serrana (2) e Ituverava – abre espaço para uma maior internacionalização do Grupo Bio Soja a partir de 2015. Isto porque a Samaritá possui vendas regulares para países da América Latina, abrindo novas oportunidades e sinergias para o grupo no Brasil e no exterior.imagem_release_364695
Além deste maior foco no mercado externo, o Grupo Bio Soja coloca em prática a partir de 2015 um plano de negócios com investimentos na ordem de R$ 10 milhões.  Ele contempla a melhoria da governança corporativa, incluindo a atração de profissionais do mercado, como ocorreu agora com a contratação de dois novos gerentes para a Samaritá, uma maior atenção à gestão e investimentos em novos equipamentos e nas instalações industriais.
Criado em 1971, o Grupo Bio Soja possui hoje cerca de 500 colaboradores e vendas anuais na ordem de R$ 400 milhões.  Dedicado à produção de insumos de alta tecnologia para a agricultura moderna, conta com dezenas de produtos nas linhas de fertilizantes fluidos, inoculantes, sais, acaricidas, adjuvantes, condicionadores de solo e fertilizantes organominerais, entre outros. O Grupo conta com moderno e completo laboratório próprio e certificados de qualidade, bem como equipe de agrônomos e assistentes técnicos integrados com clientes e a cadeia do setor.

ARTIGOS RELACIONADOS

Adjuvantes – Por que usá-los?

  Rone Batista de Oliveira rone@uenp.edu.br Marco Antonio Gandolfo Professores e doutores do Núcleo de Investigação em Tecnologia de Aplicação de Agroquímicos e Máquinas Agrícolas (NITEC) da Universidade...

Congresso ANDAV apresenta soluções específicas para o clima tropical

Evento tem início na próxima segunda-feira, dia 12 de agosto, em São Paulo O Congresso ANDAV – Fórum & Exposição, que começa na próxima segunda-feira, dia 12...

Satis foca na pesquisa e divulga seu portfólio para Manejo na Cultura do Café

A Satis participou pela oitava vez consecutiva do Congresso do Café e destacou seu programa completo para a cafeicultura, tanto na parte de nutrição...

Importância das mudas para a produção de uvas

  A muda é o carro-chefe do sucesso de um parreiral de alto potencial produtivo e de qualidade Comparativamente a outras culturas, na fruticultura é comum...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!