Grupo Lavoro anuncia aquisição da Sollo Sul Insumos Agrícolas

0
209
Reprodução

Dando continuidade ao seu projeto de expansão no Brasil, a Lavoro, maior distribuidora e redistribuidora de insumos agrícolas da América Latina, acaba de anunciar a aquisição da Sollo Sul Insumos Agrícolas*. Com a operação, a companhia passa a contar com 50 lojas somente no Paraná, consolidando sua liderança de mercado no País.

A nova investida está presente em seis cidades paranaenses: Pato Branco, Verê, Laranjeiras do Sul, Realeza, Capanema e Quedas do Iguaçu. Em Campo Erê, no oeste de Santa Catarina, mantém uma loja de insumos e um depósito de fertilizantes e sementes. Já a Dissul, operação de redistribuição da Sollo Sul, possui duas unidades, uma em Pato Branco (PR) e outra em Campo Erê (SC).

Fundada em 1991, a Sollo Sul é sólida, tradicional e trabalha com um vasto portfólio produtos. Atualmente, atende mais de 5 mil produtores rurais, uma base de clientes em franca expansão. “A transação marca a consolidação da Lavoro no Paraná e amplia nossa atuação no oeste de Santa Catarina. Com a Dissul, também reforçamos nossa operação de redistribuição”, explica Ruy Cunha, CEO da Lavoro.

“Estamos muito felizes com a chegada da empresa ao grupo Lavoro, e em poder contar com toda sua equipe, composta por mais de 145 colaboradores. Como continuidade do negócio, já trabalhamos com a expectativa de inauguração de seis novas lojas até 2025”, ressalta Cunha.

A aquisição da Sollo Sul Insumos está alinhada à estratégia de negócios do grupo Lavoro, que contempla o crescimento orgânico, por meio da abertura de novas lojas, e a incorporação de empresas que tenham sinergia com a companhia. “A investida possui um market share atual estimado em ~6% na região sudoeste do Paraná. O plano é dobrar este indicador em cinco anos”, reitera o executivo.

Entre as aquisições e fusões realizadas desde 2017 para a formação da Lavoro estão as seguintes redes: Lavoro Agrocomercial, Impacto Insumos Agrícolas, Agrovenci, Central Agrícola, América Insumos, AGSE (Colômbia), Grupo Cultivar, Denorpi, Deragro, Futuragro, Gral (Colômbia), Integra Insumos, Grupo Pitangueiras, Plenafértil, Produtec, Qualicitrus, Realce, Produttiva, Cenagro (Colômbia), AgroZap, Nova Geração, Provecampo (Colômbia), Floema*, Casa Trevo* e CATR*. Na América Latina, mais de 3 mil colaboradores são empregados por empresas que fazem parte da Lavoro.

* As operações ainda estão sujeitas à finalização de condições precedentes e aprovação do órgão regulador local.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!