16.6 C
Uberlândia
terça-feira, maio 28, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioArtigosHOLDING FAMILIAR: qual a sua importância

HOLDING FAMILIAR: qual a sua importância

Leia a coluna Pensando Estrategicamente, por Antônio Carlos de Oliveira.

Pensando Estrategicamente
por Antônio Carlos de Oliveira.

Texto publicado originalmente no Diário de Uberlândia

Antônio Carlos de Oliveira/Reprodução

Holding é uma estrutura empresarial utilizada por muitos empreendimentos para gerenciar seus ativos e patrimônio de forma mais eficiente, principalmente por famílias com relação à sucessão, à proteção patrimonial e à perpetuidade dos bens

Holding é uma palavra em inglês ligada ao verbo “to hold”, que significa manter, guardar, segurar e controlar.  Sendo assim, é um modelo de negócio cujo objetivo é controlar outras companhias, que podem ser de diferentes setores. Apesar disso, geralmente, uma holding segue um padrão, sobretudo do ponto de vista do potencial de crescimento e estabilidade.

A Holding Familiar desempenha um papel fundamental na sucessão de negócios e patrimônio de uma família. Facilita a transferência de ativos de uma geração para a próxima, permitindo que os mais jovens da família se envolvam gradualmente em negócios e adquiram experiência antes de assumir o controle total dos negócios da família.

Blindagem Patrimonial – A Holding Familiar pode ser usada para proteger o patrimônio da família contra ameaças potenciais, como litígios, credores ou riscos empresariais. Ajuda a mitigar riscos financeiros, pois as dívidas e obrigações comerciais não afetam diretamente os ativos pessoais dos membros da família.

Perpetuidade dos Bens Familiares – A Holding Familiar pode contribuir para a perpetuidade do patrimônio familiar. Ao criar um plano de sucessão claro e garantir a continuidade dos negócios, a Holding ajuda a preservar a riqueza da família e a garantir que ela beneficie as gerações futuras.

Reflitam comigo: características de uma Holding:

Detenção de Participações Acionárias – A principal função de uma Holding é impedir participações acionárias ou de propriedade em outras empresas, conhecidas como subsidiárias.

Controle e Gestão – A Holding geralmente exerce controle estratégico sobre suas subsidiárias, influenciando suas políticas e decisões. Ela pode nomear diretores ou conselheiros nas subsidiárias para garantir que os interesses da Holding sejam atendidos.

Diversificação – As Holdings muitas vezes possuem várias participações em diferentes setores ou indústrias, o que permite uma diversificação de riscos.

Economias de Escala – As Holdings podem aproveitar economias de escala na gestão de diversas empresas, compartilhando recursos e conhecimentos em áreas como contabilidade, jurídico, recursos humanos e marketing.

Redução de Riscos – Ao limitar a responsabilidade financeira da Holding nas subsidiárias, ela pode ajudar a proteger o patrimônio da família ou dos acionistas.

Existem vários tipos de participações, cada uma com características específicas que atendem a diferentes necessidades e estratégias de negócios:

Holding Pura – A Holding Pura é uma empresa cujo principal objetivo é impedir participações acionárias em outras empresas (subsidiárias).

Geralmente não se envolve diretamente nas operações subsidiárias das participantes, focando apenas na gestão e controle das participações.

Ao contrário da Holding Pura, a Holding Operacional desempenha um papel ativo na gestão e operação das subsidiárias.

Holding Financeira – Uma Holding Financeira é voltada principalmente para investimentos financeiros.

Holding familiar – Uma Holding Familiar é propriedade e controlada por membros de uma mesma família.

Holding de Controle – É uma holding que detém uma parcela majoritária (mais de 50%) das ações de uma empresa, ou que confere controle absoluto sobre essa empresa.

Holding Mista – A Holding Mista combina características de diferentes tipos de participações.

Holding de Participações Cruzadas – Este tipo de holding envolve diversas empresas que realizam ações uma da outra, criando uma rede de participações cruzadas.

Holding de Propósito Específico (SPE) -Uma Holding SPE é criada para fins específicos, como a realização de um projeto único ou aquisição de ativos específicos.

Holding Internacional – Holdings condicionais em jurisdições estrangeiras para aproveitar benefícios fiscais, proteção de ativos ou facilitar transações globais.

Participação em Private Equity – Empresas de private equity frequentemente criam participações para dissuadir participações em diversas empresas de portfólio.

Holding de Imóveis – Especializada em investimentos imobiliários, detendo propriedades comerciais, residenciais ou industriais.

Holding de Marca – Foca na gestão e proteção de uma marca ou grupo de marcas.

Pensando estrategicamente: A constituição de uma holding não é um modismo, mas sim uma necessidade para se adequar à legislação e à globalização dos negócios. Simplificando Soluções Patrimoniais e Sucessórias. No Brasil, a constituição de holdings tem sido uma alternativa importante para simplificar questões relacionadas a patrimônio, heranças e sucessões, tornando a gestão mais eficiente e organizada.

Facilitação da Gestão Empresarial: Uma holding é uma empresa que mantém participação acionária em uma ou mais empresas, o que facilita a gestão de múltiplos empreendimentos, especialmente em um contexto globalizado de negócios.

Planejamento Sucessório: A holding patrimonial familiar tem se destacado no direito nacional, sendo uma ferramenta importante para o planejamento sucessório, garantindo a continuidade das empresas familiares.

Enfrentar a Globalização: Em um mundo cada vez mais globalizado, a constituição de uma holding é fundamental para enfrentar e conviver criativamente com os desafios impostos pela globalização dos negócios, permitindo uma estrutura mais adaptável e eficiente.

Redução de Custos e Continuidade: As holdings patrimoniais simplificam o planejamento sucessório, reduzem custos e garantem a continuidade das organizações, especialmente em cenários de transições familiares ou empresariais.

Portanto, a constituição de uma holding não deve ser vista como uma moda passageira, mas sim como uma estratégia sólida e necessária para a gestão eficiente de patrimônio, negócios e planejamento sucessório, especialmente em um contexto globalizado.

ARTIGOS RELACIONADOS

E2G: vantagens e seu impacto nas demandas do aço

CEO da Krominox aponta um cenário promissor à indústria de energia limpa para os próximos anos no país, que tem no aço inoxidável uma alternativa eficiente para as diversas etapas de seu processo produtivo.

Vantagens do protetor solar para HF

A exposição excessiva aos raios solares sem proteção prejudica a saúde, e isso todo mundo sabe.

Quais as vantagens do mulching para a banana?

O mulching na produção de bananas é uma estratégia inteligente para colher benefícios de sobra

Vantagens da enxertia no tomateiro

A enxertia no tomateiro não apenas fortalece as plantas, mas também amplia as vantagens agronômicas, impulsionando a produtividade e resistência a doenças.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!