18.1 C
São Paulo
segunda-feira, agosto 8, 2022
-Publicidade-
Inicio Revistas Hortifrúti IBD Certificações - Garantia de qualidade e satisfação

IBD Certificações – Garantia de qualidade e satisfação

IBD na Hortitec 2015 - Créditos Luize Hess
IBD na Hortitec 2015 – Créditos Luize Hess

 

A IBD Certificações é uma empresa que trabalha com a certificação de produtos de origem agrícola, desde o alimento até o insumo utilizado pelo produtor. “Temos uma linha diversa de produtos que são certificados para atender a agricultura. A importância dessa certificação é a segurança e garantia de qualidade. O produto vai com a garantia de que pode ser usado na produção orgânica, o que para os produtores orgânicos é muito importante. Além disso, agrega-se um conceito de qualidade ao insumo, que envolve desde a produção, controle de compra de matéria-prima, até o controle de qualidade do processo em si“, aponta Álvaro Garcia, engenheiro agrônomo e gestor do Programa de Aprovação de Insumos da IBD Certificações.

A certificação dos insumos aborda a questão da produção orgânica (a possibilidade de uso do insumo), e também a qualidade que está relacionada ao processo produtivo. Assim o produtor fica assegurado, seja sobre o teor de NPK ou nutriente, seja para controle de determina espécie de praga, de que realmente terá o resultado esperado.

O processo

Primeiramente a IBD Certificações faz a auditoria documental, que compreende uma análise de todo o processo produtivo de controle de qualidade que a empresa tem, com análises de laudos laboratoriais prévios que ela possui, e das fichas técnicas das matérias-primas utilizadas. Outra segurança é a de o produto ter registro no Ministério da Agricultura e Pecuária (MAPA), no Ibama ou Anvisa.

A segunda etapa envolve a auditoria in loco, no processo produtivo do insumo, verificando como a empresa trabalha em relação à qualidade, a origem das matérias-primas utilizadas, se de fato o produto cumpre o que promete. Por fim, se houver necessidade, é realizada a coleta de amostra de insumo para fazer análise em laboratório.

Álvaro Garcia esclarece que, para ser utilizado na agricultura orgânica, o adubo deve atender às exigências legais e ter registro para a sua comercialização, ou seja,as matérias-primas utilizadas precisam ser permitidas para uso na agricultura orgânica. “Na linha de macronutrientes, por exemplo, é preciso que sejam de origem natural. A ureia, que é produzida a partir de reações químicas, não é permitida nesse sistema“, diz.

Álvaro Garcia, engenheiro agrônomo e gestor do Programa de Aprovação de Insumos da IBD Certificações Créditos Luize Hess
Álvaro Garcia, engenheiro agrônomo e gestor do Programa de Aprovação de Insumos da IBD Certificações Créditos Luize Hess

Normas seguidas

Os principais produtores orgânicos brasileiros exportam para o mundo inteiro, mas Álvaro Garcia lembra que cada país tem sua norma de produção orgânica, o que deve ser seguido à risca, e certificado, processo oferecido pela IBD Certificações.

Já para o produtor convencional, a questão que fica agregada ao selo do IBD é a qualidade de processo. “Temos a preocupação de avaliar o processo produtivo e o controle de qualidade da empresa, como o monitoramento da característica química do produto, verificar se as garantias mínimas realmente atendem ao que é estabelecido no registro do Ministério da Agricultura, controle de metais pesados e de microrganismos contaminantes“, detalha o gestor da empresa.

Clientes

O IBD já conta com 60 empresas certificadas e em processo de certificação, entre elas a Vale, Oxiquímica, Dow AgroSciences e Sumitomo, até pequenas empresas fabricantes de insumos. “Temos uma gama diversa de empresas, e além do Brasil, certificamos empresas no Peru e Chile. As empresas que trazem insumos para atender o mercado brasileiro procuram a IBD como forma de dar entrada no mercado“, finaliza Álvaro Garcia.

Essa matéria você encontra na edição de julho da revista Campo & Negócios Hortifrúti. Adquira a sua.

 

Inicio Revistas Hortifrúti IBD Certificações - Garantia de qualidade e satisfação