Inoculante biológico – Produtividade superior de 8,7 sc/ha de soja

Phós'Up é o inoculante biológico da Tradecorp com ação de solubilização de fósforo e promoção de crescimento, além do único com registro para inoculação via pulverização foliar.

0
68
Crédito Tradecorp

A Tradecorp, empresa brasileira parte do Grupo Rovensa, holding portuguesa líder em agricultura sustentável, lança o Phós’Up, um inoculante biológico capaz de incrementar a produtividade da cultura da soja em até 8,7 sacos por hectare. O produto é o primeiro do mercado com registro para aplicação por pulverização foliar.
O coordenador técnico da Tradecorp, Fernando Bonafé, explica que com a atual situação geopolítica mundial, ficou evidente a dependência do mercado agrícola brasileiro de insumos importados, em especial das tradicionais fontes de adubos de base (NPK). “A busca por alternativas aos adubos contendo NKP e novas tecnologias que auxiliem as plantas a otimizar o aproveitamento dos nutrientes aportados, se tornou foco das empresas de nutrição para auxiliar os produtores frente a atual situação de alta de preços e escassez dos fertilizantes”, diz.
“Os solos brasileiros, em sua maioria, são ácidos e nutricionalmente pobres, necessitando de adubações de base (NPK) pesadas anualmente para que possam ser cultivados”, comenta Fernando. Neste contexto, o fósforo (P) é um dos principais macronutrientes requeridos pelas culturas.
Ele é usado pelas plantas para a formação de ATP (trifosfato de adenosina), que é a principal fonte de energia para a realização de processos essenciais para as plantas como fotossíntese, divisão celular, transporte de fotoassimilados, dentre outros para que seja possível boas produtividades.
No solo, o fósforo tem dinâmicas diferentes conforme a forma em que se apresenta. Na forma inorgânica, de ânions fosfato, pode ser facilmente imobilizado no solo pelos processos de precipitação com cátions como Fe3+ e Al3+ ou adsorção pelos óxidos de ferro e de alumínio, ficando indisponível para as plantas.
Com o lançamento do Phós’Up, Fernando explica que é possível disponibilizar o fósforo do solo e otimizar seu aproveitamento, quando aportado ao solo na forma de adubos fosfatados. “A Tradecorp traz para o mercado brasileiro mais esta inovação biológica, que pode tornar as lavouras mais sustentáveis e produtivas. O inoculante biológico Phós’UP, formulado com a bactéria Pseudomonas fluorescens, possui alta aptidão para solubilizar o fósforo e promover o crescimento vegetal”, ressalta.

Resultados comprovados

Phós’Up foi extensamente testado e avaliado em todo o Brasil nas safras 2020 e 2021, e seu registro foi concedido para cultura da soja em janeiro de 2022. “Os resultados de registro comprovaram a eficiência do produto em duas formas de aplicação: no tradicional tratamento de sementes e em mais uma inovação que o produto traz que é a inoculação via pulverização foliar. É o primeiro produto do mercado a ter registro para este tipo de aplicação e uso”, relata Fernando.
O coordenador ainda afirma que o futuro da produção agrícola está cada dia mais no presente, com tecnologias biológicas inovadoras que nos permitem produzir mais com menos, de forma natural e sustentável. “Temos como objetivo disponibilizar ao mercado brasileiro tecnologias que promovam o maior potencial produtivo das culturas com sustentabilidade ambiental e econômica na melhor parceria com o produtor”.

Estudos com o Phós’Up

Os resultados de pesquisa realizados pelo IFGoiano (campus de Rio Verde – GO) mostraram diferença entre tratamentos de até 8,7 sasc/ha de produtividade na cultura da soja com a inoculação via pulverização foliar com Phós’UP. Na média geral dos trabalhos com o produto, houve um incremento de 5,0 sc/ha com a inoculação com Phós’UP.
Portanto, o uso destas tecnologias pode otimizar a aplicação dos adubos fosfatados e melhorar a nutrição pelo maior acesso ao fósforo no solo que estava indisponível para as plantas.
Pesquisas realizadas pela UFTPR (campus de Dois Vizinhos – PR) na cultura da soja com a utilização do inoculante biológico Phós’UP (Pseudomonas fluorescens) em associação com os inoculantes de Atmo (Bradyrhizobium japonicum) e Azzofix (Azospirillum brasiliense) mostraram que existe sinergia nesta inoculação conjunta via tratamento de sementes, entregando incremento de produtividade.
A inoculação conjunta de microrganismos com funcionalidades diferentes permite uma atuação nos mais importantes nutrientes. No caso, o fósforo pelo uso do Phós’UP, o nitrogênio pelo uso Atmo e Azzofix, portanto, um sistema produtivo mais sustentável e com menos dependência dos fertilizantes tradicionais.

Sobre a Tradecorp

A Tradecorp, uma empresa do Grupo Rovensa, é referência global no setor de bioestimulação e nutrição sustentável de cultivos, desenvolvendo e fabricando soluções de primeira linha e inovadoras que são comercializadas em mais de 60 países em todo o mundo.
A Tradecorp oferece um portfólio premium abrangente de produtos globalmente adaptados às condições agronômicas locais e inclui soluções como bioestimulantes, quelatos e soluções microbianas.
As recentes aquisições estratégicas, como a Microquimica, no Brasil, e a SDP, na França, levaram a um crescimento sem precedentes da empresa e à ampliação do portfólio diferenciado da Tradecorp, ao incorporar soluções microbiológicas, como inoculantes e extratos bacterianos, além de adjuvantes.
Para a pujante agricultura brasileira, Tardecorp oferece um amplo portfólio de fertilizantes, biofertilizantes, bioestimulantes, inoculantes, adjuvantes e reguladores de crescimento, ideais para atender as necessidades agronômicas dos mais diversos cultivos, trazendo produtividade com qualidade e segurança para o homem e o ambiente.
Sediada em Hortolândia, interior do estado de São Paulo, a Tradecorp possui nas proximidades de sua matriz um moderno centro de distribuição logística, estrategicamente localizado às margens das melhores rodovias do estado de SP e uma moderna fábrica que produz para o mercado nacional e internacional. Adicionalmente, possui quatro depósitos logísticos avançados em Cuiabá (MT), Luiz Eduardo Magalhães (BA), Uberaba (MG) e Ibiporã (PR).
Dentro de um plano de responsabilidade socioambiental, a Tradecorp é associada e acionista do Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias (inpEV), que visa dar destinação correta às embalagens de agroquímicos recolhidas junto aos agricultores. Em seu negócio no Brasil utiliza, em quase a totalidade de seu portfólio, embalagens da Campo Limpo, uma indústria do Sistema inpEV, que utiliza como matéria-prima o material recolhido do campo, fechando o ciclo e trazendo mais sustentabilidade para a operação no Brasil.
Para mais informações, acesse www.tradecorp.com.br

Sobre Rovensa

O Grupo Rovensa é líder global em soluções sustentáveis para a agricultura, o que compreende soluções de bionutrição, biocontrole e proteção de cultivos para ajudar os agricultores a produzir alimentos seguros, saudáveis e nutritivos para todos.
Para apoiar nossa missão de alimentar o planeta, nossos 2.000 funcionários em mais de 30 países, se empenham diariamente para liderar mudanças nos sistemas de produção de alimentos por meio de uma agricultura bem equilibrada, que visa preservar e melhorar a saúde do solo, do homem e do meio ambiente.
Com um portfólio de soluções agrícolas comercializadas em mais de 80 países, o Grupo Rovensa foca em soluções inovadoras e ecológicas para a saúde e o cuidado dos cultivos. Desde nossos mais de 30 Centros Experimentais e Laboratórios de P&D em todo o mundo, até os mais de 800 profissionais especializados de suporte de campo, trabalhamos em estreita colaboração com os agricultores para ajudá-los a produzir mais com menos recursos.