25.6 C
Uberlândia
segunda-feira, julho 22, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioMercadoInvestimentos da Codevasf no semiárido mineiro ultrapassaram os R$ 100 milhões...

Investimentos da Codevasf no semiárido mineiro ultrapassaram os R$ 100 milhões em 2016

As ações executadas no ano passado envolveram acesso a água, inclusão produtiva, irrigação e revitalização da bacia do São Francisco, entre outras

O controle da irrigação garante sustentabilidade - CréditoShutterstock
O controle da irrigação garante sustentabilidade – CréditoShutterstock

Acesso a água, inclusão produtiva, irrigação, revitalização da bacia do São Francisco, saneamento básico, recuperação de áreas degradadas. Os investimentos da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) na região Norte de Minas Gerais em 2016 chegaram a R$ 106 milhões, segundo o balanço feito por sua 1ª Superintendência Regional, sediada em Montes Claros.

Aplicamos 99,93% do que havia sido previsto e ainda conseguimos fechar o ano com todos os compromissos financeiros quitados“, celebra o superintendente regional Rodrigo Rodrigues. “Executamos ações, projetos e programas especiais que visam ao desenvolvimento sustentável e que têm forte cunho social, notadamente no que se refere a apoiar o produtor familiar que convive com os efeitos de prolongadas estiagens“, observou.

As ações empreendidas pela Codevasf no semiárido mineiro em 2016 se distribuíram por áreas diversas. No que tange ao acesso a água, por exemplo, a Companhia perfurou e instalou 40 poços tubulares, construiu pequenas barragens e implantou 200 sistemas simplificados de abastecimento de água para atender famílias de comunidades rurais difusas.

Para fortalecer a produção agrícola familiar em áreas rurais castigadas pela seca, a Codevasf estruturou associações de produtores com tratores agrícolas, implementos, caminhões, pás carregadeiras, retroescavadeiras, tanques de resfriamento de leite e outros equipamentos. Além disso, ajudou a melhorar o escoamento da produção das famílias construindo pontes e pavimentando vias e acessos nas áreas rurais.

No que toca à inclusão produtiva e à economia criativa, os investimentos abrangeram os segmentos familiares da apicultura, piscicultura, produção de coco macaúba, cursos de corte e costura, instalação de telecentros e outras ações que visam a oferecer alternativas de trabalho e renda às comunidades rurais do semiárido mineiro.

Em todas essas ações, destacou-se o aporte financeiro de emendas parlamentares destinadas à Codevasf no Orçamento Geral da União. Esses recursos foram o carro-chefe do atendimento às dezenas de comunidades beneficiadas“, observa a gerente de Gestão Estratégica da Codevasf em Minas, Felicidade Tupinambá, responsável pelo acompanhamento direto das aplicações de emendas parlamentares alocadas ao orçamento da Companhia.

Revitalização da bacia

Recebeu atenção especial da Codevasf no Norte de Minas em 2016, com aplicação de R$ 24,4 milhões, a revitalização da bacia hidrográfica do rio São Francisco, por meio da implantação de sistemas de saneamento básico e recuperação de áreas degradadas.

A produção agrícola irrigada contou com investimentos de R$ 10 milhões executados pela Codevasf nos perímetros públicos de Gorutuba, Pirapora, Jaíba e Lagoa Grande, os quais receberam obras e ações de melhoramento de suas infraestruturas de uso comum.

A execução de praticamente todo o orçamento disponibilizado para ações de investimento no vale sanfranciscano mineiro é a afirmação de que a Codevasf tem cumprido seu papel de agente de desenvolvimento regional“, destaca Fernando Britto, chefe de gabinete da Codevasf em Minas.

ARTIGOS RELACIONADOS

Abacaxi – A fruta que já nasce reinando

  Consumido de Norte a Sul do Brasil e apreciado em todo o mundo, o abacaxi aparece como uma boa opção de cultivo Em 2013, último...

A força da mulher no setor do café

Encontro anual da IWCA - Aliança Internacional das Mulheres do Café do Brasil - será realizado durante a Semana Internacional do Café 2019, que ocorre em Belo Horizonte entre 20 e 22 de novembro

Alerta – Bactéria causa queima das folhas da cebola

AutoresIgor Souza Pereira Doutor em Agronomia e professor – Instituto Federal do Triângulo Mineiro (IFTM) igor@iftm.edu.br Márcia Toyota Pereira Doutora em Agronomia e professora...

Mitos e verdades sobre o cultivo de eucalipto

  José de Castro Silva Doutor em Engenharia Florestal e professor da Universidade Federal de Viçosa Vinícius Resende de Castro Doutor em Engenharia Florestal   No Brasil, as grandes culturas...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!