18.1 C
São Paulo
quinta-feira, agosto 11, 2022
-Publicidade-
Inicio Revistas Grãos Koppert - Uma história de sucesso

Koppert – Uma história de sucesso

Créditos Divulgação
Créditos Divulgação

São quase 50 anos da Koppert dedicados ao desenvolvimento e à produção de inimigos naturais para o controle de pragas e doenças na agricultura, bem como polinizadores naturais do gênero Bombus (bumblebees).

A proposta da empresa começa no solo e termina com uma colheita livre de resíduos. A Koppert quer contribuir para a melhoria do sistema de produção como um todo, seja ele convencional ou orgânico, agregando soluções naturais ao manejo de cada cliente. Devolve, assim, parte do equilíbrio retirado do ecossistema em função da adoção de técnicas de agricultura profissional.

Pesquisa e desenvolvimento

 

A constante busca pela descoberta e utilização de organismos naturais é o DNA das atividades da Koppert. A força da empresa está em transformar esse conhecimento em aplicações práticas que contribuem para prevenir ou solucionar problemas.

Nos anos recentes, o extenso know-how da Koppert em microrganismos, bioestimulantes e feromônios inspira inúmeras soluções que melhoram a resiliência de plantas, minimizando significativamente as chances de organismos patógenos.

A Pesquisa e o Desenvolvimento tem sido, frequentemente, a fonte de soluções biológicas adotadas no mundo inteiro. E a perseverança da empresa permite, por exemplo, que uma grande variedade de ácaros predadores seja introduzida para combater um grande número de infestações. Inovações similares na área de polinização natural tem provido a base para enormes melhorias em eficiência e qualidade de diversas culturas.

Suas principais atividades são: controle biológico, polinização natural, consultoria, tecnologia de monitoramento e aplicação e tratamento de sementes.

Paul Koppert, presidente da empresa
Paul Koppert, presidente da empresa

Liderança no que faz

A Koppert é líder no mercado internacional de proteção biológica de culturas. Com sede na Holanda, a empresa atua desde 1967 e é conhecida pela inovação, confiabilidade e qualidade de seus produtos. Pesquisas constantes e a produção em larga escala de organismos benéficos contribuem para o desenvolvimento da agricultura e horticultura sustentável em todo o mundo.

No Brasil, a sede da empresa está localizada na cidade de Piracicaba (SP). No ano de 2012, a Koppert adquiriu a empresa ItaforteBioprodutos, com atuação no controle biológico de pragas e doenças na agricultura desde 1996.

Em 2013, a Koppert foi reconhecida pela revista Globo Rural como a segunda melhor empresa do agronegócio brasileiro no ramo de defensivos.No ano de 2014, a Koppert adquiriu a empresa Manejo Agrícola, então maior distribuidor de defensivos biológicos do mercado brasileiro.

A Koppert conta com um site de produção localizado no município de Piracicaba (SP) com moderna instalação fabril, possui infraestrutura completa para atender à crescente demanda do mercado agrícola por defensivos biológicos. Em processos produtivos padronizados, seguros e altamente tecnificados, garante confiabilidade e qualidade de seus produtos.

A empresa conta ainda com departamento próprio de P&D, em que nove pessoas (dentre elas cinco doutores) dedicam seu tempo ao aperfeiçoamento de tecnologias de controle biológico para a agricultura tropical.

Os produtos Koppert são certificados pelo IBD, maior certificadora da América Latina.A Koppert está presente na maioria das regiões agrícolas do país, atendendo desde o pequeno ao grande produtor, em parceria com distribuidores regionais.

Koppert na Agrobrasília

A Koppert Brasil participou da Agrobrasília durante os dias 12 a 16 de maio com estande de 500m2, onde demonstrou os cultivos apresentados lado a lado, com a aplicação dos produtos Koppert e a área testemunha. Assim, os produtores podiam analisar e até mesmo arrancar as plantas, observando suas raízes e as diferenças de tamanho.

Na busca por alternativas para uma agricultura mais eficiente e sustentável, o manejo integrado de pragas tem se disseminado entre os produtores mais atentos ao desenvolvimento do setor. Nesse cenário brasileiro, o controle biológico, por meio do agente de controle Trichogramma, foi uma das atrações na AgroBrasília 2015.

 Gustavo Herrmann, diretor comercial da empresa no Brasil, explica que a tecnologia utiliza cápsulas repletas de microvespas, que são despejadas na lavoura e paralisam os ovos das principais lagartas que atualmente atingem as lavouras brasileiras, como a Helicoverpa armigera e a falsa medideira (Chrysodeixisincludens). “O Trichogramma é um parasita de ovos. Assim, ao aplicar as cápsulas na lavoura, as vespas vão parasitar os ovos da lagarta”, diz.

 Para a aplicação da tecnologia, o produtor faz uso de um equipamento simples, que pode ser acoplado a motos e tratores. Cada capsula contém, em média, cinco mil vespas e o custo da utilização do método é de excelente relação custo-benefício. “Costumo dizer que esse é um produto que se paga, já que o benefício com a redução do uso de agrotóxicos é de pelo menos 30%”, completa Herrmann.

O presidente da empresa, Mr. Paul Koppert, prestigiou o espaço e aproveitou para conhecer a feira.

Essa matéria você encontra na edição de junho da revista Campo & Negócios Grãos. Adquira a sua.

Inicio Revistas Grãos Koppert - Uma história de sucesso