Lagartas: Prejuízos e soluções contra a praga

0
43

Fausto R. Bugalho Ferreira Especialista em BioRacionais – Sumitomofausto.ferreira@sumitomochemical.com

O setor florestal vem sofrendo com o ataque de lagartas, sendo que ao longo dos anos as principais (Thyrinteina Arnobia/Iridopsis sp/Euselasia Apisaon) causaram danos à copa das árvores, chegando à desfolha de 100% das folhas.

Conviver com as pragas e controla-las fizeram parte da história conhecida até o ano de 2021, que está ficando marcado devido a um surto de uma lagarta que vem causando desfolha e sua população vem crescendo de modo exponencial dia após dia.

Este advento está em evidência porque a presença desta lagarta trouxe um pânico ao setor. O motivo é que a praga está presente em altas populações e sem um controle efetivo. O ponto de atenção ficou na identificação da praga, que pela falta de conhecimento houve dificuldade no controle, trazendo confusão no campo na hora de realizar o monitoramento.

Pesquisas a todo vapor

Pois bem, leitores. Ano de 2021, com uma seca severa, frio intenso que não observávamos tamanha intensidade já muitos anos e a presença da uma lagarta que demonstra ser voraz foram adventos fortes que prejudicaram o setor florestal, mas existem situações que nós poderemos atuar e é ai que entra a Sumitomo Chemical.

Já estamos gerando resultados de um produto biológico que nos primeiros resultados nos trouxe boas respostas no controle das principais lagartas e também nesta praga, que foi identificada pela empresa MIP Florestal e levada a laboratório para comprovação da identificação por um professor renomado no setor florestal.

Sintomas e regiões mais afetadas

Após as comprovações no laboratório, temos a espécie que tanto vem causando danos identificada como Iridopsis Panopla, com características já conhecidas de raspagem e consumo das partes verdes da planta, podendo chegar a 100% a desfolha da copa, isto dependendo da população e do manejo.

No Brasil, esta praga vem mostrando maior voracidade e presença populacional no Estado do Mato Grosso do Sul, onde os maiores prejuízos vêm sendo contabilizados.

Controle

O controle desta espécie está passando por estudos de eficácia. Como já relatado, a Iridopsis Panopla é uma nova descoberta, mas a Sumitomo Chemical já tem excelentes resultados de campo gerados pela empresa MIP Florestal, que utilizou Bacillus Thuringiensis do nosso portfólio e a resposta está atrelada a excelentes resultados, conseguindo controlar até 100% dos indivíduos no terceiro dia após a aplicação.

Atuais desafios

Na temática do controle de lepidópteros, enxergamos que o grande desafio ficará em monitorarmos a praga ainda com a população baixa, pois para termos um controle efetivo é de suma importância realizarmos as aplicações tendo as lagartas nos três primeiros instares.

Para obtermos sucesso, o cenário perfeito se dará após a realização de um monitoramento de pragas com a identificação precisa – isto ajudará, e muito, na hora de manejar as principais  lagartas e, claro, nos primeiros instares. Sem dúvidas, deveremos seguir firmes na melhor tecnologia de aplicação possível, visando dispor da melhor cobertura foliar, que será a via de ação dos cristais e esporos presentes nas toxinas dos produtos biológicos.

Só após a raspagem e ingestão, as lagartas terão sua membrana digestiva quebrada através dos cristais, e então os esporos, após a quebra da membrana digestiva, conseguirão penetrar, acessando a hemolinfa da lagarta, deixando-as, após duas horas, sem se alimentar e concluindo a morte em dois dias.

Reforçamos que a partir do momento em que a lagarta raspou a folha, ela não causa mais danos econômicos às florestas cultivadas.

Novidades

A Sumitomo Chemical já está preparando novidades. Quando falamos da Iridopsis Panopla, já estamos em fase de desenvolvimento de um inseticida biológico e a confiança nos resultados é notória, a qual se confirmou após a empresa MIP Florestal entregar laudos dos trabalhos que comprovaram os resultados efetivos sobre algumas lagartas, dentre elas a I. Panopla. Vamos aguardar!

Custo

A Sumitomo Chemical, além de se preocupar com a eficiência, se preocupa também em entregar uma ferramenta com um custo acessível. Sempre que ouvirem sobre a Sumitomo Chemical, saiba que você poderá contar com produtos que entregam excelentes resultados e viabilidade econômica. Consulte um dos nossos agrônomos de vendas para ter mais detalhes, conforme o Estado que você reside.

O custo-benefício é um ponto de atenção dos agricultores e indústrias produtoras. Então, ao utilizarem produtos biológicos, tenham atenção à eficiência, pois produtos biológicos não são iguais.

Sempre que seguirem com a aquisição desta ferramenta de controle, certifiquem-se sobre quais cristais e suas concentrações no KG/L. Nós, da Sumitomo Chemical, entregamos exatamente o que informamos, ou seja, no campo sempre terão os cristais que nós apresentamos, abrindo um leque de controle em diferentes lagartas. Pensem nisto!