Inicio Destaques Legal Ambiental – Eficiência e sustentabilidade para o Agro

Legal Ambiental – Eficiência e sustentabilidade para o Agro

0
85
Legal Ambiental

Por meio da compostagem, a empresa transforma resíduos orgânicos em compostos classe A. A última inovação é o rerrefino de resíduos de óleos vegetais como insumo na produção do adjuvante Legal Fix. Pesquisas apontam excelentes resultados no campo!

A Legal Ambiental, sediada em Uberlândia, no Triângulo Mineiro, é uma empresa que atua com o propósito forte de ser legal com o meio ambiente. Há 19 anos no mercado, iniciou suas atividades com a produção de fertilizantes orgânicos utilizando biocatalizadores para acelerar processos de compostagem. Atualmente, com investimentos em quatro unidades, processam juntas 75 mil toneladas por ano de resíduos orgânicos industriais oriundos de indústrias alimentícias.

A origem

            A empresa surgiu com a marca Brasnutri em 2002, orientada à produção de fertilizantes orgânicos. Por meio da prestação de serviços de tratamento de resíduos industriais, percebeu a importância de agregar gestão ambiental ao negócio, oferecendo também soluções e projetos ambientais aos parceiros, atendendo indústrias e fazendas agrícolas.

            Atenta às questões ambientais, desenvolve soluções de engenharia com olhar para o futuro, preocupada com a sobrevida das novas gerações, cada vez mais restritas à disponibilidade dos recursos naturais.

            José Humberto Resende de Miranda, sócio executivo da Legal Ambiental, conta que a empresa visualiza o mundo sem desperdício, inserindo novos ciclos de vida aos resíduos, criando processos e valores para aproveitá-los como insumo na geração de novos produtos.

No portfólio de produtos, somado à linha de compostos orgânicos com as marcas Brasnutri Café, Brasnutri HF e Legal Fértil, a empresa apresenta ao mercado o novo adjuvante Legal Fix – um espalhante adesivo inovador, de alto valor ambiental.

Legal Fix

Elaborado a partir de pesquisas e testes em laboratório, o produto foi concebido em 2017. Para Bruce Lee Vieira, engenheiro de produção, a calda com o adjuvante Legal Fix tem a melhor homogeneização. É antiespumante e dispensa o uso de surfactantes. A sugestão de diluição do produto, para jardinagem e pequenas culturas, é de 5,0 ml/litro para uma área de cobertura de 100 m². Já para grandes culturas, a dose é de 300 a 500 ml por hectare.

A agrônoma Rafaela Bruna Silva, consultora de vendas da Legal Ambiental, explica que o Legal Fix é apresentado em embalagens de 100 ml e 1,0 litro, 5,0 litros, 20 litros, IBC de 1.000 litros. Para aplicação em áreas mais extensas, a comercialização pode ocorrer em volumes específicos, conforme a demanda do cliente.

Entre os benefícios da aplicação, estão:

Antideriva: melhora o direcionamento da calda ao alvo. Densidade 1,19 a 1,25. Redução de perdas de 20 a 40%;

Dispersante de gotas: produto homogeneíza uniformemente na calda, ajudando a dissolução de gotas;

Não entope bicos: produto rerrefinado;

Espalhante adesivo: diminui a tensão das gotas e fixa na planta;

Umectante: atua como hidratante natural;

Neutro: associada à manipulação correta, não altera as condições físico-químicas dos aditivos agrícolas da calda.

Melhoria contínua

Sérgio Fernando Ferreira, diretor comercial da Legal Ambiental, explica que com foco na qualidade dos processos, a empresa tem firmado parcerias com laboratórios externos para certificar resultados do Legal Fix aplicado nas mais diversas culturas. Na pulverização terrestre e na aérea o produto atingiu o alvo em 100% da sua superfície.

“ A maior certificação é o feedback positivo dos nossos clientes já fidelizados, mas, ainda assim, entendemos a importância de buscarmos validações técnicas em laboratórios credenciados que comprovam a eficácia do nosso produto. Pesquisa, desenvolvimento e inovação é imprescindível em todas as frentes da Legal Ambiental”, finaliza Sérgio Ferreira.

Na pulverização terrestre e na aérea o produto atingiu o alvo em 100% da sua superfície.

SEM COMENTÁRIO