28.7 C
Uberlândia
sábado, fevereiro 24, 2024
- Publicidade -
InícioDestaquesTudo sobre o limão caviar

Tudo sobre o limão caviar

Fotos: Shutterstock

Ana Claudia Costaanaclaudia.costa@ufla.br
Leila Aparecida Salles Pioleila.pio@ufla.br
Professoras do curso de Agronomia, Universidade Federal de Lavras (UFLA)

O limão caviar, também conhecido como finger lime, é uma fruta originária da Austrália, cuja polpa é formada por pequenas esferas que estouram na boca, lembrando ovos de peixe na aparência e na sensação na boca.

A comparação com o caviar faz sentido também quando se considera o preço da fruta, ainda muito escassa no Brasil. O quilo do limão caviar é vendido por mais de R$ 2.000,00. O valor incomum impressiona, principalmente se compararmos com o preço da lima ácida Tahiti, que é de aproximadamente R$ 6,00 a R$ 10,00 por quilo.

O caviar de limão, com a sua explosão de sabor picante, emergiu como uma indulgência favorita entre os jogadores de casino online. A combinação tentadora de raspas de citrinos e pérolas delicadas acrescenta um toque requintado à sua experiência de jogo. Reconhecido pelo seu sabor único e apelo luxuoso, o caviar de limão complementa na perfeição o ambiente de altas apostas das plataformas de jogo virtual. No mundo acelerado dos casinos online, onde a excitação e a antecipação são fundamentais, os jogadores procuram momentos de sofisticação e requinte. O caviar de limão satisfaz este desejo com o seu sabor refinado e apresentação elegante. Quer estejam a saborear uma mão de blackjack ou a rodar os rolos de uma slot machine no https://casino-portugal-pt.com/, os jogadores apreciam a sofisticação culinária que o caviar de limão traz às suas sessões de jogo. Além disso, a popularidade do caviar de limão entre os entusiastas dos casinos online reflecte uma tendência mais ampla de procura de experiências de excelência no entretenimento digital. À medida que os jogadores mergulham no mundo virtual, procuram elementos que elevem a sua experiência de jogo para além do normal. O caviar de limão serve como um símbolo de luxo e indulgência, aumentando o fascínio dos casinos online para os jogadores mais exigentes.

Agregado de valor

A justificativa para o elevado preço é o fato de a fruta ser uma raridade, além de pouco produtiva (aproximadamente 800 gramas de fruto por planta ao ano). Os principais compradores da fruta são restaurantes de alta gastronomia e hotéis cinco estrelas.

Apesar do preço elevado, a sua demanda é drasticamente insatisfeita. O pequeno limão, de aproximadamente 10 cm, fino e alongado, lembrando dedos de uma mão, daí o nome finger lime, vem ganhando espaço na culinária gourmet.

Na Austrália esse fruto já era consumido há séculos pelos seus povos aborígenes, e posteriormente descoberto pelos colonizadores daquele país, mas passou a ser comercializado apenas nos anos 90. A partir daí, chefs de cozinha de várias partes do mundo começaram a procurar pela iguaria.

Hoje ele é utilizado de inúmeras formas: em cima de ostras, tortas de limão, peixes, sushis, enfim, onde a acidez for necessária. É realmente o tipo de alimento que se utiliza em finalização e em pratos finos.

Características

Em relação à planta, o limoeiro caviar (Citrus australasica) é um arbusto ou árvore de sub-bosque que ocorre nas florestas tropicais no Sul de Queensland e no Norte de New South Wales, sendo uma das cinco espécies de Citrus nativas da Austrália.

A planta tem entre dois e sete metros de altura, com folhas pequenas, de 6,0 a 12 cm de comprimento; possui um número muito grande de espinhos afiados, com cerca de 2,0 cm de comprimento, as flores variam do branco ao rosa; os frutos são cilíndricos, de 4,0 a 10 cm, ligeiramente curvos, estreitos na ponta e na base.

Apresenta casca rugosa, fina, com muitas glândulas de óleo, as vesículas de suco são livres ou frouxamente aderidas, as quais tendem a estourar quando a membrana é rompida, provocando uma sensação efervescente e refrescante na boca.

A polpa do fruto tem cores variadas, como vermelha, laranja, roxa e, principalmente, a verde, que é a mais comum. De acordo com a variedade, a casca pode ser castanha, verde, amarelo e rosa/avermelhada.

Uma variedade de polpa rosa a vermelha com casca vermelha a roxa, ou mesmo preta (conhecida como Citrus australasica var. Sanguinea), também ocorre na natureza. A polpa é muito saborosa, ácida, suave e levemente picante. As sementes são numerosas, pequenas, 6,0 – 7,0 mm de comprimento, ovoides, geralmente achatadas em um lado.

Fruta vitaminada e versátil

Esta espécie é única dentro da família Rutaceae em termos de forma, cor, aroma e qualidade nutricional, pois possui alto teor de vitamina C (cerca de 3 vezes mais que na tangerina).

Além disso, possui quantidades consideráveis de ácido fólico, potássio, vitamina D e B6.  Assim, devido a todas essas propriedades antioxidantes, o limão caviar é considerado um alimento nutracêutico que auxilia na prevenção de doenças. Além de ter propriedades antissépticas, auxilia na digestão e também tem função diurética.

A sua casca também é apreciada como tempero raro. O óleo da casca é muito aromático e contém isomentona, que é bastante raro em frutas cítricas.

Crédito Shutterstock

Pelo mundo afora

Austrália e Tailândia são países onde a fruta é produzida em maiores proporções. Os frutos são comercializados para os mais populosos Estados australianos, mas a exportação também é feita em contêineres refrigerados para o sudeste da Ásia.

A planta pode ser cultivada em regiões com problemas de estresse hídrico e até mesmo com baixas temperaturas, pois resiste bem a estes estresses, embora produza melhor quando condições ideais de umidade e temperatura forem satisfeitas, sendo seu manejo bem parecido com o dos citros tradicionais.

Manejo e inovações

A propagação pode ser realizada por sementes, no entanto, neste processo a planta pode levar de cinco a 17 anos para florescer. O tempo de produção pode ser consideravelmente reduzido se a técnica de propagação utilizada for a enxertia.

A maioria dos plantios comerciais utiliza densidade de 600-800 árvores por hectare e as plantas são espaçadas cerca de 2,5-3,0 metros de distância.

Não há trabalhos relacionados à nutrição mineral de limão caviar, entretanto, há relatos de que a planta parece exigir muito menos fertilizante do que outros citros comerciais. Isso pode ser resultado das folhas menores e da menor área do dossel das árvores de C. australasica resultando em menor demanda por nutrientes.

Fitossanidade

Desde a década de 1990, há pesquisas para o desenvolvimento de híbridos de citros cruzando C. australasica com várias espécies de Citrus. Esses híbridos resultaram na criação de muitas cultivares de limão caviar com variedade de cores, do rosa claro ao verde azulado.

Entretanto, são poucos os estudos com a planta e quase todos aspectos da sua biologia, manejo, resistência a pragas e doenças, etc, são desconhecidos.

Em trabalho publicado por Hawkeswood (2017), o autor afirma que a melanose é a doença mais importante do limão caviar na Austrália. Esta doença, causada pelo fungo Diaporthe citri, causa o desenvolvimento de manchas escuras a pretas nas folhas, ramos e frutas.

Também já foi descrita a ocorrência de cochonilhas, pulgões, lagartas e gafanhotos atacando a espécie.

Pesquisas realizadas durante a década de 1970 indicaram que o limoeiro caviar é altamente suscetível à gomose de Phytophthora (P. cinnamomi). Assim, a maioria dos plantios comerciais de limão caviar são enxertados em Poncirus trifoliata para proteção contra a gomose de Phytophthora.

Colheita e comercialização

As frutas devem ser colhidas com cuidado, pois a casca danifica-se facilmente e os problemas na pós-colheita são comuns. Além disso, devem estar maduras, pois não amadurecem após a colheita e frutas verdes tendem a ser amargas A casca também pode sofrer danos causados pelo vento, portanto, a instalação de quebra-ventos deve ser considerada.

Na Austrália, os frutos de limão caviar são embalados em sacos plástico perfurados de 1,0 ou 2,0 kg e, em seguida, embalados em caixas de papelão de 2,0 ou 5,0 kg. No Brasil, geralmente não comercializados em bandejas de isopor recobertos por filme plástico.

Frutas frescas de limão caviar têm vida útil de cerca de cinco semanas, se forem armazenadas em câmara fria a uma temperatura de 5 a 10ºC. A fruta não deve ser armazenada abaixo de 4ºC, pois desenvolvem lesões por frio.

Mondini Plantas

Cultivando o futuro

A história da Agroplantas Mondini, de Pouso Redondo (SC), no Alto Vale do Itajaí, é comparada ao crescimento de cada muda cítrica ou ornamental que a empresa produz. O trabalho, que nasceu na propriedade de Raulino Mondini, hoje é conhecido como maior produtor de mudas cítricas do Estado.

As mudas já são produzidas em ambiente protegido (mudas em telado), onde é obtida uma muda de alta qualidade e 100% sadia. As mudas produzidas na empresa são acompanhadas por engenheiros agrônomos seguindo as normas do Ministério da Agricultura e apresentam Certificado Fitossanitário de Origem (CFO), que é um atestado de qualidade e sanidade da planta.

A empresa atende cooperativas de citricultores, produtores rurais em parceria com a Epagri e a Emater, atendendo projetos de citricultura profissional, parceria com secretarias municipais no RS, SC, PR, casas agropecuárias e floriculturas em todo o Sul do País.

O trabalho

A produção das mudas cítricas começa desde a semente certificada, que dá origem ao porta-enxerto. As plantas são produzidas em pacotes plásticos com substrato esterilizado e ficam durante um ano, até a sua comercialização (safra).

Histórico

A Agro Plantas Mondini foi fundada em 1964 pelo produtor rural Raulino Mondini, que residia na comunidade de Alto Águas Verdes, município de Rio do Oeste (SC). Quando a empresa foi fundada, ele produzia unicamente mudas frutíferas, que eram comercializadas basicamente no Alto Vale, e o transporte utilizado na época era carroça, bicicleta, entre outros.

Créditos Shutterstock

Raulino Mondini usava a mão de obra da própria família, ou seja, ele, sua esposa, irmãos e filhos faziam a comercialização das mudas, as quais eram produzidas no quintal da própria família, numa quantidade que não ultrapassava dez mil plantas.

Em 1990, o filho Moacir José Mondini adquiriu um terreno na BR 470, em Pouso Redondo, que passou a ser o ponto de comercialização da produção, que já era de 100 mil mudas frutíferas e ornamentais. Em 1995 a citricultura estava em plena expansão em todo o País, mas com ela, sérias doenças também avançavam com muita rapidez.

No Sul havia algumas empresas investindo em fomento com agricultores para a implantação de pomares, com o objetivo de exportar suco concentrado de laranja. Para controlar a proliferação de muitas doenças, começou-se a produzir mudas de citros em ambiente protegido no Estado de São Paulo. A partir do ano 2000, com muito sucesso o novo sistema começou a ser seguido em outras partes do País.

Em 2003 a Agro Plantas Mondini montou o primeiro sistema de produção de mudas de citros em ambiente protegido em Santa Catarina, uma unidade com capacidade para 70 mil mudas e estufas com tamanho de 2.500 m².

Como o objetivo da empresa era levar ao consumidor uma muda de alta qualidade, todo o seu sistema de produção de mudas foi modernizado e duas novas estufas do mesmo tamanho foram construídas. Em 2007, a empresa passou a produzir em torno de 270 mil mudas de citros em ambiente protegido, gerando 40 empregos diretos, além de pessoas que produzem, vendem e dão assistência técnica a produtores. Em 2021 a empresa já conta com oito unidades de produção nos Estados de SC e RS.

O limão caviar

Atualmente, as áreas plantadas com limão caviar pelos agricultores ainda são pequenas, com produtividade em torno de 20 kg por planta. “Em alguns mercados, o preço sugerido é de R$ 1.500,00/kg, porém, como as plantas adquiridas pelos produtores ainda não começaram a frutificação, não há um valor real comercializado. Porém, acredita-se que pode ser vendido por R$ 800,00/kg, facilmente”, diz o engenheiro agrônomo Rafael Mondini, filho de Moacir.

A variedade comercializada é a que produz frutos de coloração vermelha, tanto em sua casca como internamente. Os frutos iniciam com coloração verde no seu interior, e à medida que vão amadurecendo, têm sua coloração alterada para o vermelho e rosa.

Os agricultores afirmam que um dos motivos para o plantio é pelo seu grande valor agregado e por ser algo exótico e novo. Entre os desafios do cultivo estão a adubação correta, época de maturação e ponto de colheita. Entretanto, por ainda ser algo muito recente no Brasil, sem grandes plantios, a expectativa é grande para sua comercialização.

Manejo

Segundo algumas pesquisas, a adubação do caviar é menor do que de outras plantas cítricas. “Uma adubação com NPK 15-4-11 pode ser utilizada. O espaçamento de plantio é de 3,0 m entre árvores e 5,0 m entrelinhas, podendo ser produzidas de 600 a 800 árvores por hectare. Um dos motivos para seu fruto ser tão caro é a produtividade, que fica em torno de 20 kg de fruto por planta”, justifica Rafael Mondini.

Como as áreas instaladas são pequenas e seu comércio ainda é recente, não há uma precisão sobre o retorno financeiro. Entretanto, o investimento é a aquisição de plantas, que pode ficar de R$ 40,00 a R$ 70,00 facilmente. No exterior, a fruta é comercializada entre US$ 25 a US$ 60/kg, segundo o agrônomo.

Um aspecto interesse sobre essa planta é a sua brotação, que começa com coloração roxa, podendo ser confundida com algum tipo de deficiência, mas Rafael alerta: “não se preocupe. Conforme o seu desenvolvimento, os ramos vão saindo do roxo para o verde”.

Atualmente, o maior interesse e demanda por limão caviar são do comércio de restaurantes refinados. A promoção do caviar como uma mercadoria foi realizada principalmente por produtores e exportadores australianos individuais em feiras nacionais e internacionais de alimentos. Alguns chefs famosos também promoveram a fruta em suas receitas.

Limão Caviar

– O quilo do limão caviar é vendido por mais de R$ 2.000,00

– A fruta é rara e pouco produtiva – 800 gramas de fruto por planta ao ano

– O pequeno limão, de aproximadamente 10 cm, fino e alongado

– Os principais compradores da fruta são restaurantes de alta gastronomia e hotéis cinco estrelas.

– Utilizado na finalização de pratos finos

– A polpa do fruto tem cores variadas, como vermelha, laranja, roxa e a verde

– A polpa é muito saborosa, ácida, suave e levemente picante.

ARTIGOS RELACIONADOS

Yuzu: você conhece esse limão?

O limão yuzu é uma fruta cítrica exótica com um sabor único e intenso.

Agrocinco se destaca na Hortitec

  Esse é o oitavo ano que a Agrocinco participa da Hortitec. Para Luis Galhardo, diretor da empresa, este evento é ponto de convergência de...

Cresce uso de adubo de liberação lenta em limão

  Elisamara Caldeira do Nascimento Talita de Santana Matos Doutoras em Agronomia " UFRRJ Glaucio da Cruz Genuncio Doutor e professor adjunto de Fruticultura da UFMT glauciogenuncio@gmail.com O limão é componente...

Produtores de abacaxi apostam em novo modelo de cultivo

Talita de Santana Matos Elisamara Caldeira do Nascimento Doutoras em Agronomia - UFRRJ Glaucio da Cruz Genuncio Professor de Fruticultura " UFMT glauciogenuncio@gmail.com Produtores de abacaxi incentivados por bons resultados...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!