16.6 C
Uberlândia
quinta-feira, junho 13, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioArtigosGrãosMais produtividade e rentabilidade

Mais produtividade e rentabilidade

Lilian A. Saldanha LimaDoutora e gerente de Pesquisa e Desenvolvimento de Mercado da Acadian

Lucas de Souza VasquesEngenheiro agrônomo e técnico comercial da Acadian

Feijão – Créditos: shurtterstock

A tecnologia do extrato Acadian baseada em sustentabilidade, inovação e pesquisa tem se destacado por proporcionar mais produtividade e maior rentabilidade na cultura do feijão.

O extrato Acadian 100% Ascophyllum nodosum é um produto natural que atua na planta otimizando seus processos naturais, ativando a expressão gênica e a produção de compostos ativos que estimulam o crescimento e protegem do estresse ambiental.

A aplicação do Acadian na cultura do feijão pode ser realizada no sulco de plantio, tratamento de semente e aplicação foliar, proporciando diversos benefícios, como: maior desenvolvimento radicular, melhor absorção de nutrientes, aumento de vigor das plantas, alta tolerância a estresses abióticos, estimula o potencial genético da planta, garantindo mais produtividade e melhor qualidade na produção do feijão.

Trabalhos em feijão com Acadian

Trabalhos em campo desenvolvidos por parceiros, centros de pesquisa experimental, produtores e a equipe da Acadian do Brasil têm demonstrado ótimos resultados em ganho de produtividade e qualidade.

O posicionamento do Acadian entra no tratamento de semente, no sulco de plantio e aplicações foliares nos estádios V4 e R8, tendo se observado melhor enraizamento, maior nodulação, germinação mais uniforme, vigor, maior pegamento de flor e melhor enchimento de grãos.

Eficiência agronômica e viabilidade técnica

[rml_read_more]

O experimento foi conduzido na Estação de Pesquisa Terra Gerais Experimental, localizada no Sítio Campo Limpo, no município de Lavras-MG 21°14’45,9308’’de latitude sul, 44°57’40,7886’’de longitude oeste e 934 m de altitude.

Tabela 1. Tratamentos testados no ensaio.
Tratamentos
Manejo nutricional Época de aplicação Dose (L ha-1)
Controle
Acadian I Micron R5 0,2 1,0
Acadian II Micron V4 R8 0,2 1,0 1,0

Figura 1. Arranque e vigor de plantas e nodulação aos 30 dias após o plantio em função do manejo nutricional.

Gráfico 1. Média de grãos por vagem.

Figura 2. Número de grãos por vagens.

Gráfico 2. Produtividade.

Conclusão

O Programa Acadian se mostra agronomicamente eficiente e viável para a cultura do feijão. O mesmo resultou em um considerável aumento de produtividade de grãos em todos os tratamentos.

O manejo Acadian 1, com uma aplicação no sulco de plantio de 0,2 L ha-1 mais duas aplicações foliares de 1,0 L ha-1, propiciou maior índice de produtividade, com rendimento de aproximadamente 6 sc ha-1 a mais em relação ao tratamento Controle, seguido do tratamento  Acadian 2, com uma aplicação no sulco de plantio de 0,2 L ha-1 mais uma aplicação foliar de 1,0 L ha-1, com incremento produtivo de aproximadamente 3 sc ha-1.

Trabalho de campo

Trabalho realizado na Fazenda Paraíso em Itapetininga – SP, feijão irrigado variedade Dama plantado em outubro 2020.

          Controle                                                       

Figura 3. Comparativo visual entre o tratamento Controle à esquerda e Acadian à direita apenas com 500 ml/ha aplicado no sulco de plantio. Podemos observar que as entrelinhas da área tratada com Acadian estão mais fechadas.

Gráfico 3. Produtividade.

Imagens enviadas pelo produtor, satisfeito com o tratamento Acadian e sua produtividade de 55 sc/ha. Tratamento: 400 ml/ha no sulco de plantio e duas aplicações foliares de 300 ml/ha em V3 e R8.

ARTIGOS RELACIONADOS

Como preservar a qualidade do produto?

A empresa AO Embalagem Ltda, especialista em embalagens especiais para o segmento alimentício, participará pelo segundo ano consecutivo da Semana Internacional do Café. “Entendemos ser este...

Algas podem melhorar a eficiência dos fungicidas

Luís Antônio Siqueira de Azevedo Professor de Fitopatologia da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro e diretor técnico da LASA Suporte em Proteção de...

Alga verde no controle da antracnose do feijoeiro

Felipe Augusto Moretti Ferreira Pinto Engenheiro agrônomo, doutor em Fitopatologia e pesquisador da Epagri/ Estação Experimental de São Joaquim felipemoretti113@hotmail.com O feijão (Phaseolusvulgaris L.) é um...

Novidades no preparo de solo

Diego Weslly Ferreira do Nascimento Santos Doutorando em Engenharia Agrícola/Universidade Federal de Viçosa Haroldo Carlos Fernandes Professor do Departamento de Engenharia Agrícola/Universidade Federal de Viçosa haroldo@ufv.br A forma de...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!