Manejo biológico durante a florada do café arábica

0
173

Alessandra Marieli VacariDoutora em Entomologia e professora dos Programas de Pós-graduação em Ciência Animal – Universidade de Franca (Unifran)amvacari@gmail.com

Gustavo Pincerato Figueiredo / Enes Pereira Barbosa / Eder de Oliveira Cabral

Engenheiros agrônomos e mestrandos no Programa de Pós-graduação em Ciência Animal – Unifran

Apesar do pequeno percentual que representa o café orgânico, comparado com a produção de café convencional do Brasil, o mesmo vem aumentando a sua participação no mercado e está em constante expansão. O sistema orgânico de café tem um enorme potencial de promover a preservação ambiental, assim, tendo como fundamento os princípios da agroecologia e, consequentemente, eliminar o uso de agrotóxicos e adubos minerais.

Implantação de uma lavoura orgânica

O primeiro passo importante para o produtor que queira iniciar os trabalhos com a produção do café orgânico é buscar informações sobre o manejo, filiando-se a uma organização que possua uma estrutura necessária para suportar tal demanda.

Hoje, o produtor possui suporte de muitas informações e alternativas para implantar uma lavoura de café orgânico. Após escolher o local que a cultura será instalada, o futuro cafeicultor orgânico deverá escolher uma cultivar apta a todas as possíveis diversidades que ele encontrará pela frente, iniciando pela escolha da variedade do café.

Existem muitas variedades. Dentre elas, algumas possuem resistência à principal doença do cafeeiro, a “ferrugem” Hemileia vastatrix, outras possuem resistência a pragas-chave da cultura, como o “bicho mineiro” Leucoptera coffeella, outras possuem tolerância maior a veranicos, com maiores ou menores produtividades. São muitas as opções que deverão ser levadas em consideração.

Certificação

Para um produtor ser validado como orgânico, o mesmo precisa obter a certificação, o que quer dizer que ele precisa passar por alguma(s) auditoria(s) para averiguação do cumprimento das regras que tal órgão/selo exige.

Manejo orgânico

O Brasil, cada vez mais, apresenta demanda no manejo orgânico em todas as culturas aqui cultivadas. Assim, empresas que comercializam produtos biológicos estão em crescente evolução, buscando novas tecnologias e soluções para as adversidades que os produtores vêm enfrentando.

Tendo em vista o passado, hoje o produtor tem mais ajuda, alternativas e incentivos para o cultivo orgânico, mas isso não quer dizer que todas as adversidades sofridas por tal cultura, como pragas, doenças e plantas daninhas estão solucionadas.

O cafeicultor que possui uma lavoura orgânica com uma cultivar que não é resistente às principais doenças e/ou pragas da cultura ainda sofre com a falta de opções de produtos registrados/certificados que combatem tais adversidades. Assim, no manejo orgânico trabalha-se com muitas técnicas alternativas para tentar controlar os problemas citados.

Produtividade do café

Para ler o restante deste artigo você tem que estar logado. Se você já tem uma conta, digite seu nome de usuário e senha. Se ainda não tem uma conta, cadastre-se e aguarde a liberação do seu acesso.