Manga fora de época: Como é possível produzir?

0
192

Autor

Givago CoutinhoDoutor em Fruticultura e professor efetivo – Centro Universitário de Goiatuba (UniCerrado) – givago_agro@hotmail.com

Manga – Crédito: Shutterstock

Com relação aos principais Estados produtores de manga, o Nordeste brasileiro tem destaque, sobretudo Pernambuco e Bahia, este último tendo liderado a safra 2017, com 438.603 toneladas produzidas, seguida por Pernambuco, com 241.914 toneladas. Já em 2018 a ordem foi inversa, com Pernambuco liderando a produção nacional, com 496.937 toneladas, e Bahia com 378.362 toneladas (IBGE, 2020).

Segundo o IBGE (2020), o rendimento médio da produção (quilogramas por hectare) de manga nos anos de 2017 e 2018 foram 17.023 e 20.097, respectivamente. Com relação às produtividades média por Estado, Pernambuco lidera a produção nos dois anos avaliados, com 22.163          (2017) e 41.308 (2018), respectivamente.

Já os Estados com menores produtividades foram o Rio Grande do Sul (7.647 em 2017 e 6.896 em 2018) e o Maranhão (5.879 em 2017 e 3.845 em 2018), respectivamente.

Viabilidade financeira

De maneira geral, em condições de pomares bem conduzidos, tem-se relatado a produção de cerca de 500 a 700 frutos por hectare a cada ano em plantas adultas. Contudo, há que se atentar que a produção e rentabilidade dependem de vários fatores referentes à cultura, sobretudo a variedade cultivada, clima, solo, tratos culturais, espaçamento, método de colheita, pragas e doenças.

Além disso, a mangueira produz um elevado número de flores que não chegam efetivamente a formar frutos. Assim, a quantidade de frutos colhidos é pequena quando comparada com a quantidade de flores produzidas pela planta.

Em pomares comerciais, o retorno tem início somente a partir do terceiro ano após o plantio. Assim, atenção maior deve ser dada à escolha da variedade adequada, pois o investimento inicial na implantação da cultura é, de maneira geral, elevado.

Oferta x demanda

Hoje a procura pela manga tem sido crescente tanto no mercado interno quanto externo e tem alcançando bons preços. A quantidade de manga produzida no Brasil foi de 1.089.882 toneladas em 2017, enquanto que em 2018 esse valor foi superior em 17,4% (1.319.296 toneladas) (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, 2020). Além disso, a manga é uma das frutas mais procuradas no mundo.

Técnicas

Para fundamentar a expansão e sucesso no cultivo, novas técnicas de produção foram surgindo e promovendo a mangicultura para novos patamares de produtividade. Dentre essas técnicas podemos ressaltar a indução floral, que permite a produção de manga fora do período tradicional de produção da cultura, o que permite encontrar a manga nas prateleiras do supermercado em qualquer época do ano.

Assim, dominar as modernas formas de produção no cultivo da mangueira permite alavancar a produção e alcançar o sucesso produtivo em termos de mercado regional, nacional e, por conseguinte, internacional. Interpretar o comportamento da mangueira é fator chave para o sucesso, assim como entender como a antecipação da produção de frutos impacta no aumento da produtividade e oferta do produto em épocas em que o mesmo esteja em falta no mercado.

Produção fora de época

Para ler o restante deste artigo você tem que estar logado. Se você já tem uma conta, digite seu nome de usuário e senha. Se ainda não tem uma conta, cadastre-se e aguarde a liberação do seu acesso.