18.1 C
São Paulo
segunda-feira, agosto 8, 2022
-Publicidade-
Inicio Notícias Matopiba, MT e SP plantam soja com umidade do solo acima da...

Matopiba, MT e SP plantam soja com umidade do solo acima da média, aponta Geosys

Soja – Créditos: shurtterstock

Parte de Goiás também apresentam boas condições de umidade de solo, mas Mato Grosso do Sul e Rio Grande do Sul iniciam novembro com cenário de seca nas áreas de produção

O Matopiba está com boas condições para o plantio de soja neste início de novembro. As chuvas foram boas e regulares desde a segunda quinzena de outubro e favoreceram o início do plantio em todas as regiões de soja nos estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia. A umidade do solo está acima da média e deve se manter assim nos próximos dias, já que são esperadas mais chuvas na região. Tocantins é o estado com o trabalho de campo mais adiantado. 

Além do Matopiba, outras áreas da zona da soja receberam bons volumes de chuva nos últimos dez dias e estão com índice de umidade do solo favorável ao plantio da soja, de acordo com dados apurados pelo trabalho de sensoriamento remoto, com uso de dados de satélites, realizado pela Geosys Brasil. Os modelos europeu (ECMWF) e americano (GFS) mostraram que o volume de chuva foi alto no Sudeste, em boa parte do Nordeste e parte de Goiás.

Na região Sudeste, o estado de São Paulo registrou chuva acumulada de 173,5mm, volume 67,4% superior em relação à média dos últimos 10 anos. Neste momento, a umidade do solo encontra-se acima da média, favorecendo as culturas de cana-de-açúcar, café e o plantio da soja. Em Minas Gerais, o índice de vegetação (NDVI) apresentou boa dinâmica demonstrando bom desenvolvimento da soja. A previsão aponta chuvas todos os dias até 17 de novembro.

No Centro-Oeste, Mato Grosso está com índice de vegetação (NDVI) maior do que no mesmo período de 2020, com previsão de chuvas nas áreas de soja todos os dias até 14 de novembro. Em Goiás, o índice de vegetação (NDVI) da soja está abaixo da média, mas os modelos (ECMWF e GFS) apontam bons volumes de chuvas nos próximos dias, contribuindo para o desenvolvimento da soja. Já o Mato Grosso do Sul está em situação de alerta. Nos últimos dez dias o estado recebeu apenas 8,1mm de chuva, volume muito inferior à média de 52,2 mm no período.  A umidade do solo está abaixo da média e a previsão para os próximos dias é de baixo volume de chuva para esta região.

No Sul, situação semelhante vive o Rio Grande do Sul, onde o volume de chuva variou de 0 a 10mm no mesmo período. A umidade do solo está baixa e a previsão não aponta volumes de chuvas significativos para os próximos dez dias. 

Inicio Notícias Matopiba, MT e SP plantam soja com umidade do solo acima da...