26.6 C
Uberlândia
sexta-feira, junho 14, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioAnimaisMelhoramento genético promove qualidade da carne do produtor ao consumidor

Melhoramento genético promove qualidade da carne do produtor ao consumidor

Gado – Crédito: Bernardo Potter – Divulgação

Com o mercado da carne aquecido, a produção na ponta também busca garantir a qualidade do produto que chega ao consumidor final. Neste ponto, o melhoramento genético pode contribuir para que o produto tenha a excelência que é cada vez mais exigida pelos mercados.

Segundo o presidente do Conselho Técnico da Conexão Delta G, Bernardo Pötter, a entidade, apesar de ser conhecida por oferecer ao mercado reprodutores de alto valor genético, tem entre seus associados uma alta produção de animais destinados à carne de qualidade. “Nossos associados têm animais que não são comercializados como reprodutores e viram animais de abate. A grande oferta é por animais jovens que são disponibilizados ao mercado em forma de carne”, salienta.

O dirigente reforça que a Conexão Delta G por um lado contribui fornecendo reprodutores para que os produtores comerciais possam produzir animais de alta qualidade de carne e por outro lado produz diretamente carne de qualidade pela produção massiva em seus rebanhos de animais jovens ao mercado. “Os produtores da Conexão Delta G investem grandemente na terminação de animais jovens bem acabados para o mercado, com padrão de primeiro mundo aproveitando esse potencial genético para produzir nossos novilhos”, reforça.

Pötter complementa destacando que estes animais das raças Hereford e Braford são selecionados por desempenho de qualidade de carne, que são abatidos em idade muito jovem.


Texto: Nestor Tipa Júnior/AgroEffective

ARTIGOS RELACIONADOS

Trigo branqueador com diferencial agronômico

TBIO Duque chega para suprir a demanda de trigos com farinha branqueadora, trazendo um pacote agronômico inédito no mercado

Bioativo natural impulsiona produtividade de melão no nordeste do país

O Brasil é o maior produtor de melão da América do Sul, com cerca de 20 mil hectares plantados. A região Nordeste responde por cerca de 99% dessa produção, favorecida pela combinação de altas temperaturas com boa luminosidade e baixa umidade relativa do ar.

Safra de grãos será 20% menor em Santa Catarina, estima FAESC

A escassez hídrica vivida no ano em Santa Catarina impactará drasticamente na safra de grãos 2020/2021 e na produção de leite no Estado. A avaliação é...

Prensso Máquinas conquista certificação

A certificação da ISO 9001:2015 pela Prensso Máquinas, empresa prestes a completar 28 anos ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!