Métodos de controle protegem batata de plantas daninhas

0
147

Autores

Antonio Santana Batista de Oliveira Filho Mestrando em Produção Vegetal – FCAV/UNESPa15santanafilho@gmail.com

Adriana Araujo Diniz Professora adjunta II – Universidade Estadual do Maranhão (UEMA/CESBA)adrisolos2016@gmail.com

Myrelly Nazaré Costa NoletoGraduanda em Engenharia Agronômica – UEMA/CESBA – myrellynoleto11@gmail.com

Lavoura – Fotos: Shutterstock

As plantas daninhas são consideradas quaisquer plantas que estejam na lavoura que não fazem parte da cultura principal, consequentemente competem por água, nutrientes, espaço e também luz, portanto, se não controladas, podem causar prejuízos expressivos de crescimento e desenvolvimento da cultura, frisando o fato de que as mesmas também causam efeitos alelopáticos, dificultam a colheita, diminuem a qualidade do produto e aumentam o custo da produção.

Os efeitos com danos mais expressivos na produção da batata, oriundos da presença de plantas daninhas, são verificados principalmente na primeira metade do desenvolvimento da cultura, pois nessa fase a parte vegetativa ainda não conseguiu cobrir suficientemente a superfície.

Desse modo, a presença das daninhas com rápido crescimento e desenvolvimento pode se sobressair ao crescimento da cultura, levando à interferência na produção. Indiretamente, algumas ervas daninhas podem ser local de propagação de nematoides ou abrigo para doenças e pragas.

Sintomas e regiões mais afetadas

A presença de plantas daninhas pode influenciar principalmente na qualidade dos tubérculos, tornando-os menores e alterando sua densidade, portanto, diminuem seu valor no mercado. Ou seja, por meio do espaço ocupado, a presença das daninhas pode causar um menor desenvolvimento do tamanho dos tubérculos, já que competem com as raízes da planta, tanto por espaço como por água.

Como as plantas invasoras competem por nutrientes, água, espaço e luz solar, alguns sintomas podem aparecer nas folhas, como consequência da deficiência nutricional, dentre estes clorose, necrose e murchamento das folhas. O amarelecimento também pode aparecer, devido à falta da luz solar, causada pela presença da parte aérea das ervas daninhas que sobrepõem a cultura principal, provocando dificuldade na realização do processo fotossintético das plantas.

Os principais fatores que causam o surgimento de daninhas são as condições favoráveis de crescimento e desenvolvimento que as mesmas encontram no ambiente em que está implantada a cultura da batata, fatores estes que vão desde a nutrição, disponibilidade de água, até a luz solar.

O aparecimento das plantas daninhas também é condicionado ao banco de sementes existentes no solo. Estas sementes possuem capacidade de dormência e adequação às condições do ambiente, com elevado poder germinativo quando expostas às condições favoráveis.

Outro fator responsável pelo aparecimento das daninhas é o rápido crescimento e desenvolvimento destas, que levam a disseminação em todo o ambiente em curto espaço de tempo.

Formas de controle

As plantas daninhas podem ser controladas por métodos preventivos e curativos, sendo os principais: químicos, físicos, mecânicos e culturais.

O método preventivo é aquele em que se tomam decisões a fim de evitar a presença/entrada de plantas que não sejam a cultura principal, onde se introduzem tratos culturais, ou seja, medidas para evitar a presença de daninhas no local.

Para ler o restante deste artigo você tem que estar logado. Se você já tem uma conta, digite seu nome de usuário e senha. Se ainda não tem uma conta, cadastre-se e aguarde a liberação do seu acesso.