21.6 C
Uberlândia
terça-feira, abril 16, 2024
- Publicidade -
InícioDestaquesMilho: volume alto, rentabilidade baixa

Milho: volume alto, rentabilidade baixa

Volume de grãos aumentou 16%, mas o preço do milho reduziu em torno de 40%, pontua Aprosoja-MT

A colheita do milho da safra 2022/2023 foi encerrada em Mato Grosso e os números preliminares já indicam um aumento de 16% em relação ao volume total do ano passado. Porém, a rentabilidade dessa produção, enfrenta uma redução de aproximadamente 40%, indica a Associação de Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja-MT).

Com uma produtividade de 113 sacas por hectare, conforme as estimativas preliminares do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), o Estado contabiliza pouco mais de 51 milhões de toneladas de milho produzidas nessa safra. Fernando Cadore, presidente da Aprosoja-MT, avalia que o número é positivo em produtividade, mas a safra formada com altos custos enfrenta uma queda forte na precificação.

Créditos: Divulgação

Esse cenário, pontua o presidente, impacta diretamente na renda do produtor e, principalmente, na formação das novas lavouras para o novo período que se inicia agora com a soja, em setembro.

“Temos sentido, no campo, uma retração muito grande do produtor. Primeiro no nível de investimento. Quando fazemos a conta simples do milho a renda cai em torno de R$ 2,5 a R$ 3 mil por hectare, em função do preço, trazendo uma perda, por estado de Mato Grosso, em torno de R$ 20 bilhões, só na diferença de preço”, detalha Cadore.

Nesse sentido, complementa a Associação, há um impacto também quando o produtor faz o custo da nova lavoura 2023/2024. Com isso, a expectativa é que a área pare de subir e ocorra, então, uma retração no plantio para a próxima temporada de segunda safra.

“Até porque neste ano foram plantados 7.49 milhões de hectares, dos quais partes avançaram em áreas novas, um pouco mais marginais, mais arenosas, de cascalho. A safra foi positiva em volume de produção, porém negativa em rentabilidade e isso vai causar impacto direto na formação da safra 2023/2024, e o avanço das áreas de milho deve recuar, além do investimento em tecnologia que devem ser reduzidos porque hoje a conta não fecha”, explica.

Colheita em números

A colheita do milho da safra 2022/23 foi encerrada em Mato Grosso na sexta-feira (18), conforme o boletim semanal do Instituto Mato-grossense de Economia e Agropecuária (Imea). O processo foi finalizado com um dia de diferença com relação à safra anterior. A região Norte do Estado foi a primeira a completar a coleta do grão.

Conforme o levantamento, a região Norte já tinha completado a colheita em 11 de agosto, mesmo tendo o menor desemprenho no começo da safra. Na primeira semana de levantamento, em 19 de maio, a região estava em 0,03% da colheita. 

ARTIGOS RELACIONADOS

Laranja – Panorama nacional da produção

Autores Gustavo Antonio Ruffeil Alves Doutor e professor - Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA), campus Paragominas gustavo.ruffeil@ufra.edu.br Rhaiana Oliveira de Aviz Graduanda em...

Abertura da 15ª SIT conta com apresentação de novas tecnologias

O evento marca os 50 anos da Embrapa e os 15 anos de realização da Semana de Integração Tecnológica.

Sementes de milho de alta qualidade

Segundo levantamento da Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB), ...

Femagri Cerrado – Tecnologia digital gerando valor à cafeicultura

Linhas de crédito mais acessíveis, acesso à operação barter - em que o cafeicultor paga sua compra utilizando do próprio café como moeda de troca -, lançamentos e novidades do mercado, tecnologia digital e negócios com valores mais atraentes e com mais possibilidades de negociação. Todas essas vantagens estiveram ao alcance de produtores do Cerrado Mineiro e Alto Paranaíba durante a 4ª edição da Feira do Cerrado (Feira de Máquinas, Implementos e Insumos Agrícolas do Cerrado), que aconteceu nos dias 03 e 04 de abril, em Coromandel (MG).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!