Minas Gerais: potência em energia solar

0
208

Bruno Catta PretaCoordenador estadual da ABSOLAR em Minas Gerais

Energia solar – Crédito: AgroPower

Em Minas Gerais, temos um ambiente propício aos negócios do setor solar, com ótimos integradores, que são as empresas que fazem os projetos e as instalações. Temos fabricantes de estruturas, acessórios, além de empresas distribuidoras dos produtos oferecendo um leque completo de opções ao mercado.

Importante ressaltar que temos uma legislação estadual que incentiva os negócios de energia solar com isenção do ICMS para projetos de até 5,0 mega, além de contar com um dos melhores índices solarimétricos do Brasil.

Vantagens do sistema

Ao implementar um sistema de energia solar no agronegócio, estamos diferenciando esta propriedade, este negócio e os produtos por ele produzido dos concorrentes, uma vez que ao utilizar a fonte solar estamos agregando valor à marca, tornando seu processo produtivo mais limpo e sustentável.

Além dos ganhos em competitividade, os produtores obtêm redução do custo com eletricidade, aumentando a segurança elétrica e ficando protegidos dos aumentos das tarifas de eletricidade.

Viabilidade nas propriedades rurais

A aplicação de sistema de energia solar no setor rural resolve vários problemas, como a falta de oferta de energia elétrica constante e de qualidade pelas concessionárias. Muitas propriedades rurais têm grandes pivôs de irrigação parados porque a concessionária de energia não tem capacidade técnica de entregar nas localidades rurais a potência necessária para alimentar os motores.

A tecnologia pode ser utilizada em várias outras ocasiões, como no monitoramento e iluminação da propriedade rural, aumentando a segurança, no bombeamento e na irrigação, na refrigeração de carnes, leite e outros produtos, na regulação de temperatura para a produção de aves e frangos, e em sistemas de telecomunicação.


Dados no Brasil

Dados acumulados do setor solar fotovoltaico desde 2012 no Brasil:

ð Capacidade instalada em geração centralizada: 3.098 MW;

ð Capacidade instalada em geração distribuída: 4.667 MW;

ð  Investimentos totais em geração centralizada: R$ 16,7 milhões;;

ð Investimentos totais em geração distribuída: R$ 23,1 milhões;

ð Empregos gerados: Mais de 233 mil.

Segundo o estudo mais recente da Agência Internacional de Energia Renovável (International Renewable Energy Agency ou IRENA, na sigla em inglês), a potência acumulada mundial de energia solar fotovoltaica alcançou a marca de 480,3 gigawatts (GW) ao final de 2018.


Por onde começar

Para instalar um sistema de energia solar no agronegócio, é importante a contratação de mão de obra qualificada. Existem bons integradores, que são as empresas que fazem o dimensionamento, homologação e instalação dos sistemas.

Após a visita técnica no local onde será feita a instalação, esta empresa deve adquirir os equipamentos que compõem o kit fotovoltaico em uma distribuidora. Os principais produtos são os módulos, o inversor e as estruturas que podem ser específicas para instalação em telhados ou no solo.

Durabilidade

Os sistemas de energia solar são muito produtivos e duráveis. Os módulos têm, em média, garantia de 25 anos, os inversores cinco anos e as estruturas 12 anos, dependendo do fabricante.

Já a produtividade é espetacular. O início da produção de energia inicia todos os dias logo nos primeiros raios de sol, produzindo constantemente até o final da tarde.

Na prática, o produtor rural que tem um sistema de energia solar ganha previsibilidade, organização em seu caixa, consegue investir com mais segurança em máquinas e equipamentos, pois a energia será gerada na sua propriedade, e assim ele consegue ter mais controle do cenário.

Erros

Entre os erros mais frequentes estão:

] Dimensionamento incorreto de sistemas;

 ] Escolha de equipamentos inadequados;

] Contratação de empresas sem experiência em instalação de sistemas em zona rural;

] Montagem incorreta dos equipamentos.

Para não cair em ciladas, basta contar com boas empresas, que tenham certificados técnicos de qualidade e bom histórico de montagem de usinas em agronegócios.

Investimento

O investimento em energia solar fotovoltaica deve ser analisado caso a caso, já que depende de muitas variáveis, como o volume, porte e perfil de consumo deste consumidor, necessidade ou não da obtenção de financiamento, radiação solar da região, entre outros fatores.

O custo é proporcional ao tamanho do sistema, e cada projeto de energia solar deverá analisar individualmente a necessidade específica de cada propriedade.