14.9 C
Uberlândia
quarta-feira, julho 17, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioArtigosHortifrútiMoringa oleífera cultivada em sistema biodinâmico

Moringa oleífera cultivada em sistema biodinâmico

Crédito Pixabay
Crédito Pixabay

A moringa oleífera (Moringaceae) é uma hortaliça arbórea que chega a até oito metros de altura. Planta cultivada inicialmente na Índia,ela é considerada por botânicos e biólogos um milagre da natureza. A moringa, que possui uma variedade imensa de aplicações, chamada por muitos de planta multiuso, é também uma esperança para o combate da fome no mundo devido a sua composição rica em vitaminas e sais minerais (Colombo, 2012).

Ricardo CoanColodeto, técnico agrícola e em química, conta que no Brasil seu cultivo é comum no Nordeste,pois as sementes da moringa são agentes bactericidas, e por isso são utilizadas na limpeza da água. “Agora está mais difundida a questão nutricional das folhas da moringa, fazendo aumentar seu cultivo. Por ser uma planta muito produtiva, ela ajuda na complementação alimentar humana, com até quatro vezes mais potássio que a banana“, ressalta o especialista, que já encontrou o plantio na região de Campinas e São José do Rio Preto, no interior paulista.

A moringa contém 76 tipos de antioxidantes, 36 substâncias anti-inflamatórias e 92 nutrientes. A soja, por exemplo, tem 44 nutrientes, menos que a metade da moringa.A folha pode ser desidratada e consumida como tempero ou adorno culinário, visto que não altera o sabor da comida. Pode, ainda, ser acrescentada à carne, aos molhos ou ao arroz branco. O foco é absorver os nutrientes que a moringa oferece.

Produção

Da semeadura à primeira colheita, a produção da moringa acontece de quatro a seis meses. Os ramos são, então, arrancados, sem precisar cortar a árvore, para que as folhas possam ser aproveitadas. “Quanto mais nova a planta, maior é a concentração de nutrientes. Por isso nunca a deixamos crescer. Utilizamos da técnica de poda para que ela fique sempre pequena, e assim produza ramos novos com alta concentração de nutrientes“, ensina Ricardo Colodeto.

Ainda segundo ele,a moringa não é exigente em irrigação ou adubação, e prefere climas quentes. “É uma planta que não atrai praga. O único problema é a formiga, mas ainda assim, é de fácil manejo“, afirma o especialista.

Sistema biodinâmico

O sistema de cultivo biodinâmico é voltado para a agroecologia, em que se trabalha muito com a natureza, tanto com a flora quanto com a fauna. “No sistema biodinâmico respeitamos o tempo da lua e do sol, ou seja, consideramos a forma mais completa de cultivo de hortaliças no que diz respeito ao melhor desempenho nutricional, e não comercial. No sistema biodinâmico a concentração nutricional das plantas é muito maior, sem aumentar o custo. Além disso, são utilizados produtos naturais e orgânicos“, relata Ricardo Colodeto.

Custo x retorno

O quilo da semente (5.000 sementes, em média) da moringa oleífera varia de R$ 500,00 a R$ 800,00. “Se a semente tiver sido colhida recentemente, a germinação acontece logo, do contrário, ela perde o poder da germinação“, alerta Ricardo Colodeto.

O cultivo da moringa é muito viável economicamente, sendo que muitos países já estão investindo nela, devido ao seu teor nutricional. O cultivo, inclusive, pode ser consorciado com outras plantas, sendo que ela agrega valor a cultivos pequenos.

O valor de comercialização está, em média, R$ 50,00 a cada 100 ou 150 gramas da folha desidratada.

Essa matéria você encontra na edição de setembro 2017  da revista Campo & Negócios Hortifrúti. Adquira já a sua.

ARTIGOS RELACIONADOS

Chuvas no RS podem prejudicar ainda mais a safra de pêssego

 Segundo a Climatempo, precipitações estão sendo agravadas pelo El Niño, que continuará atuando na região durante toda a colheita da fruta   Nesta época, o...

Técnicas que evitam pragas no cafeeiro

Júlio Cesar Freitas Santos Engenheiro agrônomo e pesquisador fitotecnista da Embrapa Café julio.cesar@embrapa.br   A broca-do-café, Hypothenemushampei (Ferrari, 1867) (Coleoptera: Scolytidae), é uma das pragas que causa danos...

41ª Expointer – Nossa gente, nossa força

A 41ª Expointer ocorrerá de 25 de agosto a 2 de setembro, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio. A maior feira agropecuária...

Como utilizar fertilizantes organominerais na cana-de-açúcar?

Autor Regina Maria Quintão Lana Professora de Fertilidade e Nutrição de Plantas – Universidade Federal de Uberlândia (UFU) Reginaldo de Camargo Professor de Gestão...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!