26.6 C
Uberlândia
quarta-feira, abril 17, 2024
- Publicidade -
InícioDestaquesMosca-dos-chifres assola noroeste do Paraná

Mosca-dos-chifres assola noroeste do Paraná

Jornada técnica conscientiza pecuarista sobre a praga com informações de controle das infestações.

Alvo preferido da mosca-dos-chifres (Haematobia irritans), os bovinos são em maior número que a própria população brasileira. Segundo levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) são mais de 234 milhões de cabeças espalhadas por 2,5 milhões de propriedades.

Diego Sepúlveda, coordenador do Jornada Fiprotag
Créditos: Divulgação

Desse total, quase 8 milhões estão no Paraná – principalmente no Noroeste do estado, que inclui Umuarama e Paranavaí, entre outras cidades importantes. Somente essas duas abrigam 1,7 milhão de bovinos ou cerca de 22% do plantel paranaense. “Essas são as cidades com mais reclamações sobre a mosca-dos-chifres. O Sudoeste do Paraná também sofre com o inseto”, informa Diego Sepúlveda, coordenador do Jornada Fiprotag® 210 no Paraná.

A Jornada Fiprotag® 210 passou pelo Paraná. No total, foram 26 eventos promovidos pela coordenação regional da Vetoquinol Saúde Animal. Sua missão é divulgar a importância do combate à mosca-dos-chifres para os pecuaristas. O objetivo é padronizar as boas práticas sanitárias para proteger o lucro do produtor e o conforto dos animais.

“Oferecer informação técnica aos pecuaristas paranaenses sobre a mosca-dos-chifres impacta positivamente a pecuária do estado. Com o início da primavera, passamos por um momento de transição climática que reúne todas as características favoráveis ao desenvolvimento e infestação de Haematobia irritans. Por isso, esse é o momento perfeito para falar sobre esse mal”, destaca Sepúlveda.

A Jornada Fiprotag® 210 passa pelas cinco regiões do país, com informação de qualidade sobre o combate à mosca-dos-chifres. Com projeção para mapear 2 milhões de cabeças de gado de aproximadamente 1.500 pecuaristas, o projeto envolve mais de 60 eventos no Acre, Alagoas, Bahia, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rondônia, Pará, São Paulo, Sergipe e Tocantins.

Prejuízo da mosca-dos-chifres

Em 2022, a pecuária brasileira produziu 9 milhões de toneladas de carne bovina, além de 34,6 bilhões de litros de leite. Esse volume poderia ser maior, caso houvesse um rígido controle da mosca-dos-chifres (Haematobia irritans), já que o inseto causa prejuízo anual de R$ 3 bilhões.

Apenas uma mosca pode picar o animal 40 vezes em um único dia – o que compromete a produtividade, consequência do estresse causado pelas picadas. O brinco Fiprotag livra os bovinos desse incômodo. Isso foi comprovado pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) em estudo que mostrou proteção de até 210 dias, além de zerar a infestação da mosca 30 minutos após a aplicação.

ARTIGOS RELACIONADOS

Eficácia de ingredientes ativos contra a mosca-dos-chifres

Soluções com componentes e combinações diferenciadas favorecem a ação rápida e garantem proteção prolongada do rebanho, afastando inimigos – como a mosca-dos-chifres – e permitindo que os animais tenham saúde, bem-estar e desempenho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!