Mudas de tomate: Enraizadores beneficiam o sistema produtivo

0
94

Autora

Iuri Gabriel RodriguesTécnico em Química Industrial e graduando em Engenharia Agronômica iurigabriel080@gmail.com

Enraizadores de plantas são hormônios naturais ou sintéticos que estimulam o crescimento radicular das plantas. Está disponível comercialmente na forma sólida (em pó) e líquida.

Os enraizadores garantem melhores mudas de tomate devido aos benefícios como o aumento do desenvolvimento do sistema radicular, maior crescimento inicial das mudas, mais rápida recuperação frente a situações de estresse, tais como escassez de água, altas temperaturas e fitotoxidades causadas por defensivos agrícolas e a melhor germinação das sementes.

Manejo

Existem diversos tipos de aplicação dos produtos enraizadores e a forma de aplicação dependerá de qual processo de sua produção irá utilizar o hormônio, por exemplo:

ð Agregar o enraizador junto ao substrato na produção de mudas;

ð Tratamento de sementes: utilizar, preferencialmente, máquinas específicas para tratamento de sementes, cujas instruções de uso são fornecidas pelos seus fabricantes. Se não houver disponibilidade dessas máquinas, poderão ser usados também: tambores rotativos excêntricos ou betoneiras. Após tratadas, as sementes deverão ser armazenadas à sombra até o momento do plantio.

ð No sulco de plantio: aplicar o produto, diluído em água, por meio de pulverização, no sulco de plantio, utilizando-se pulverizadores com bicos tipo leque ângulo de 80° ou menor, fixados nas linhas de plantio das semeadoras ou das cobridoras e/ou plantadoras. O volume de calda a ser utilizado dependerá da vazão dos bicos e da velocidade do trator.

Pulverização foliar

Ü Aplicação terrestre: utilizar pulverizadores manuais ou tratorizados dotados de bicos tipo leque ou cônicos, munidos de pistolas ou turbo-pulverizadores. O volume de calda a ser utilizado dependerá do índice de enfolhamento e da altura das plantas no momento da aplicação, bem como da vazão dos bicos e velocidade de trabalho.

Ü Aplicação aérea: por meio de aeronaves agrícolas, equipadas com atomizadores de tela rotativa (“Micronair”) ou com barras dotadas de bicos adequados à cultura-alvo e/ou às condições climáticas no momento da pulverização.

Sempre seguir as orientações técnicas da bula e do engenheiro agrônomo responsável, que podem mudar algumas formas no modo de aplicação de acordo com o produto.

Manejo

Para implantar a técnica é necessário o auxílio de um engenheiro agrônomo responsável que tenha especialidade e de empresas com características idôneas para que não ocorra nenhum resultado sem satisfação por parte do investidor, pois a prática adota uma diversidade de benefícios, de modo que seja usado corretamente o produto.

Existem trabalhos em mudas de tomate que comprovam a eficiência do produto no aumento do sistema radicular, sanidade e redução de até 10 dias no tempo de produção das mudas. Em aplicação foliar existem estudos que comprovam o aumento da produtividade em até 20% quando aplicado nas primeiras fases do tomateiro.

Em campo

Para ler o restante deste artigo você tem que estar logado. Se você já tem uma conta, digite seu nome de usuário e senha. Se ainda não tem uma conta, cadastre-se e aguarde a liberação do seu acesso.