18.1 C
São Paulo
sexta-feira, agosto 12, 2022
-Publicidade-
Inicio Revistas Grãos Nova cultivar de café muito produtiva

Nova cultivar de café muito produtiva

José B. Matiello // Marcelo Jordão Filho // Saulo R. Almeida // Lucas Bartelega // Iran B. Ferreira (in memoriam) Engenheiros agrônomos – Fundação Procafé

Igor R. QueirozEngenheiro agrônomo

Lucas Ubiali // Leandro Andrade Engenheiros agrônomos bolsistas – Fundação Procafé

Eder Sandy Engenheiro agrônomo e consultor em cafeicultura

Café – Crédito: Procafé

Uma nova cultivar de cafeeiro, do material genético de Catucaí, foi testada e aprovada para plantio comercial, tratando-se de plantas muito produtivas, de frutos amarelos e de porte alto, por isso o nome Catucaí-apa.

As plantas de café das cultivares Catucaí apresentam bom vigor e produtividade semelhante ou superior ao padrão Catuaí.  A resistência à ferrugem, de início muito boa, com o aparecimento de novas raças do fungo, permaneceu adequada em algumas seleções e as demais apresentam tolerância, tendo o controle químico facilitado. Ultimamente foi liberada uma seleção com boa resistência.

Assim, as plantas altas selecionadas, que deram origem à cultivar Catucaí-apa, foram oriundas em sementes da cultivar Catucaí amarelo 2 SL obtidas da FEX Varginha. Apenas para lembrar, a característica de porte alto é definida por um fator recessivo (ctct). Portanto, plantas de porte alto, com autofecundação, como ocorre em cafeeiros arábica, só dão origem a esse tipo de porte.

Ensaio

A testagem do material de Catucaí-apa foi feita através de um ensaio conduzido na região da Alta Mogiana, em São José da Bela Vista, próximo a Franca (SP). A comparação foi efetuada com outros 17 materiais, incluindo padrões de porte alto e baixo, como três cultivares de Mundo Novo e 3 de Catuaí, mais alguns materiais com resistência à ferrugem.

O ensaio foi conduzido em blocos ao acaso, com quatro repetições e parcelas de 10 plantas e sob duas condições, de sequeiro e irrigado.

Os resultados na média das cinco safras mostram a maior produtividade do material de Catucaí-apa, seja na condição irrigado ou de sequeiro, sendo, na média das duas condições, 24% mais produtivo em relação aos MN e 29% a mais do que os Catuaís.

Houve significativo destaque, também, para o tamanho dos grãos (peneira) colhidos no Catucaí-apa, com elevado percentual de grãos de peneiras altas. Outras características observadas foram o bom vigor das plantas e a maturação dos frutos com boa precocidade e de forma uniforme.

As plantas possuem folhas novas de coloração predominantemente bronze e apresentam tolerância à ferrugem. A altura das plantas é semelhante àquelas de MN.

Alternativa

Assim, os produtores que preferem o plantio de variedades de café de porte alto podem contar, agora, com nova alternativa, com boa produtividade, com frutos de maturação uniforme e de grãos graúdos, além da maior facilidade de controle da ferrugem, vantagens adicionais em relação ao padrão atual, o Mundo Novo.

Inicio Revistas Grãos Nova cultivar de café muito produtiva