26.6 C
Uberlândia
terça-feira, abril 23, 2024
- Publicidade -
InícioNotíciasNova fase do Programa Agro +Verde chegará a mais 170 produtores

Nova fase do Programa Agro +Verde chegará a mais 170 produtores

O Agro +Verde presta atendimento por meio de técnicos de campo treinados pelo Senar Minas.

Mais 170 produtores rurais irão receber insumos e assistência técnica para promover a sustentabilidade no Triângulo Mineiro. A novidade faz parte da nova fase do Programa Agro +Verde, ação conjunta entre Cargill, o Instituto Antônio Ernesto de Salvo (Inaes), entidade do Sistema Faemg Senar – Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais e o Sindicato Rural de Uberlândia. A oficialização da segunda etapa da iniciativa foi feita nesta quarta-feira, 22, durante a Femec – Feira do Agronegócio Mineiro, realizada de 21 a 24 de março, em Uberlândia-MG com patrocínio da CAIXA e do Governo Federal.

Na ocasião, as duas instituições apresentaram os resultados preliminares obtidos na primeira fase das ações, que contemplaram 30 produtores de seis municípios das Bacias do Rio Grande e do Rio Tijuco para que eles pudessem melhorar a qualidade das pastagens e restaurar áreas de preservação permanente e reserva legal dentro das propriedades.

Produção com sustentabilidade

O Agro +Verde presta atendimento por meio de técnicos de campo treinados pelo Senar Minas. As ações incluem o diagnóstico da propriedade rural e das áreas de proteção legal que serão restauradas, análise de solo para levantar quais serão os insumos necessários, o preparo da área, o fornecimento de mudas, além da capacitação dos produtores para manutenção e monitoramento das áreas restauradas.

O programa está conectado com o compromisso da Cargill para alcançar uma cadeia de abastecimento cada vez mais sustentável, o que inclui suporte na regularização das propriedades dos clientes, como explica o coordenador de Sustentabilidade da empresa, Raphael Hamawaki: “Essa iniciativa está alinhada ao propósito da companhia em nutrir o mundo de maneira segura, responsável e sustentável. Participamos desde a definição e desenho do escopo deste projeto e continuaremos até a fase de monitoramento e avaliação do impacto da iniciativa”.

A Cargill anunciou no ano passado a meta de restaurar 100 mil hectares de áreas alteradas nos próximos cinco anos com uma série de projetos espalhados pelo País.

A proposta do projeto no Triângulo Mineiro é recuperar áreas degradadas, otimizar o uso dos recursos naturais disponíveis, potencializar a disponibilidade hídrica e recompor a vegetação nativa em áreas de proteção legal, sempre com práticas de agricultura de baixo carbono e sistemas de Integração-Lavoura-Pecuária – ILP. “Esperamos, com essa iniciativa, recuperar cerca de 3 mil hectares de pastagem degradada e cerca de 1.500 hectares de passivos ambientais em áreas de reserva legal e preservação permanente”, acrescenta o gerente executivo do Inaes, Celso Furtado Júnior.

Sobre o Inaes / Sistema Faemg Senar

O Sistema Faemg Senar representa os produtores rurais de toda Minas Gerais. O Instituto Antônio Ernesto de Salvo (Inaes) é o braço de inovação e pesquisa da entidade. É uma associação civil, sem fins lucrativos, que tem por objeto o estudo, planejamento, formulação, implementação e avaliação de políticas, projetos, programas e transferência de tecnologia para o desenvolvimento sustentável dos territórios rurais. Além do Inaes, o sistema é formado pela Faemg, que atua nas instâncias governamentais e institucionais, em busca do desenvolvimento do setor; o Senar Minas, que promove a formação e a capacitação dos trabalhadores, produtores rurais e suas famílias com treinamentos e Assistência Técnica e Gerencial; e os 393 Sindicatos dos Produtores Rurais, representantes da categoria nos municípios. O agronegócio mineiro tem cerca de 600 mil propriedades rurais e emprega 4 milhões de pessoas direta e indiretamente. Mais de 400 mil pequenos, médios e grandes produtores mineiros são beneficiados pelas ações institucionais do Sistema Faemg Senar, parte integrante do Sistema Patronal Rural, que tem como entidade líder a CNA (Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil).

Sobre a Cargill

A Cargill ajuda o sistema alimentar mundial a funcionar para você. Conectamos agricultores com mercados, clientes com ingredientes e famílias com o essencial do dia a dia – desde os alimentos que eles comem até o chão em que pisam. Nossos 155.000 integrantes da equipe em todo o mundo inovam com propósito, capacitando nossos parceiros e nossas comunidades enquanto trabalhamos para nutrir o mundo de uma maneira segura, responsável e sustentável. Isso inclui nossos 11.000 colegas no Brasil, onde trabalhamos desde 1965 para tornar nossa visão global uma realidade local. Desde rações que reduzem as emissões de metano até combustíveis renováveis baseados em resíduos, as possibilidades são ilimitadas. Mas nossos valores permanecem os mesmos. Colocamos as pessoas em primeiro lugar. Chegamos mais longe. Fazemos a coisa certa. E é assim que a Cargill atende às necessidades variáveis das pessoas que chamamos de vizinhas e do planeta que chamamos de lar – hoje e para as próximas gerações. Para obter mais informações, visite Cargill.com e a nossa Central de Notícias.

ARTIGOS RELACIONADOS

Mudas florestais respondem com sanidade aos fertilizantes de liberação lenta

Luíz Paulo Figueredo Benício Doutor em Solos e Nutrição de Plantas luizpaulo.figueredo@gmail.com Na natureza existem centenas de elementos químicos, no entanto, apenas alguns são necessários para o...

Agricultores que usam Monsoy vencem prêmio de produtividade de soja em duas categorias

O desafio nacional, realizado pelo Comitê Estratégico Soja Brasil (CESB), teve mais de 5.000 inscritos este ano, um aumento de 12% em relação ao...

26ª Hortitec – Expectativa de negócios superiores a R$ 100 milhões

A 26ª edição da Hortitec é a mais importante feira de hortaliças, flores e frutas da América Latina, e será realizada em Holambra (SP), entre 26 e 28 de junho. A estimativa de negócios no evento é da ordem de R$ 110 milhões e o público aguardado é de mais de 30 mil visitantes.

Brasil – Consumo de cápsulas deve aumentar mais de 100% até 2019

O consumo de cápsulas de café no Brasil deve aumentar mais de 100% até 2019, de acordo com dados da Associação Brasileira da Indústria...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!