22 C
Uberlândia
segunda-feira, julho 15, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioMáquinasNova Mutum-MT recebe o Fundação MT em Campo 2016

Nova Mutum-MT recebe o Fundação MT em Campo 2016

 

Estação de pesquisa será aberta para a difusão de informações

 

DSC_0618Em mais um ano, a Fundação de Apoio à Pesquisa Agropecuária de Mato Grosso, Fundação MT, vai receber o público para dois dias de campo com divulgação de resultados em diversas áreas da agricultura. O tradicional Fundação MT em Campo acontece nesta sexta-feira e sábado (29 e 30) em Nova Mutum, no Centro de Aprendizagem e Difusão da Fundação MT (CAD), considerada a maior área demonstrativa de práticas agrícolas do Estado. Na oportunidade, os participantes poderão visualizar à campo, em 11 estações de pesquisa, as reações de cada cultura e experimento diante das condições atuais desta safra, caracterizada pelo intenso período de estiagem.

Com início às 7h nos dois dias, a edição de 2016 traz o tema Produtividade e Rentabilidade, pois o esforço empregado na pesquisa, através do time da Fundação MT, tem como foco principal aumentar a produtividade e a rentabilidade do produtor. Francisco Soares Neto, diretor presidente da Fundação MT, acrescenta que o intuito é também o de “preparar todos os envolvidos na cadeia produtiva para terem maiores condições de enfrentar as adversidades que surgem a cada safra“.

Os experimentos que serão apresentados trazem resultados deste ano e de safras anteriores. “Convidamos os produtores e demais profissionais para nos acompanhar nestes dias e ver, de forma prática, as estações onde o nosso time desenvolve os mais variados estudos sobre nematoides, adubação, doenças, insetos, mecanização, manejo de herbicidas, rotação de culturas, variabilidade espacial, entre outros. É uma excelente oportunidade de ver em tempo real o que está escrito em muitos livros, debater com os especialistas e tirar as próprias conclusões“, destaca Leandro Zancanaro, gestor de Pesquisa da Fundação MT.

Temas ” As estações do Fundação MT em Campo em Nova Mutum vão contemplar os seguintes temas: Vitrine das cultivares de soja (Intacta, RR e Convencionais) e algodão (B2RF) para safrinha; Estádios de dessecação da soja: Há perdas? Quanto? (3º ano); Avaliação do efeito da quantidade e qualidade de palha para a semeadura de soja, com diferentes combinações de velocidade de deslocamento e mecanismos sulcadores; Compactação do solo: efeitos sobre o desenvolvimento e produtividade da soja e milho segunda safra; Produtividade e níveis de adubação no sistema soja/milho (3ª safra); Arranjo espacial de plantas: variedades x época de plantio x manejo de adubação (3º ano); Efeito de produtos em mistura com inseticidas no controle de pragas; Avaliação de fungicidas no controle de doenças e na seletividade à cultura; Manejo de herbicidas em sistemas RR e em culturas de cobertura; Ferramentas no manejo do nematoide das galhas em soja; e Efeito do sombreamento na cultura da soja sob diferentes arranjos espaciais.

As inscrições para o evento são gratuitas e podem ser realizadas a partir das 7h. O participante escolhe qual experimento quer visitar primeiro e pode fazer o circuito completo. “Preparamos tudo para que tenha o dinamismo que a classe produtora precisa para encontrar as informações de forma prática e didática“, explica Zancanaro

Rondonópolis ” Nos dias 5 e 6 de fevereiro o evento também acontece na região Sudeste do Estado, a partir das 7h, na Estação Cachoeira, com demonstração de 11 estações de pesquisa. Local: Fazenda Cachoeira – BR 163, Km 40, sentido Campo Grande (MS).

ARTIGOS RELACIONADOS

FMC – Inovações para auxiliar cafeicultores com novas práticas

A FMC Agricultural Solutions esteve em Três Pontas (MG)  para participar da Expocafé. “O cafeicultor teve a oportunidade de se atualizar sobre novas tecnologias, as...

Safra de verão – Hora da decisão sobre os insumos agrícolas

  Os agricultores devem ir às compras o quanto antes, considerando que esta é a melhor época para analisar os custos na ponta do lápis,...

Fertilizantes organominerais estimulam proliferação de microrganismos

Diego Henriques Santos Engenheiro agrônomo da Companhia de Desenvolvimento Agrícola de São Paulo - Codasp (Centro de Negócios de Presidente Prudente) dihens@bol.com.br   A aplicação do fertilizante organomineral...

Efeito do silício no aumento de vagens da soja

  Carlos Alexandre Costa Crusciol crusciol@fca.unesp.br Rogério Peres Soratto Departamento de Produção e Melhoramento Vegetal, Faculdade de Ciências Agronômicas, Universidade Estadual Paulista/UNESP Gustavo Spadotti Amaral Castro Pesquisador da Embrapa...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!