Nova tecnologia para a 13ª edição do CBA

0
15
Algodão – Foto: IHARA

Especializada em pesquisa e desenvolvimento de defensivos agrícolas, a IHARA ao longo dos seus 56 anos de atuação no mercado sempre esteve ao lado dos cotonicultores, investindo em novas tecnologias que ajudaram a viabilizar a cultura do algodão em solo brasileiro. Com presença confirmada no 13º Congresso Brasileiro do Algodão, que acontecerá entre os dias 16 e 18 de agosto de 2022, em Salvador (Bahia), a empresa pretende estreitar ainda mais os seus laços com os produtores da fibra e apresentar o seu último lançamento: Chaser, que possui uma molécula inédita e exclusiva no Brasil, sendo um produto único com ação inseticida e fungicida para o controle de diversos alvos: ácaro rajado, bicudo, pulgão e ramulária, que afetam de forma significativa a produtividade do algodão. Essa solução inovadora possui ação anti-feeding, que paralisa a alimentação das pragas de forma imediata, além de apresentar modo de ação que atua diretamente na respiração celular e também possui ação ovicida sobre ácaros.

O evento, que já entrou para o calendário de toda a cadeia produtiva do algodão, é muito importante para o setor por ser um ambiente destinado para atualização técnica, networking, inovação e inspiração. “Como essa cultura é bastante técnica em todos os elos de produção e pós-colheita, estar presente nas edições do CBA, nos possibilita estar cada vez mais próximos dos cotonicultores, contribuindo com a troca de informações, difusão de conhecimento e compartilhamento de boas experiências, que agregam tanto para a empresa como também para o produtor. Isso possibilita também estarmos mais preparados para uma próxima safra”, comenta o gerente de Marketing Regional da IHARA, Evandro Sasano.

A IHARA sempre se preocupou com a competitividade da cotonicultura, sendo responsável pela criação de soluções inovadoras que ajudaram a viabilizar o algodão no cerrado brasileiro. Além disso, a empresa participa ativamente do GBCA – Grupo Brasileiro de Consultores do Algodão, contribuindo nas discussões e debates em busca de caminhos que possam levar ao crescimento e rentabilidade no campo. “A produção do cotonicultor brasileiro é de altíssima qualidade e utiliza muita tecnologia com foco na sustentabilidade. E nós da IHARA, reforçamos nosso compromisso de continuar buscando novas tecnologias que auxiliam o agricultor a resolver problemas na lavoura e aumentar a sua produtividade de forma sustentável”, finaliza Sasano.

Sobre a IHARA

A IHARA é uma empresa de pesquisa e desenvolvimento que há mais de 55 anos leva soluções para a agricultura brasileira, setor no qual é reconhecida como fonte de inovação e tecnologia japonesa como uma marca que tem a credibilidade e a confiança dos seus clientes. A empresa conta com um portfólio completo de fungicidas, herbicidas e inseticidas somando mais de 60 produtos que contribuem para a proteção de mais de 100 diferentes tipos de cultivos, colaborando para que os agricultores possam produzir cada vez mais alimentos, com mais qualidade e de forma sustentável. Para mais informações acesse: www.ihara.com.br