22.8 C
Uberlândia
quarta-feira, julho 17, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioArtigosGrãosNovas cultivares com resistência a cisto e moderada resistência a galha

Novas cultivares com resistência a cisto e moderada resistência a galha

Campo-demonstrativo-da-Sementes-Gurupi-Créditos Gustavo Zanotto
Campo-demonstrativo-da-Sementes-Gurupi-Créditos Gustavo Zanotto

A Gurupi Sementes preparou para a Femec, nesse ano, um lançamento e um pré-lançamento para 2018. Trata-se de duas cultivares com resistência a nematoides de cisto e moderada resistência ao nematoide de galhas.

Edwilson Sene, responsável técnico da empresa, explica que o nematoide de cisto é um verme microscópico de solo que se alimenta das raízes da planta e não a deixam se desenvolver adequadamente. “Um dos maiores problemas da região da chapada é o nematoide, e o material que lançamos não o deixa avançar. O nome da solução é Brasmax Foco IPRO (74I77RSF IPRO), com resistência às raças de cisto 3 e 14, moderadamente resistente a cisto raças 6, 9, 10 e 14+ e moderadamente resistente a nematoide de galha M. Javanica. Está em pré-lançamento a Brasmax Única IPRO (68I68RSF IPRO), também resistente às raças 4, 6 e 14 de nematoide de cistos“, revela o profissional.

Ele conta, ainda, que foram plantados 1.120 hectares desta cultivar, registrados no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) como campo de produção de sementes. Desta área plantada foi obtida uma média produtiva de 80 sc/ha, o que atraiu um público interessado no lançamento, que é indicado para a região do cerrado.

Lançamentos

A Brasmax está agora lançando suas cultivares por macrorregião sojícola. A cultivar Brasmax Foco IPRO foi lançada para o Estado de Minas Gerais, que se encontra na macrorregião sojícola 3.

A cultivar Foco possui ciclo de 118 dias (da emergência à colheita), exigência à alta fertilidade, hábito de crescimento indeterminado, sanidade muito boa e engalhamento perfeito, com peso de mil de grãos por volta de 176 gramas, reunindo uma série de características que chegam para somar ao agricultor do Cerrado, principalmente de Minas Gerais.

“Em lavoura com 275 hectares chegamos a ter uma média produtiva de 83 sacas por hectare, confirmando que o material é, de fato, muito responsivo, e já está comercialmente ativo. Temos vários pedidos para esta safra, e a procura por ele está muito boa“, garante Edwilson Sene.

Créditos Gustavo Zanotto
Créditos Gustavo Zanotto

O evento

Essa foi a terceira edição que a Gurupi Sementes participou da Femec, e pelo segundo ano realizou o campo demonstrativo. “Nossa expectativa é sempre boa, e foi alcançada, com um movimento muito bom. Tivemos visitas de muitos produtores e distribuidores, procurando por informações mais precisas sobre as cultivares e suas recomendações“, orgulha-se o profissional.

Ainda segundo ele, a Femec é uma feira de grande peso, porque é a oportunidade de mostrar seus serviços e as cultivares de soja, com suas respectivas tecnologias voltadas para Minas Gerais.

Para a safra 2016/17 a Brasmax possui um portfólio completo para a região do cerrado. “Temos um portfólio de cultivares de sementes de soja produtivas adaptadas à  região para compor todo o plantio do produtor, como ciclo curto para plantar cedo e possibilitar uma safrinha, cultivares com resistência a cisto para quem tem problema de cisto em sua fazenda e cultivares rústicas para plantio em áreas de média fertilidade“, pontua Edwilson Sene.

Para a safra 2016/17 a Gurupi Sementes já disponibiliza todo o portfólio para atender às necessidades dos produtores e melhorar cada vez mais suas produtividades, com escalonamento de colheita.

Essa matéria você encontra na edição de maio 2017 da revista Campo & Negócios Grãos. Adquira já a sua.

ARTIGOS RELACIONADOS

O produtor rural e a terceirização de atividades ” cuidados necessários sob o enfoque trabalhista

  Por Juliana Weege e Nathalia Gerber Martins Na atividade rural é lícita a terceirização de atividades quando observado, em um primeiro momento, o disposto no...

Brandt fortalece parcerias com produtores e distribuidores de insumos agrícolas em Mato Grosso do Sul

A grande potencialidade de Mato Grosso para a produção agrícola levou a Brandt, uma das empresas líderes globais do mercado de fertilizantes foliares, a...

Cebolas de dias curtos – nova opção para o produtor

 A genética trouxe inovações para todos os setores da horticultura, sendo que para a cebola foram desenvolvidos materiais de dias mais curtos, beneficiando o...

Produção de pêssegos cresce e aparece

  A produção nacional, que ocupa mais de 21 mil hectares, movimenta R$ 400 milhões e gera anualmente mais de 2,5 milhões de empregos diretos...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!