22.6 C
Uberlândia
domingo, junho 23, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioAnimaisO papel das abelhas para a segurança alimentar

O papel das abelhas para a segurança alimentar

‏ Há uma relação fundamental entre as abelhas, o principal agente polinizador natural, e a agricultura. Um papel vital para a produção de alimentos. A polinização por animais gera quase US$ 42 bilhões para a agricultura brasileira e o destaque principal é para o trabalho das abelhas na cultura de soja

Abelha – Foto: shurtterstock

Um terço dos alimentos produzidos no mundo dependem de polinização. Diferentes estudos comprovam que mais de 75% das 115 principais espécies de culturas em todo o mundo dependem desse processo para a reprodução — algumas pesquisas indicam que o percentual pode ser ainda maior. Os principais polinizadores podem ser divididos entre insetos e fatores naturais, como a água e o vento. Mas a maior incidência do processo é de responsabilidade dos insetos, sendo a abelha o principal deles.

As abelhas, que neste dia 20 têm uma data mundial estabelecida pela Organização das Nações Unidas (ONU), são essenciais para a agricultura por aumentarem a produtividade e melhoram a qualidade da produção. O volume da produção agrícola dependente de polinizadores naturais aumentou 300% nos últimos 50 anos. “Existe uma relação fundamental entre as abelhas e a agricultura”, comenta Cláudia Quaglierini, líder de Sustentabilidade e Stewardship da CropLife Brasil, associação que reúne empresas, especialistas e instituições que atuam na pesquisa e desenvolvimento de tecnologias para produção sustentável.

A soja, em particular, agradece a presença das abelhas. A flor de soja contém néctar com açúcares e outras substâncias as quais as abelhas precisam para o desenvolvimento das colmeias. O mel de soja é de excelente qualidade, de acordo com especialistas, e a aceitação no mercado é alta, com forte demanda da indústria alimentícia e dos consumidores que usam o produto em refeições.

Uma planta de soja possui mais de 50 flores, a depender de fatores como clima, cultivo e solo. Segundo a Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária), a produção de néctar pode passar de 6 litros por dia por hectare. Com 20 dias de floração plena são 120 litros de néctar que as abelhas podem carregar para as colmeias. Apicultores que posicionam apiários perto de lavouras podem colher até 50 kg de mel por colmeia durante a florada da soja. Isso é maior que o dobro da média nacional, que é de 19 kg de mel por ano, por caixa. De acordo com a Embrapa Soja, há um aumento de produtividade da soja, entre 13% e 17%, com a visita de abelhas ao cultivo durante a florada.

Dados baseados em valores de produção do IBGE (2021) atestam que o valor da polinização realizada por animais gera quase US$ 42 bilhões para a agricultura brasileira. “Por meio da polinização das flores, as abelhas contribuem para o aumento da produtividade das plantações e para a melhoria da qualidade de frutos e sementes, em diversas culturas”, afirma ainda Cláudia Quaglierini. “As abelhas, que muitas vezes são vistas apenas pela produção apícola, têm um papel muito mais amplo e, como os principais agentes polinizadores naturais, são fundamentais para a produção agrícola e para a produção de alimentos brasileira.”

ARTIGOS RELACIONADOS

Indicação Geográfica do Mel do Pantanal e apicultura são discutidos em MS

  Reunião e encontro abertos ao público debatem perspectivas para as atividades Nos dias 04 e 05 de dezembro, sexta-feira e sábado, a apicultura e a...

Polo da Rota do Mel em Minas Gerais é lançado por Ministério da Integração e Codevasf

Novas famílias foram estruturadas com kits de apicultura em Ubaí e Januária; semiárido mineiro já produz 730 toneladas anuais de mel A produção de mel...

O mel como fonte de renda

Em curso gratuito e online, entre os dias 15 e 18/11, o Professor Armindo Vieira ensina como faturar R$ 100 mil por ano com a criação de abelhas e produção de mel

Aminoácidos amenizam impacto da geada na produção de maçã

Glaucio da Cruz Genuncio Doutor e professor de fruticultura do DFF/FAAZ/UFMT glauciogenuncio@gmail.com Elisamara Caldeira do Nascimento Talita de Santana Matos Doutoras em Agronomia/Ciência do Solo A geada é conhecida agronomicamente...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!