Inicio Revistas Hortifrúti O segredo da solução nutritiva na produção de alface hidropônica

O segredo da solução nutritiva na produção de alface hidropônica

0
1311

 

Helio Grassi Filho

Doutor em Solos e Nutrição Mineral de Plantas e professor da UNESP Botucatu

heliograssi@fca.unesp.br

 

Alface hidropônico - Crédito Hélio Grassi
Alface hidropônico – Crédito Hélio Grassi
Alface hidropônico - Crédito Hélio Grassi
Alface hidropônico – Crédito Hélio Grassi

Na hidroponia, o solo é substituído em sua função mais complexa, a de fornecedor de nutrientes, a qual é desempenhada pela solução nutritiva. Por essa razão, pode-se dizer que os aspectos nutricionais são a base para o sucesso dos cultivos hidropônicos. Portanto, a composição ideal da solução nutritiva depende não somente da concentração dos nutrientes, mas também de outros fatores ligados ao cultivo.

Solução nutritiva é fundamental

O que era considerado um segredo de Estado nas décadas de 50 e 60, nas de 70, 80 e 90 eram segredos comerciais. Hoje, com a concorrência e com a informação instantânea, a solução nutritiva tem o seu encanto, porém, acredito que o conjunto do sistema hidropônico, as condições ambientais da propriedade ao longo do ano e a logística para a entrega e o escalonamento da produção têm igual valor.

Solução ideal para a alface

Poderíamos afirmar que a solução proposta por Furlani (1997), para o estado de São Paulo, seria a mais indicada, devendo o produtor, em função das características ambientais (temperatura e umidade relativa), saber prever as alterações necessárias para que se tenha um bom desenvolvimento das plantas.

Nutrientes de maior importância

Todos os nutrientes têm sua importância, pois a retirada ou a falta ou excesso de apenas um deles acarretará em perda de produtividade.

Resposta da alface à solução nutritiva

Em termos de rentabilidade, a alface é a maior responsável pela produção em sistemas hidropônicos, pois teremos muitos mais ciclos da cultura em uma mesma área, quando comparado ao cultivo convencional.

Hidroponia-solução nutritiva - Crédito Hélio Grassi
Hidroponia-solução nutritiva – Crédito Hélio Grassi
Hidroponia-solução nutritiva - Crédito Hélio Grassi
Hidroponia-solução nutritiva – Crédito Hélio Grassi

Entretanto, três detalhes devem ser observados diariamente: o pH, a condutividade elétrica e a temperatura. Dos três fatores a temperatura dependerá da época do ano e do clima predominante na região onde o sistema está instalado.

Alguns fatores devem ser considerados: reservatório de solução sempre na sombra, se possível enterrado para que a variação de temperatura seja menor, e se mesmo assim não houver abaixamento da temperatura, pode-se recorrer a modificações na estrutura do sistema produtivo, como o aumento da declividade de 2 a 3% para 8 a 10% na bancada, fazendo com que a solução percorra os canais mais rapidamente, diminuindo a elevação de sua temperatura. A temperatura ideal deve variar entre 18 a 24°C.

Sobre o pH e a condutividade, devem ser corrigidos diariamente pela manhã e, como o produtor já está acostumado, lembrando que quando a correção do pH começar a ficar difícil, ou seja, exigir utilizar muito corretivo, é o indicativo de que está na hora de trocar a solução.

Quanto à condutividade, manter o proposto por Furlani (1997) ainda é o mais prático.

Considerações importantes

O clima deve ser levado em consideração na elaboração da solução nutritiva, pois no verão deve-se baixar a concentração de N e K na solução e elevar Ca, para que não haja estiolamento e para que a cabeça da alface se feche. No inverno, deve-se manter os teores propostos por Furlani (1997).

Cuidados necessários

Utilize sempre fertilizantes de boa qualidade, pois a solução nutritiva é o componente dos custos de menor expressão, e influenciará diretamente na qualidade, na pós-colheita e no valor de seu produto final.

SEM COMENTÁRIO