32 C
Uberlândia
quarta-feira, novembro 8, 2023
- Publicidade -
InícioArtigosHortifrútiPanorama da produção de uvas e vinhos no Brasil

Panorama da produção de uvas e vinhos no Brasil

Loiva Maria Ribeiro de Mello

Pesquisadora da Embrapa Uva e Vinho

loiva.mello@embrapa.com

 

Crédito Shutterstock
Crédito Shutterstock

A área cultivada com videiras no Brasil, em 2016, foi de 77.786 ha, apresentando redução na ordem de 0,31%, em relação ao ano anterior. No Estado do Rio Grande do Sul, que concentra 64,30% da área vitícola nacional, ocorreu incremento de 0,56% na área cultivada com videiras.

Nos demais Estados da região sul, o Paraná teve aumento de 0,78%, enquanto em Santa Catarina ocorreu redução de 0,29%. Esses índices mostram estabilidade da cultura nessa região.

Na região sudeste, os Estados de São Paulo e Minas Gerais, de maior importância, tiveram suas áreas ampliadas em 01 e 5,57%, respectivamente. Cabe destacar que nesses Estados está sendo implementada a produção de uvas para vinhos finos de qualidade diferenciada, proveniente de um sistema de produção de colheita tardia.

No Vale do São Francisco, localizado na região nordeste do País, ocorreu incremento de área em 0,50% em Pernambuco e redução de 25,93% no Estado da Bahia. Em contato com produtores locais, não foi detectada redução da área com videiras na Bahia.

São Paulo e Minas Gerais têm investido na produção de uvas para vinhos finos de qualidade diferenciada - CréditosShutterstock
São Paulo e Minas Gerais têm investido na produção de uvas para vinhos finos de qualidade diferenciada – CréditosShutterstock

Tabela 1. Área cultivada com videiras, por Estado, em hectares, 2014/16

Estados 2014 2015 2016
Rondônia 25 27 27
Piauí 9 7 7
Ceará 25 38 38
Paraíba 202 122 132
Pernambuco 6.797 6.814 6.848
Bahia 2.862 2.861 2.119
Minas Gerais 784 856 902
Espírito Santo 138 148 177
Rio de Janeiro 10 7 7
São Paulo 8.040 7.803 7.881
Paraná 4.681 4.465 4.500
Santa Catarina 4.897 4.846 4.832
Rio Grande do Sul 50.007 49.739 50.019
Mato Grosso do Sul 18 13 56
Mato Grosso 57 51 56
Goiás 150 150 106
Distrito Federal 77 79 79
Brasil 78.779 78.026 77.786

Fonte: IBGE, dados capturados em 14.12.2016

 

Brasil afora

A produção de uvas no Brasil, em 2016, foi de 984.244 toneladas, 34,27% inferior à verificada em 2015. A produção de uvas da região sul, em 2016, foi atípica. Ocorreu redução de 52,45% na produção do principal Estado produtor de uvas do País, o Rio Grande do Sul.

Em Santa Catarina, observou-se redução de 45,97% na produção e no Paraná a retração foi de 4,40%. Essa situação foi motivada por um conjunto de fatores climáticos. O inverno foi ameno, a primavera foi antecipada, houve ocorrência de geada tardia, chuva excessiva no período de brotação e até mesmo de granizo em algumas áreas isoladas.

A videira teve um ciclo vegetativo atípico, pois a brotação foi antecipada e desuniforme pela falta de frio, na sequência ocorreu geada (tardia) e culminou com muita chuva no período de floração (Alves et al 2016).

Na região sudeste, o Estado de São Paulo apresentou acréscimo de 1,84% na produção de uvas e no Vale do São Francisco a produção informada pelo IBGE em 2016 para o Estado de Pernambuco é a mesma da verificada no ano anterior. Na Bahia ocorreu redução de produção de 26,44%, proporcionalmente semelhante à redução da área, também não justificada em contato com produtores da região.

CréditosShutterstock
CréditosShutterstock

Tabela 2. Produção de uvas, por Estado, em toneladas, 2014/16

  2014 2015 2016
Rondônia 185 197 197
Piauí 252 168 168
Ceará 573 940 762
Paraíba 4.036 2.196 2.636
Pernambuco 236.719 237.367 237.367
Bahia 77.504 77.408 56.940
Minas Gerais 11.557 12.615 11.701
Espírito Santo 2.226 2.327 2.458
Rio de Janeiro 145 101 101
São Paulo 153.822 142.631 145.251
Paraná 78.979 69.035 66.000
Santa Catarina 68.743 69.118 37.344
Rio Grande do Sul 812.517 876.215 416.631
Mato Grosso do Sul 186 105 981
Mato Grosso 1.370 981 1.351
Goiás 3.524 4.008 2.566
Distrito Federal 1.845 1.890 1.790
Brasil 1.454.183 1.497.302 984.244

Fonte: IBGE, dados capturados em 14.12.2016

Evolução da quantidade de uvas processadas pelas empresas do RS (milhões de kg)

 

  Dados
Classif Tipo 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016
 

Americanas/Híbridas

BrancasRosadasTintas 44,6

16,8

323,5

46,3

11,0

369,3

43,3

9,9

286,8

55,3

13,2

447,9

50,1

13,2

359,4

47,2

9,3

310,6

56,6

11,3

430,5

68,8

15,1

466,4

60,6

10,5

391,0

58,5

13,1

409,2

78,8

15,3

532,8

78,6

14,9

527,1

66,3

10,8

460,2

58,8

9,9

471,3

79,1

16,2

537,2

28,3

4,4

235,3

Americanas/Híbridas Total 384,9 426,6 340,0 516,4 422,6 367,0 498,4 550,3 462,1 480,8 626,9 620,6 537,3 540,1 632,5 268,0
Viníferas BrancasRosadasTintas 31,7

0,5

17,8

28,5

0,2

19,1

20,8

0,3

22,3

27,1

0,3

35,2

28,8

0,4

41,5

22,0

0,3

34,2

28,1

0,2

43,9

34,4

0,3

49,1

32,4

0,2

39,8

22,0

0,1

24,0

37,7

0,2

44,7

36,3

0,3

39,7

36,8

0,2

36,9

35,7

0,2

30,1

40,0

0,2

30,2

18,7

0,1

13,5

Viníferas Total 50,0 47,8 43,4 62,6 70,6 56,6 72,2 83,8 72,4 46,1 82,7 76,3 73,9 66,0 70,4 32,3
Total Global 434,9 474,4 383,4 579,0 493,2 423,6 570,5 634,0 534,5 526,9 709,6 696,9 611,3 606,1 702,9 300,3

Fonte: IBRAVIN/MAPA/SEAPI-RS Cadastro Vinícola

Produção de vinhos, suco e derivados

A produção de vinhos, sucos e derivados do Rio Grande do Sul foi de 244,92 milhões de litros, em 2016, 57,99% inferior à verificada em 2015, em decorrência da redução de produção de uvas.

Os vinhos finos, elaborados com uvas Vitisvinifera L., apresentaram redução de produção de 51,36%, sendo que os vinhos tintos foram reduzidos em 47,60%, os brancos em 55,50% e os rosados em 29,77%.

Os vinhos de mesa, aqueles elaborados com uvas americanas e híbridas, sofreram redução de 58,96% na produção, com queda de 55,67% para os tintos, 72,88% para os brancos e 66,73% para os rosados.

Os sucos de uva também sofreram redução na ordem de 62,44%,sendo a maior redução de suco concentrado (68,89%). O suco de uva integral foi reduzido em 40,43%.  Também ocorreu redução na produção de mosto simples (50,68%), cujo uso pode ser na produção de vinhos, suco ou outros produtos vínicos.

Crédito Shutterstock
Crédito Shutterstock

Tabela 3. Produção de vinhos, sucos e derivados do Rio Grande do Sul, em litros

PRODUÇÃO 2014 2015 2016  
Vinho de mesa 196.173.123 210.308.560 86.319.015  
Tinto 157.776.363 169.811.472 75.279.191  
Branco 37.438.069 39.557.250 10.727.099  
Rosado 958.691 939.838 312.725  
Vinho Fino 38.464.314 37.148.982 18.070.626  
Tinto 17.208.996 16.745.896 8.774.847  
Branco 20.054.804 19.561.966 8.705.066  
Rosado 1.200.514 841.120 590.713  
Suco de uva integral 43.331.223 52.233.155 31117.869  
Suco concentrado* 166.961.570 178.306.565 55.462.600  
Mosto Simples 57.585.195 100.911.592 49.770.993  
Outros derivados** 2.801.715 4.106.899 4.179.323  
TOTAL 505.317.140 583.015.753 244.920.424

*Transformados em litros de suco simples. ** inclui base para espumantes e espumantes, licorosos, polpa de uva e outros.

Fontes: União Brasileira de Vitivinicultura ” Uvibra, Instituto Brasileiro do Vinho ” Ibravin

Elaboração: Loiva Maria Ribeiro de Mello – Embrapa Uva e Vinho

Safra atípica

Considerando que o Rio Grande do Sul é responsável por cerca de 90% da produção nacional de vinhos, sucos e derivados,pode-se inferir sobre o País os dados totais.

Problemas climáticos semelhantes, que resultaram na redução da produção de uvas, ocorreram também nos outros Estados da região sul.A queda acentuada da produção provocou aumento nos preços dos produtos.

Considerando o período de janeiro a outubro de 2016, em relação ao mesmo período de 2015, o setor vitivinícola do Rio Grande do Sul apresentou o seguinte desempenho:

Ãœ Os vinhos de mesa, aqueles elaborados com uvas americanas e/ou híbridas, sofreram redução de 16,92%;

Ü Os vinhos finos tiveram as vendas aumentadas em 2,31%;

Ãœ Os espumantes e os espumantes moscatéis apresentaram redução de 12,67% e 8,42%, respectivamente;

Ãœ O suco de uva natural integral apresentou redução de 21,34%, enquanto o suco de uva reprocessado/reconstituído teve acréscimo de 29,29%;

Ü O suco de uva concentrado teve suas vendas diminuídas em 15,54%.

Importações

 

As importações brasileiras de espumantes sofreu redução de 14,26% nos primeiros 11 meses do ano, enquanto as importações de vinhos apresentaram acréscimo de 11,81% no mesmo período.

Ocorreu redução na importação de uvas de mesa de 17,53% e aumento na importação de uvas passas na ordem de 8,55%.

 

Essa matéria completa você encontra na edição de abril 2017  da revista Campo & Negócios Hortifrúti. Adquira já a sua para leitura integral.

ARTIGOS RELACIONADOS

VANT amplia os horizontes do silvicultor

Daniel da Silva Souza Geógrafo, engenheiro florestal e diretor da Ecototus Serviços Florestais geocentrosul@gmail.com O uso de VANTs (Veículos Aéreos Não Tripulados) e de drones tem sido...

Híbrido ideal de cenoura de verão

  Laércio Boratto de Paula Engenheiro agrônomo, DSc em Fitotecnia e professor de Olericultura do IF Sudeste de MG - câmpus Barbacena lpboratto@yahoo.com.br A cenoura é uma hortaliça...

Aminoácidos proporcionam maturação uniforme do café

Daniela Andrade Mestre em Fitotecnia e coordenadora de operações agrícolas daniela.agronomia@outlook.com Uma das características mais desejáveis na cafeicultura brasileira é a maturação uniforme dos frutos, pois...

Genética é a saída para doenças do tomateiro

Cristiana Maia de Oliveira Engenheira agrônoma e doutoranda em Fitotecnia na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) cristiana.maia@hotmail.com Carlos Antonio dos Santos carlosantoniods@ufrrj.br Danielle Perez Palermo daniellepalermo@ufrrj.br Engenheiros agrônomos...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!