23.3 C
São Paulo
sexta-feira, julho 1, 2022
- Publicidade -
-Publicidade-
Inicio Revistas Hortifrúti Pimenta alaranjada é novidade para o setor produtivo

Pimenta alaranjada é novidade para o setor produtivo

Cláudia Silva da Costa Ribeiro

Pesquisadora da Embrapa Hortaliças

Crédito Cláudia Ribeiro

A nova cultivar de pimenta do tipo biquinho BRS Tui é uma das tecnologias apresentadas pela Embrapa. A cultivar apresenta alta produtividade e uniformidade, resistência a doenças e frutos muito doces, crocantes e aromáticos, tendo potencial para o mercado de consumo fresco e para o processamento na forma de conservas, geleias, azeites e vinagres aromatizados. Ela atende ao segmento de mercado que procura materiais com menos picância, mas com sabor e aroma acentuados.

Outra possibilidade da pimenta BRS Tui é seu uso como planta ornamental, já que seus frutos possuem cor laranja-claro e são bem decorativos. É a primeira cultivar de pimenta biquinho da cor salmão disponível no mercado brasileiro, portanto, há grande potencial de impactar a cadeia produtiva que busca o desenvolvimento de produtos diferenciados para atender novos nichos.

 

Características

 

A cultivar de pimenta do tipo biquinho BRS Tui apresenta resistência a nematoide-das-galhas (Meloidogyne incognita), resistência intermediária a oídio (Oidiopsissicula) e mancha bacteriana (Xanthomonaseuvesicatoria e X. gardneri) e tolerância em campo a importantes viroses de pimentas (GRSV, TCSV, PepYMV e PVY).

BRS Tui produz, em média, 30 t/ha de frutos nas condições da região centro-oeste do Brasil, em seis meses de colheita, em espaçamento de 1,2 m entre linhas x 0,35 m entre plantas, com uma população de 23 mil plantas/ha.

 

Diferenciais

 

Como diferenciais, ao desenvolver essa pimenta, a Embrapa buscou disponibilizar ao mercado uma cultivar do tipo biquinho doce de coloração laranja claro, diferente das demais cultivares de pimenta biquinho disponíveis no mercado, com um forte potencial em atender novos nichos que buscam o desenvolvimento de produtos diferenciados à base de pimentas.

Desenvolvida pelo programa de melhoramento genético de Capsicum da Embrapa Hortaliças, a pimenta BRS Tui deve ser disponibilizada em breve em edital de oferta pública para contratação de empresas interessadas na multiplicação e comercialização de sementes.

A BRS Tui atende tanto o mercado de frutos frescos como o de processamento, na forma de conservas, geleias, azeites e vinagres aromatizados. Pelo fato dos frutos serem doces, a nova cultivar também atende aos consumidores que não consomem pimentas devido ao seu ardor, podendo ainda ser utilizada como pimenta ornamental.

 

Essa matéria completa você encontra na edição de novembro de 2018 da Revista Campo & Negócios Hortifrúti. Adquira o seu exemplar para leitura completa.

Inicio Revistas Hortifrúti Pimenta alaranjada é novidade para o setor produtivo