21.6 C
Uberlândia
sábado, junho 15, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioMercadoPimentão não é o vilão das hortaliças

Pimentão não é o vilão das hortaliças

Cultivar é extremamente saudável, mas ainda há poucos defensivos registrados para utilização em seu cultivo

Pimentão

Assim como outras hortaliças de cultivo intensivo, o pimentão requer manejo adequado para fazer frente às intempéries climáticas e doenças do campo. O número reduzido de agroquímicos específicos para a cultura, ou seja, que sejam devidamente registrados para uso na plantação com toda a segurança necessária, torna ainda mais difícil a vida do produtor.

Steven Udsen, presidente da Associação Brasileira do Comércio de Sementes e Mudas (ABCSEM), explica que a morosidade no processo de registro de produtos para o controle de pragas e doenças no cultivo de hortaliças faz com que o produtor, por falta de opção, busque defensivos agrícolas destinados a outras culturas. Quando faz isso, descumpre a legislação em vigor, pois não há limite máximo de resíduo registrado para a sua cultura. “A falta de produtos específicos aprovados pelo governo para o cultivo do pimentão consiste ainda em um grande entrave da cadeia produtiva do pimentão, sendo uma das grandes lutas do setor junto aos órgãos públicos”, explica Udsen.

Soluções complementares

Enquanto a ABCSEM e o setor hortícola como um todo buscam conquistar a regulamentação de produtos para um manejo adequado da cultura junto ao governo brasileiro, todos os anos as empresas sementeiras investem em pesquisas para o desenvolvimento de novas variedades híbridas. Tolerantes às intempéries climáticas e resistentes às principais doenças que atacam a cultura, estas variedades visam ajudar o produtor rural na obtenção de uma produção mais segura e rentável.

Além do uso de cultivares mais resistentes, outra forma de ajudar a garantir a excelência na produção é por meio da adoção de controles biológicos, estufas e sistemas hidropônicos de cultivo. “Estas opções também aumentam a segurança no plantio, promovendo a obtenção de pimentões saudáveis, bem formados e padronizados“, acrescenta Udsen.

Mercado

Atualmente, a comercialização de sementes da cultura no País é responsável por um montante de cerca de R$ 30 milhões anualmente. O cultivo do pimentão é uma importante fonte de renda de vários produtores rurais do país e movimenta cerca de R$ 2 bilhões ao ano apenas no varejo, de acordo com a ABCSEM.

Vale ressaltar ainda que a cultura do pimentão é extremamente versátil, pois possibilita o cultivo do fruto em diferentes formatos e cores. Como, por exemplo, frutos com formato cônico, retangular ou quadrado e cores diversas como verde, vermelho, amarelo, roxo, creme, laranja. A cultivar pode ser ainda produzida em campo aberto ou por meio de cultivo protegido. Outro ponto relevante da cultura é o aspecto social, por demandar bastante mão-de-obra, possibilitando mais geração de emprego no campo.

ARTIGOS RELACIONADOS

Uso de Trichoderma no controle de Pythium na alface

  Elisa Adriano Aline José Maia Leandro Alvarenga Santos Doutores e pesquisadores da Universidade Estadual do Centro Oeste - PR Cacilda Márcia Duarte Rios Faria Doutora e professora da Universidade...

Cultivo protegido – Técnicas para inibir doenças

Rafael Campagnol Doutor e professor de Fitotecnia - Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), campus Cuiabá rafcampagnol@hotmail.com Giovani de Oliveira Arieira Professor de Fitopatologia -  Universidade Federal de...

Como solucionar – Deposição de gotas na aplicação de defensivos agrícolas

AutoresLeandro Bianchi leandro_bianchii@hotmail.com Samara Moreira Perissato samaraperissato@gmail.com Engenheiros agrônomos, mestres em Produção Vegetal e doutorandos em Agronomia - UNESP/FCA Roque de Carvalho Dias...

Drone: Adubação e pulverização ganham novo aliado

Autor Vinícius Bitencourt Campos Calou Mestre em Engenharia Agrícola e professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará, campus Iguatu vinicius.calou@ifce.edu.br...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!