27.3 C
Uberlândia
sexta-feira, julho 19, 2024
- Publicidade -spot_img
InícioDestaquesPlantio com mulching - já conhece?

Plantio com mulching – já conhece?

Givago Coutinho Doutor em Fruticultura e professor efetivo – Centro Universitário de Goiatuba (UniCerrado)givago_agro@hotmail.com

Abacaxi – Crédito: Waldir dos Santos

A cobertura do solo, também conhecida como “mulching”, consiste em um sistema que utiliza algum material com a finalidade de cobrir o solo afim de assegurar melhores condições a cultura, atuando assim como um protetor. Esta cobertura atua como uma barreira entre o solo e a atmosfera, exercendo um efeito isolante.

Diversos tipos de material podem ser utilizados como mulching, a exemplo de material vegetal (capim, palha, bagaço, cascas, etc.), inertes (carvão, papel tratado, etc.) e os plásticos, também chamados filmes que são produzidos para esta finalidade a partir de polietileno, de baixa espessura e limitada largura, podendo ser de diversas cores como preto, branco, prateado, pardo, verde ou mesmo transparente.

Esta técnica tem sido adotada por muitos abacaxicultores e têm ganhado espaço em algumas regiões a exemplo do Triângulo Mineiro, estado de Minas Gerais. Nesta modalidade de cultivo, o plástico é utilizado como revestimento na área de plantio, ou seja, as linhas de cultivo ficam protegidas.

Por que apostar no mulching

O cultivo do abacaxizeiro no sistema de mulching apresenta diversas vantagens quando comparado com o sistema de produção convencional sem cobertura. Partindo-se deste princípio, as vantagens apresentadas pelo sistema de mulching acaba favorecendo a rentabilidade da cultura, pois dentre outros aspectos, contribui para o aumento da produtividade.

Contudo, pelo custo de aquisição do material e implantação da técnica, o sistema de mulching fica 20% mais caro do que o método convencional e acaba apresentando um maior custo inicial.

Benefícios proporcionados

A cobertura plástica apresenta algumas vantagens em relação ao sistema convencional, sendo seus efeitos benéficos constatados pelos aspectos relevantes a cultura:

; A cobertura tende a reduzir a amplitude térmica, oportunizando maior uniformidade à temperatura do solo;

; Manutenção da umidade do solo, com redução da evaporação de água e consequente economia no consumo de água;

; Diminui a competição com plantas daninhas por água, nutrientes e luz, contribuindo assim para a redução nos gastos com mão de obra em capinas. Evita a ocorrência de possíveis ferimentos nas plantas durante as capinas e contribui para a redução no uso de herbicidas;

[rml_read_more]

; Economia no uso de fertilizantes, aumentando também a eficiência no seu uso ao evitar a lixiviação de nutrientes;

; Potencial de repelência a insetos;

; Pode reduzir o ciclo de produção do abacaxizeiro;

; Favorece o melhor enraizamento, contribuindo para a menor perda de mudas e resultando em menor replantio;

; Evita eventuais problemas ligados a potencial fitotoxicidade das plantas pelo uso de herbicidas;

; Contribui para um menor impacto ambiental.

O manejo

O mulching constitui uma cobertura viva ou morta disposta sobre o podendo ser utilizado diversos tipos de material como palhas, bagaços ou capins secos, ou restos culturais do cultivo anterior do abacaxizeiro, ou seja, resíduos vegetais disponíveis na propriedade.

Outra forma de uso de mulching é por meio de filme plástico, de espessura fina, sendo o plástico de polietileno o material mais utilizado na agricultura. O plástico é disposto como revestimento no solo no sentido das linhas de plantio.

A aplicação do plástico na superfície do solo é realizada de forma manual em áreas menores ou mecanizada em áreas com grandes extensões. Os orifícios para o plantio das mudas podem ser feitos manualmente. O plantio é efetuado manualmente.

Mais produtividade

Segundo Reinhardt (2000), o primeiro ciclo do abacaxizeiro tem duração média de 13 a 18 meses, considerando a região tropical brasileira, enquanto que no segundo ciclo o período é menor, com duração total de 11 a 13 meses.

Devido aos efeitos favoráveis sobre o desenvolvimento das plantas, com o uso do mulching plástico pode-se antecipar o plantio e a indução floral das plantas. Dessa forma parece em regiões com estação seca bem definida, é possível que a colheita ocorra em períodos de com ocorrência de preços mais favoráveis a venda.

Além disso, seu uso pode auxiliar na melhoria da produtividade, uma vez que possibilita melhores condições ambientais para o desenvolvimento das plantas.

Em campo

Pereira et al., (2016) ao avaliarem os efeitos do mulching plástico sobre parâmetros de crescimento, monitoramento de pragas e doenças, além do levantamento da viabilidade econômica de abacaxizeiros ‘Perola’ e ‘BRS Imperial’, observaram que o ‘BRS Imperial’ instalado sobre o mulching apresentou menor incidência de murcha associada à cochonilha, enquanto que houve maior número de plantas mortas em ambiente sem cobertura para o ‘Pérola’, no qual também houve 24% de plantas infectadas por fusariose, 17,5% a mais quando comparado ao ambiente com mulching.

Os mesmo autores observaram também que houve incremento de aproximadamente 25% no número médio de folhas para ambas as variedades quando cultivadas com mulching.

Já Sena et al., (2017) notaram que frutos de abacaxizeiro ‘Pérola’ produzidos sobre mulching apresentam maior tamanho ao serem comparados aos frutos produzidos sem cobertura plástica, além disso, o uso de mulching plástico para o cultivo do abacaxi ‘BRS Imperial’ permitiu a produção de frutos com maior rendimento de polpa, comprimento e diâmetro.

Pereira et al., (2017) observaram que o abacaxizeiro ‘BRS Imperial’ quando cultivado em ambiente com mulching produziu frutos de maior tamanho, entretanto os mesmos autores observaram também que não houve alteração do tamanho do fruto da variedade ‘Pérola’ com o uso da cobertura plástica.

Pereira et al., (2017) relatam que o uso de mulching em sistema orgânico de produção favoreceu o aumento do número de mudas e folhas para do abacaxizeiro ‘BRS Imperial’ e ‘Pérola’.

Custo

Conforme já foi dito, os custos iniciais de implantação do sistema de mulching podem ser mais elevados quando comparados ao sistema convencional. Contudo, o retorno compensa o investimento devido às vantagens de sua utilização e diminuição de custos em algumas etapas de produção.

ARTIGOS RELACIONADOS

Sem vez para os patógenos de solo

O sucesso na produção agrícola depende diretamente da qualidade da muda utilizada pelo produtor.

Cuidados especiais – Cafeeiros novos, tombados pelo vento

Autores José Braz Matiello Engenheiro agrônomo - Fundação Procafé José Renato Dias Lucas Franco Engenheiros agrônomos Hernane de Souza Tecnólogo em...

Lançamento – Primeiro porta-enxerto para goiabeira resistente ao nematoide

Após quase 10 anos de pesquisa, a Embrapa disponibiliza a primeira tecnologia altamente eficiente para o controle do nematoide-das-galhas, que é, atualmente, o principal desafio da...

Propagação e preparo das mudas de acerola

Quando queremos produzir mudas de acerola, desejamos que a muda tenha a mesma produção de frutos, a mesma quantidade de vitamina C, polpa e sabor iguais à da planta mãe. E se usarmos as sementes dos frutos da acerola para fazer a muda, nem sempre esta poderá ter as mesmas características citadas anteriormente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui
Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!