18.1 C
São Paulo
quarta-feira, agosto 10, 2022
-Publicidade-
Inicio Revistas Hortifrúti Plantio de cenouras requer variedades produtivas

Plantio de cenouras requer variedades produtivas

 

Giovani Belutti Voltolini

giovanibelutti77@hotmail.com

Thales Lenzi Costa Nascimento

Lucas Guedes Silva

Ricardo Nascimento Lutfala Paulino

Graduandos em Agronomia pela Universidade Federal de Lavras – UFLA; membros do Grupo de Estudos em Herbicidas, Plantas Daninhas e Alelopatia ” GHPD

Plantio de cenoura de inverno exige variedades produtivas - Crédito Renato Mendes
Plantio de cenoura de inverno exige variedades produtivas – Crédito Renato Mendes

A produção de alimentos vem se tornando mais importante a cada dia, visto que a demanda por alimentos no mundo é cada vez maior. A oferta de alimentos é muito variada, abrangendo as culturas de grãos, cereais e hortaliças. Dentre estes, há uma demanda crescente no setor da horticultura, onde o cultivo de cenoura vem ganhando grande espaço. Sobretudo, isto vem ocorrendo devido à preocupação com os constituintes nutricionais dos alimentos, em que a cenoura se destaca pelo fornecimento de betacaroteno (Pró-Vitamina A).

O seu cultivo apresenta-se como uma alternativa rentável em função das cultivares altamente produtivas e adaptadas às condições climáticas brasileiras e das boas cotações da raiz no mercado, além da possibilidade de se fazer mais de um plantio por ano e poder consorciar a cenoura com outras culturas, visando o melhor aproveitamento da área e obter maior lucro.

Produção nacional

O cultivo de cenoura vem ganhando campo na agricultura brasileira, entretanto, a área de cultivo ainda está na faixa dos 10.000 ha, sendo que a produção está concentrada nos Estados de Minas Gerais, Goiás, Paraná, Bahia e Rio Grande do Sul.

Tabela 1: Índices de área cultivada por região produtora de cenoura.

Região produtora

Área cultivada (ha)

Minas Gerais

5660

Paraná

1200

Goiás

1170

Bahia

900

Rio Grande do Sul

715

Total

9645

Fonte: Informativo da cultura da cenoura, CEPEA, 2014

De acordo com o levantamento de safras passadas, a produção média de cenoura está na faixa de 51 toneladas por hectare, embora esta média seja superior, se levarmos em conta somente o plantio de inverno.

Para o inverno já existem cultivares altamente produtivas e adaptadas - Crédito Shutterstock
Para o inverno já existem cultivares altamente produtivas e adaptadas – Crédito Shutterstock

Épocas de Plantio

O plantio de cenoura é dividido entre duas épocas de cultivo, sendo a cenoura de verão e a cenoura de inverno. A cenoura de verão tem seu plantio iniciado no mês de dezembro, se estendendo até meados de julho. Já o cultivo de inverno é o oposto, tendo seu plantio iniciado em julho e término no mês de dezembro.

Escolha das cultivares ideais

Como já mencionado, o cultivo de cenoura pode ser feito durante todo o ano, porém, existem cultivares que são utilizadas no plantio de verão e outras que são utilizadas no plantio de inverno.

Dessa forma, no cultivo de outono-inverno é recomendado utilizar cultivares do grupo Nantes, por ser um grupo que não apresenta resistência ao calor e sensível a doenças de folhagem, que normalmente incidem em períodos quentes e chuvosos.

Características desejáveis

As cultivares de cenoura utilizadas no plantio de inverno possuem algumas características peculiares, como a folhagem verde escura, raízes de formato cilíndrico, com comprimento variando entre 18 e 22 cm e diâmetro variando entre 3 a 5 cm. É característica destas cultivares a coloração alaranjada escura, com ciclo de 90 a 120 dias.

Produtividade

Segundo dados obtidos pelo CEPEA (Centro de pesquisas econômicas da ESALQ), a produtividade média da cenoura de verão é muito inferior à cenoura de inverno, estando em torno de 50 t/ha.

Entretanto, o cultivo de inverno é muito mais produtivo, podendo alcançar 70 t/ha nos meses de julho/agosto. Sobretudo, em outubro/novembro esta produção pode alcançar 80 t/ha, visto que as condições são mais favoráveis.

Um investimento a ser feito

Por meio da comparação dos grupos de cultivares oriundas das diferentes safras de cenoura, é possível estabelecer uma relação de custo-benefício, em que a produção e o investimento demandado por essas duas épocas de plantio são diferentes.

O cultivo de verão é o mais realizado, devido a sua praticidade e baixo investimento, quando comparado ao cultivo de inverno. Analisando a produção dos grupos de cultivares citados em suas respectivas épocas utilizando dados obtidos pela Embrapa, é possível perceber há disparidade da produtividade, uma vez que, enquanto o cultivo de inverno tem produtividade média superior a 80 t/ha, o cultivo de verão produz cerca de 50 t/ha.

Sendo assim, as sementes com elevado potencial produtivo utilizadas para a safra de inverno necessitam de altos investimentos em insumos agrícolas, uma vez que a exportação de nutrientes do solo para as plantas deve ser maior para suprir a alta produtividade.

Tabela 2: Valores de rendimento bruto por ha na produção de cenoura.

Época de plantio

Produção média (t/ha)

Retorno bruto (R$)

Plantio de Inverno

80

64000,00

Plantio de Verão

50

40000,00

Fonte: CEPEA 2014; valores estimados de venda a R$ 0,80/kg.

Essa matéria completa você encontra na revista Campo & Negócios Hortifrúti, edição de junho. Adquira a sua para leitura completa.

Inicio Revistas Hortifrúti Plantio de cenouras requer variedades produtivas